A confusão foi grande em Salgueiro após o apito final do arbitro, Luiz Sobral. O juiz da partida foi acusado pelos dirigentes do Central e pelo técnico, Catende, de minar o time patativa com cartões amarelos na partida.

“‘A expulsão fez diferença e todo mundo viu isso. O juiz ficou minando nossos jogadores com cartões. Infelizmente isso é uma vergonha! Nosso time foi fantástico mas não esperávamos um juiz minar tanto um time. Ele deixou nosso time sem poder reagir” disse o técnico, Catende.

Já o diretor de futebol do Central, Sivaldo Oliveira, detonou o chefe da arbitragem de Pernambuco, Emerson Sobral.

É por isso que o futebol de Pernambuco está acabado cara. Enquanto um bocado de ladrões como vocês aí vem para tomar os jogos. É isso mesmo! e enquanto aquele safado continuar tomando conta da arbitragem de pernambuco estaremos acabados. Por isso que o Futebol de Pernambuco está uma vergonha! Um bando de Ladrão!” detonou o diretor de futebol, Sivaldo.

Já o técnico do Salgueiro, Sérgio China, falou sobre a vitória:

A nossa equipe soube administrar a partida e conseguimos controlar o jogo, empatar e virar. O Central não tem que reclamar, tivemos duas situações de gol que as faltas que nosso time sofreu era para vermelho. Os caras fizeram muitas faltas e não queriam receber cartão? Nosso time jogou bola desde o início. Futebol é feito de detalhes.”

CONFIRA A COLETIVA do diretor de futebol Sivaldo e do técnico do Central, Catende: