Para nossa surpresa o técnico Lisca foi demitido do Paraná Clube no último Sábado. Mesmo com uma campanha muito boa a diretoria resolveu mudar o comando técnico.

Na imprensa de Curitiba vazou a informação que Lisca teria ido as vias de fato com alguns companheiros da comissão técnica ainda no hotel em Belo Horizonte.

Procuramos Lisca para saber a versão do treinador. Como Lisca acompanha nosso blog, Via celular ele nos passou uma nota, confira:

LISCA LORENZI:

No último sábado(02), em Belo Horizonte, pronto para disputar a semifinal da Primeira Liga após a ótima classificação sobre o Flamengo, fui comunicado da minha demissão pela diretoria do Paraná, apesar do bom trabalho e dos ótimos resultados (proximidade do G4 na Série B, principal objetivo do clube no ano).

Infelizmente, nos últimos dias à frente da equipe, meu trabalho vinha sofrendo algumas ingerências, como sugestões para escalação e/ou mudança em programação de treinos e trabalhos, sem nem mesmo ser questionado.

O que eu, como treinador da equipe, considero inaceitável. Diante da minha manifestação de opinião, a diretoria do Paraná entendeu pelo meu desligamento do clube. Infelizmente, em um ato de irresponsabilidade, após a partida desta noite, as pessoas que comandam o clube falaram em agressão física, o que é uma inverdade.

Jamais agredi o auxiliar Mateus Costa. O que ocorreu, como adiantei acima foi um desrespeit profissional do mesmo, que ministrou um treinamento com os atletas, na véspera de uma decisão, sem o meu conhecimento.

Apesar de tudo isso, desejo ao Paraná, a este ótimo grupo de jogadores que abraçou o nosso projeto e à apaixonada torcida paranista toda a sorte do mundo, que os objetivos do clube sejam alcançados.