Acabou o amor do técnico Rogério Ceni com o Fortaleza, atual 15º do Brasileirão. O treinador acertou sua vida com o Cruzeiro que demitiu o técnico Mano Menezes.

Mesmo com o jogo importante desta segunda(12) entre Fortaleza e CSA o treinador já se despediu e saiu do clube sem problemas.

O treinador deixou sua mensagem ao clube:

Meu Querido Tricolor de Aço, Conheço você há muitos anos, desde que descobri o futebol. Mas em dezembro de 2017, fomos apresentados de fato.

Eu achava que lhe conhecia, mas ao longo desses 640 dias que convivemos juntos, descobri que você é muito maior do que eu imaginava. Você se tornou minha paixão, fez bater forte o meu coração. Você me fez viver dentro do Castelão a atmosfera que só Gigantes podem proporcionar a alguém que ama o futebol como eu.

20 meses se passaram. Os títulos, as vitórias, os poucos dissabores que vivenciamos juntos foram fundamentais para me fazerem sentir mais vivo que nunca. Nos momentos, meus passos foram dados ao som de “meu Leão eu acredito e jamais vou desistir”.

Não vou me esquecer daquele gol de Cassiano que aconteceu quando não estava aqui mas que canto junto com vocês por me sentir parte da história. Essa história estará junto com Alcides Santos e os gritos solidários e apaixonados “viemos pra te apoiar Fortaleza meu amor” ficarão pra sempre em minha memória. Aos meus jogadores, obrigado por trazerem na alma e no coração um Leão Guerreiro.

Vocês deram e deixaram o máximo de si sempre. Aos funcionários de todas as áreas do clube, que me fizeram estar em casa mesmo em um dia dos Pais longe dos filhos. Ao Presidente Marcelo Paz, visionário e comprometido
na consolidação de um trabalho sério, diferenciado e ao corpo diretor do Clube fica o meu agradecimento por terem feito sempre o melhor.

Aos torcedores do Fortaleza, vocês são o melhor que um clube pode esperar da sua torcida, vocês são a verdadeira essência dele. Por fim, meu obrigado aos meus amigos mais próximos pelo apoio em todos os momentos. Tenho a mais absoluta certeza de que saio daqui melhor do que quando entrei.

O Fortaleza me fez uma pessoa melhor e um treinador vitorioso em constante aprendizado. Vim reconhecido como goleiro do SPFC e saio como técnico do Fortaleza. Foi um prazer fazer parte da história desse Gigante! Até breve!… –