Posts tagged Seleção Brasileira

SELEÇÃO: Tite convoca seleção com novidades para amistosos contra Rússia, em Moscou, e Alemanha, em Berlim

O técnico Tite anunciou nesta segunda-feira, na sede da CBF, no Rio, os convocados da seleção brasileira para os últimos testes antes da lista final para a Copa do Mundo da Rússia, que será divulgada em maio.

Tite

Tite diz já ter 16 jogadores garantidos no Mundial (Pedro Martins/Mowa Press)

Sem Neymar, lesionado, e com algumas vagas abertas, o treinador optou por convocar 25 jogadores e apostou em novatos: Willian José e Anderson Talisca.

Os laterais Fagner e Filipe Luís ganharam a preferência do treinador nas laterais. Na zaga, ele convocou um jogador a mais, dando a entender que Geromel e Rodrigo Caio lutarão por uma vaga na Copa.

Diego e Giuliano, que vinham sendo constantemente chamados, perderam vagas para Fred e Anderson Talisca. No ataque, com a volta de Neymar para a Copa, Douglas Costa, Willian José e Taison devem brigar por uma vaga.

A seleção brasileira enfrentará a Rússia, dia 23 de março, em Moscou, e quatro dias depois, visitará a campeã mundial Alemanha, em Berlim.

Os convocados
Goleiros
Alisson (Roma)
Ederson (Manchester City)
Neto (Valencia)

Laterais
Daniel Alves (PSG)
Fagner (Corinthians)
Marcelo (Real Madrid)
Filipe Luís (Atlético de Madri)

Zagueiros
Marquinhos (PSG)
Thiago Silva (PSG)
Miranda (Inter de Milão)
Geromel (Grêmio)
Rodrigo Caio (São Paulo)

Meio campistas
Casemiro (Real Madrid)
Fernandinho (Manchester City)
Renato Augusto (Beijing Guoan)
Paulinho (Barcelona)
Philippe Coutinho (Barcelona)
Willian (Chelsea)
Anderson Talisca (Besiktas)
Fred (Shakhtar Donetsk)

Atacantes
Gabriel Jesus (Manchester City)
Roberto Firmino (Liverpool)
Douglas Costa (Juventus)
Taison (Shakhtar Donetsk)
Willian José (Real Sociedad)

(Placar.com)

Tite convocará em 2 de março e Brasil enfrentará Rússia no palco da final da Copa

A CBF definiu nesta terça-feira que o técnico Tite vai convocar a seleção brasileira em 2 de março para os amistosos contra a Rússia e a Alemanha, agendados para os dias 23 e 27, respectivamente, do mesmo mês. A divulgação da lista está marcada para as 11 horas, na sede da confederação, no Rio.

Esses amistosos serão os últimos da seleção brasileira antes de Tite divulgar a relação de convocados para a Copa do Mundo. Assim, a tendência é de que o treinador aproveite esses jogos para realizar os testes finais visando a definição do grupo para o torneio.

Além disso, esses amistosos também marcarão o reencontro da seleção brasileira com a Alemanha, algoz na Copa do Mundo de 2014 ao aplicar uma histórica goleada de 7 a 1 nas semifinais, no Mineirão. E a equipe também terá pela frente a seleção que sediará o torneio e em um dos palcos em que a competição será disputada.

Também nesta terça-feira, a CBF revelou que o palco do amistoso contra a Rússia está oficialmente definido. O confronto ocorrerá no Estádio Luzhniki, em Moscou, que será uma das sedes da Copa do Mundo e que em 2008 recebeu a decisão da Liga dos Campeões da Europa.

Neste ano, o Estádio Luzhniki, que possui capacidade para cerca de 80 mil torcedores, receberá sete partidas da Copa do Mundo, incluindo o jogo de abertura, uma das semifinais e a grande decisão.

Depois de entrar em campo na Rússia no dia 23, então, a seleção brasileira seguirá para a Alemanha, onde vai enfrentar a equipe da casa, em Berlim, em 27 de março, encerrando os seus compromissos antes da convocação para a Copa.

Brasil termina o ano em 2° lugar no ranking da Fifa

O último Ranking da Fifa de 2017 foi divulgado nesta quinta-feira(21) sem grandes mudanças nas primeiras colocações. Com poucas seleções jogando fora das datas Fifa, encerradas em novembro, houve pouca mudança na pontuação geral.

Dessa forma, o Brasil, primeira equipe classificada à Copa do Mundo pelas Eliminatórias, termina na segunda colocação.

LONDON, ENGLAND - NOVEMBER 14: The Brazil team line up prior to the international friendly match between England and Brazil at Wembley Stadium on November 14, 2017 in London, England. (Photo by Laurence Griffiths/Getty Images)

 

Veja abaixo os 20 primeiros colocados e a posição de todas as seleções que disputarão a Copa de 2018
1° – Alemanha – 1.602 pontos
2° – Brasil – 1.483 pontos
3° – Portugal – 1.358 pontos
4° – Argentina – 1.348 pontos
5° – Bélgica – 1.325 pontos
6° – Espanha – 1.231 pontos
7° – Polônia – 1.231 pontos
8° – Suíça – 1.190 pontos
9° – França – 1.183 pontos
10° – Chile – 1.162 pontos
11° – Peru – 1.128 pontos
12° – Dinamarca – 1.099 pontos
13° – Colômbia – 1.078 pontos
14° – Itália – 1.052 pontos
15° – Inglaterra – 1.047 pontos
16° – México – 1.032 pontos
17° – Croácia – 1.018 pontos
18° – Suécia – 998 pontos
19° – País de Gales – 985 pontos
20° – Holanda – 952 pontos
21° – Uruguai – 924 pontos
22° – Islândia – 910 pontos
23° – Senegal – 884 pontos
26° – Costa Rica – 850 pontos
27° – Tunísia – 838 pontos
31° – Egito – 805 pontos
32° – Irã – 798 pontos
36° – Sérvia – 756 pontos
38° – Austrália – 747 pontos
40° – Marrocos – 738 pontos
51° – Nigéria – 640 pontos
55° – Panamá – 621 pontos
57° – Japão – 600 pontos
60° – Coreia do Sul – 570 pontos
63° – Arábia Saudita – 543 pontos
64° – Rússia – 534 pontos

(Fonte PLACAR)

COPA RÚSSIA – Brasil fica em grupo considerado fácil e fraco!

A seleção brasileira não atuará em Sochi durante toda a Copa do Mundo, ainda que avance até a final. A cidade à beira do Mar Negro foi escolhida como base pela CBF (Confederação Brasileira de Futebol). A equipe ficará hospedada em um resort cinco estrelas.

Na primeira fase, o equipe de Tite atuará nas cidades de Rostov-do-Don, contra a Suíça, São Petersburgo, com a Costa Rica, e Moscou, diante da Sérvia.

Se a CBF mantiver o planejamento de a seleção sempre retornar à sua base entre os jogos, o Brasil viajará aproximadamente 7.376 quilômetros, somando deslocamentos aéreos entre ida e volta.

Caso passe em primeiro de sua chave, o Brasil jogará nas seguintes cidades até a final: Samara, Kazan, São Petersburgo e Moscou.

Se for segundo, o caminho até a decisão passará por São Petersburgo, Samara, Moscou e Moscou.

CONFIRA A TABELA DO BRASIL NA 1ª FASE

17/6, às 15h – Brasil x Suíça (Rostov-do Don)

22/6, às 9h – Brasil x Costa Rica (São Petersburgo)

27/6, às 15 – Brasil x Sérvia (Moscou, Estádio Spartak)

CONFIRA OS GRUPOS:

AMISTOSO – Brasil vence Japão por 3×1

A Seleção Brasileira iniciou o ciclo de amistosos preparatórios para a Copa do Mundo FIFA Rússia 2018 com o pé direito.

Diante do Japão, na manhã desta sexta-feira (10), no Estádio Pierre-Mauroy, em Lille, na França, a Canarinho venceu por 3 a 1. Neymar, Marcelo e Gabriel Jesus marcaram os gols da Canarinho na partida. Makino descontou para os nipônicos.

O Brasil volta a campo na próxima terça-feira (14) para mais um amistoso. O adversário será a Inglaterra e a partida será disputada no Estádio Wembley, em Londres, capital do país anfitrião. A bola rola às 18h (de Brasília).

Seleção Brasileira escalada para pegar o Japão

Sem mistério, o técnico Tite revelou mais uma vez a escalação oficial da Seleção Brasileira na véspera de uma partida. Agora foi na coletiva de imprensa pós-treino desta quinta-feira (9), no Estádio Pierre Mauroy, que receberá o amistoso contra o Japão.

Créditos: Lucas Figueiredo/CBF

O Brasil entrará em campo com mudanças em relação ao último jogo: Alisson, Danilo, Thiago Silva, Jemerson e Marcelo; Casemiro, Fernandinho e Giuliano; Willian, Gabriel Jesus e Neymar.

Danilo terá a oportunidade de iniciar uma partida como titular pela primeira vez com o técnico Tite, enquanto Jemerson, por sua vez, começará jogando pela primeira vez com a Amarelinha.

Por outro lado, Tite também aproveitará para observar o meia Fernandinho em posição diferente da que vinha atuando na Seleção Brasileira e no seu clube, o Manchester City. Ao invés de primeiro homem no meio, ele jogará mais solto, num estilo mais parecido com o posicionamento do Renato Augusto nos últimos jogos.

Ele já fez essa função no passado, no início de sua carreira, e tem as características necessárias para isso. Vamos ver como ele se sai, sempre respeitando o estilo de cada jogador – explicou o técnico Tite.

Brasil e Japão se enfrentam nesta sexta-feira (10) em Lille. A bola rola no Estádio Pierre Mauroy às 13 horas (09 horas de Recife).

UIA!! – Tite veta familiares na concentração da seleção brasileira para Copa 2018

A seleção brasileira ainda não tem oficializado o local da preparação para a Copa do Mundo, mesmo assim, já definiu algumas orientações em busca do hexacampeonato.

Tite admitiu que familiares podem ficar perto da seleção na campanha para hexa

Tite revelou nesta sexta-feira (20) que não permitirá familiares hospedados no mesmo hotel da equipe. Ainda assim, admitiu que o time pode receber visitas em momentos oportunos.

Tite inicialmente explicou que esse seria um assunto direcionado ao coordenador-técnico Edu Gaspar. Mesmo assim, não se furtou a responder a pergunta em entrevista coletiva realizada ao vivo no Facebook da CBF.

O momento do trabalho, é de privacidade. Ele é privacidade nossa enquanto equipe, ele é nosso enquanto local de trabalho, de uma forma direta nos campos, inclusive nas nossas acomodações. Ajustar para uma outra possibilidade dos familiares estarem próximos a quem quiser, aí é um outro fator, uma outra circunstância. No núcleo seleção brasileira, não”, disse o comandante.

Anteriormente, havia sido cogitada a possibilidade dos familiares se hospedarem no mesmo hotel dos jogadores. Apesar de novidade para os padrões verde-amarelos, a ‘concentração em família’ foi adota pela seleção holandesa no Rio de Janeiro (RJ) e a seleção alemã em Santo André (BA) para a Copa do Mundo de 2014.

Sóchi é um lugar que agrada à comissão técnica. Apesar de capital do Jogos Olímpicos de Inverno em 2014, a cidade é um balneário de altas temperaturas na época da Copa do Mundo e com um resort que ofereceria toda a infraestrutura para os 23 convocados. O Swissôtel conta com 200 quartos e, em tese, teria capacidade para abrigar também os familiares dos jogadores.

Os dois campos de treinamento, a uma distância a pé do hotel, já foram reformados. Segundo a imprensa local, a substituição de grama sintética por natural teria sido um pedido de Tite. A cidade está à beira do Mar Negro e a cerca de 1.600 quilômetros da capital Moscou, palco por exemplo, da final do Mundial.

A tendência ainda é que a seleção repita o planejamento feito já em 2014. Por aqui, o time ficou concentrado em Teresópolis e viajava apenas dois dias antes para o local do jogo. Nas palavras de Tite, ficou claro também que exageros como a interrupção de um treino para a gravação de matéria com o apresentador Luciano Huck e a superexposição com Bruna Marquezine, então namorada de Neymar, serão evitados.

Caso não feche com Sóchi, Kazan, também com perfil parecido, é outra cidade que agrada. Moscou e São Petesburgo já são centros maiores e que, nas palavras do próprio Edu, depois do time garantir vaga para o Mundial, correriam por fora.

Sochi é uma cidade muito legal. É uma cidade praiana, com clima legal, charmosa. Mas tem outras que estão aí, não é fácil fechar Sochi. Temos algumas boas opções também. Não podemos deixar de falar de São Petersburgo, que é muito interessante. Kazan é uma cidade que Tite gostou muito. Achou charmosa. Foram todos muito bons. Nosso primeiro objetivo são as condições de trabalho para os atletas. Isso é essencial, para depois começarmos a pensar na cidade, no clima”, disse Edu.

O treinador convocou nesta sexta 25 nomes para amistosos contra Japão e Inglaterra, em novembro deste ano. A partida contra os japoneses será realizada em Lille, na França. Já o duelo contra os ingleses está marcado para Wembley, em Londres. No ano que vem, a seleção tem amistosos contra Alemanha e Rússia antes da Copa do Mundo.

SELEÇÃO!! – Tite sobre convocação de Diego Souza e Diego Ribas: “Muita qualidade”

O técnico da seleção Brasileira, Tite, falou sobre a convocação nesta Sexta-feira(20), e fala sobre a volta de Diego Souza a seleção.

Tite anunciou nesta sexta-feira a lista de convocados para os dois últimos amistosos da Seleção Brasileira em 2017, contra Japão e Inglaterra. Os jogos vão acontecer no dia 10 de novembro, em Lille, na França (contra os japoneses), e 14 de novembro, no estádio de Wembley, em Londres.

OS 25 CONVOCADOS

Goleiros: Alisson (Roma),Cássio (Corinthians), Ederson (Manchester City)

Laterais: Daniel Alves (PSG), Danilo (Manchester City), Marcelo (Real Madrid),Alex Sandro (Juventus)

Zagueiros: Miranda (Inter de Milão), Marquinhos (PSG), Thiago Silva (PSG), Jemerson (Monaco)

Meias: Casemiro (Real Madrid),Diego (Flamengo),Fernandinho (Manchester City),Giuliano (Fenerbahçe),Paulinho (Barcelona),Philippe,Coutinho (Liverpool),Renato Augusto (Beijing Guoan),Willian (Chelsea)

Atacantes: Douglas Costa (Juventus), Diego Souza (Sport), Roberto Firmino (Liverpool),Gabriel Jesus (Manchester City),Neymar (PSG),Taison (Shakhtar)

Brasil fecha eliminatórias com vitória e elimina Chile da Copa

A seleção brasileira não tomou conhecimento do Chile nesta terça-feira (10/10), no Allianz Parque. Com boa atuação na etapa final, o time verde e amarelo fez 3 a 0 – com os dois gols em um intervalo de dois minutos – e tirou o adversário da próxima Copa do Mundo. Paulinho e Gabriel Jesus, duas vezes, fizeram os gols.

Tudo isso perante 41.008 pessoas presentes nas arquibancadas do estádio do Palmeiras, que recebeu nessa noite seu maior público e também a maior renda da história do futebol brasileiro: exatos R$ 15.118.391,02, superando os R$ 14.176.146,00 de Atlético-MG x Olimpia, pela decisão da Copa Libertadores 2013.

O resultado desta terça deixou o Chile em sexto nas Eliminatórias Sul-Americanas. A equipe ficou com 26 pontos, atrás do Peru, que teve maior saldo de gols. Os peruanos ficaram no empate com a Colômbia em casa e se classificaram à repescagem em busca de vaga no Mundial.

O Brasil, por sua vez, fechou as Eliminatórias com 41 pontos e vai se dedicar apenas à preparação para a Copa do Mundo. No dia 10 de novembro, o time do técnico Tite faz amistoso com o Japão, na França. Quatro dias depois, enfrenta a Inglaterra, em Londres.

PAREDÃO!! – Brasil esbarra em goleiro Boliviano

Os mais de 3.600m de altitude de La Paz não diminuíram o ímpeto da seleção brasileira de Tite. Com o pé no acelerador durante a maior parte do jogo, o Brasil bombardeou a Bolívia, mas acabou esbarrando na defesa adversária e não conseguiu sair de um empate por 0 a 0.

Com isso, o Brasil não conseguirá mais igualar a melhor campanha da história das eliminatórias, que seguirá nas mãos da Argentina, com 43 pontos antes da Copa de 2002.

Muito por conta do péssimo início, claro. Afinal de contas, com Tite, o Brasil somou 29 dos 38 pontos que tem agora. E isso em apenas 11 jogos – um aproveitamento incrível de quase 88%.

E, apesar do empate, a seleção mais uma vez deixou uma impressão bastante positiva nesta quinta-feira. Dominou a posse de bola e criou várias chances de gol, mesmo tendo a dificuldade de jogar na altitude, onde o ar é rarefeito.

Foram pelo menos seis chances cara a cara com o goleiro Lampe. Em nenhuma delas, porém, os atacantes brasileiros conseguiram levar a melhor. A Bolívia até respondeu com uma bola que pegou no travessão e pingou perto da linha, mas não fez muito mais que isso.

A primeira grande chance brasileira veio aos 32 minutos do primeiro tempo. Gabriel Jesus ganhou a disputa na frente, e Neymar acabou ficando com a bola, cara a cara com o goleiro. Lampe, porém, se esticou todo para espalmar para escanteio.

Seis minutos depois, foi a vez de Gabriel Jesus receber um passe de letra de Paulinha e ficar de cara para o gol. O centroavante arriscou o chute, mas Lampe defendeu com o rosto.

Aos 42, a chance mais inacreditável. Paulinho, de novo, deu o passe perfeito. Neymar apareceu para ficar com a bola e, mesmo atrapalhado, driblar o goleiro. Na hora do chute, porém, Valverde salvou em cima da linha. A bola ainda voltou para Neymar, que arriscou mais um chute e de novo parou em Valverde em cima da linha.

O único grande susto brasileiro foi na última jogada do primeiro tempo, em chute de Bejarano que parou que pegou no travessão e bateu em cima da linha, mas acabou não entrando.

O Brasil aproveitou o intervalo para recarregar o gás. Literalmente. O time demorou cinco minuto a mais recuperando o fôlego em balões de oxigênio.

E a estratégia funcionou!

Logo no primeiro minuto, o goleiro Lampe já teve que trabalhar para salvar um desvio de Paulinho em cobrança de falta. Aos 8, Neymar tentou encobri-lo, mas não conseguiu. Cinco minutos depois, o confronto se repetiu e Lampe, de novo com o rosto, salvou mais uma vez.

A defesa mais impressionante, porém, veio aos 37 da etapa final. Após cruzamento de Neymar, Gabriel Jesus subiu sozinho de cabeça e mandou no canto, mas Lampe se esticou todo para salvar a Bolívia.

E mesmo quando ele não apareceu, contou com a sorte. Aos 41, Jesus teve outra chance de cabeça, sozinho dentro da área. Desta vez, porém, errou o alvo.

Para reencontrar a vitória, o Brasil volta a campo na terça-feira para enfrentar o Chile no Allianz Parque, em São Paulo.

Já a Bolívia, que não briga por mais nada e fechará a eliminatória na penúltima colocação, encerra sua participação cumprindo tabela enfrentando o Uruguai em Montevidéu.

Go to Top