O presidente Ricardo David do rebaixado Vitória/BA falou em coletiva de imprensa na tarde desta Terça(27) que vai iniciar o Campeonato Baiano em 2019 com o time Sub-23.

O Vitória também comunicou o desligamento dos jogadores André Lima, Aderllan, Arouca, Bryan, Lucas, Rhayner e Walisson.

Já o técnico João Burse voltará ao comando do time Sub-23, ao lado da sua Comissão Técnica, após o término do Brasileirão 2018.

e início, o presidente fez questão de pedir desculpas pela queda e assumir total responsabilidade pelo desfecho negativo da equipe:

“O grupo não se mostrou competitivo e essa é a razão de estarmos na Serie B. Futebol é resultado em campo e isso não conseguimos e assumo absoluta responsabilidade por eles.”

“(…) de minha parte e de toda a diretoria, que teve comigo o tempo inteiro, nos erros e nos acertos, estamos todos nós absolutamente tristes, mas, confiantes e com a base e estrutura que esse clube tem será suficiente para devolver ao final do ano de 2019 o vitória a série A.”

Outra questão que criou muita  discussão durante as semanas foi sobre a queda de orçamento que o Clube terá a partir do ano que vem em face a queda. Ricardo David também se posicionou sobre. Garantiu que já está com viagem marcada para conversar com a Globo (detentora dos direitos de transmissão) e a CBF para negociar os valores acerca das transmissões para o ano que vem. Falou também da dívida em torno de R$ 4,5 milhões que o clube tem com a emissora, na qual ficará suspensa até o Vitória retornar a Série A.

Acerca do planejamento para o ano seguinte no futebol, o presidente já garantiu a saída de alguns atletas. Sendo eles, Rhayner, Lucas, André Lima, Arouca, Aderllan, Wallyson e Bryan já foram liberados e não vestem mais a camisa do Leão. Os outros atletas ainda passarão por análise e negociação para alguma possível renovação de contrato.

Ricardo David também aproveitou a oportunidade para garantir a utilização dos atletas que fazem parte do elenco que disputou o Campeonato Brasileiro de Aspirantes no Campeonato Baiano de 2019, juntamente com os jovens atletas que se destacaram neste ano, como Lucas Ribeiro, Léo Gomes e Léo Ceará.

Quando perguntado sobre os jogadores que ainda possuem contrato com o clube e os jogadores mais “caros”, Ricardo David foi sucinto:

“(…) esses atleta serão chamados para conversar. Se eles tem o interesse em continuar e a consciência da responsabilidade do ano que vem”