Posts tagged FPF

COPA BRASIL 2019 – Quarto colocado no estadual, Salgueiro pode perder vaga para o Santa Cruz

Náutico (1º ou 2º), Central (1º ou 2º) e Sport são os representantes até agora de Pernambuco da Copa do Brasil 2019. Uma quarta vaga poderá acontecer pelo ranking da CBF, e essa vaga já está gerando polêmica nos bastidores do futebol Pernambucano.

A pergunta é a seguinte: O quarto colocado Salgueiro, perderá a vaga para o sexto colocado, Santa Cruz?

A resposta é sim.

Procuramos o vice presidente de competições da FPF, Murilo Falcão(foto), para saber quais as possibilidades no momento para uma quarta vaga ser aberta.

Resultado de imagem para Murilo Falcão

WA – Quantas vagas teremos para Pernambuco na Copa do Brasil 2019 ?

Murilo Falcão – No momento apenas três, podendo chegar para uma quarta vaga. Pelo ranking das federações estaduais, a nossa federação tem três vagas. No momento teremos Náutico e Central que decidem o campeonato, e o Sport que conseguiu a terceira colocação ao vencer o Salgueiro.

Agora, poderíamos ter até cinco vagas se o Salgueiro fosse o terceiro colocado. Seria assim, Náutico e Central que decidem, O Salgueiro se fosse o terceiro, e o Sport pelo ranking de clubes da CBF é o 15º colocado. Ainda teríamos pela CBF provavelmente o Santa Cruz que é o 25º do ranking de clubes.

WA – Mesmo o Salgueiro sendo o atual quarto colocado pode perder a vaga para o Santa Cruz que foi o sexto ?

Murilo – Sim, é bem provável que isso aconteça. A nossa federação só tem três vagas e já estão ocupadas com Sport, Náutico e Central. A vaga que deve se abrir será pelo ranking de clubes da CBF e não pela nossa federação. O segundo melhor no ranking em Pernambuco é o Santa Cruz.

WA – Qual a posição dos nossos clubes no Ranking da CBF ?

Murilo – Sport 15º, Santa Cruz 25º, Náutico 32º, Salgueiro 51º e Central na 83º colocação. Não temos como interferir em quem deve entrar na Copa do Brasil pelo ranking. Isso é com a CBF.

SALGUEIRO:

A diretoria do Salgueiro pelo que apuramos não concorda com a situação. Nos bastidores do clube ficamos sabendo até da possibilidade do Carcará recorrer a justiça em busca da quarta vaga.

Sabendo disso, Procuramos o presidente do Salgueiro, José Guilherme, que falou sobre o assunto.Resultado de imagem para Ze guilherme Salgueiro

WA – O Salgueiro é o dono ou não dessa quarta vaga para a Copa do Brasil 2019 ?

José Guilherme(foto) – Espero que o Salgueiro receba essa quarta vaga da Copa do Brasil. Se existem três vagas, e o Sport já tem uma pelo ranking, a decisão de terceiro lugar serviu pra que ?

Vamos aguardar e acreditamos no bom senso da FPF para que o Salgueiro seja o 4º representante de pernambuco na Copa do Brasil.

 

WA – Caso a CBF confirme o Santa Cruz, qual será o posicionamento do clube ?

J.Guilherme – Vou procurar meus direitos, e se meus direitos estiverem feridos vou procurar a justiça. A pergunta é, porque a FPF não briga para ter os cinco clubes?

Se é pelo ranking, a vaga do Sport seria claramente do Salgueiro. Acho que se tem um clube para entrar pelo ranking, esse clube é o Sport, e não o Santa Cruz.

Agora, se tivessem duas vagas pelo ranking, seria justo que fossem do Sport e Santa Cruz. Assim o Salgueiro entraria na vaga do Sport.

Agora eu pergunto a vocês. Se os três primeiros colocados do pernambucano desse ano fossem, Central, Salgueiro e Vitória, o Sport iria pelo ranking e o Santa Cruz iria também ? Acho que não né?

WA – Mudando agora de assunto, o que houve com o Salgueiro neste estadual ?

J. Guilherme – Perdemos 16 jogadores e faltou recursos. O dinheiro que recebemos da Copa do Nordeste e Copa do Brasil tivemos que administrar por todo o ano. No estadual só recebemos R$ 90 MIL liquido. Chegamos em quarto lugar, e se não fosse aquela fatalidade do gol contra na partida contra o Náutico a história poderia ser diferente.

WA – Quem você acha que vai ser campeão Pernambucano?

J. Guilherme – Está em aberto já que os dois times são muito iguais. O Náutico só tem vantagem de jogar com sua torcida. Essa é a minha opinião.

WA – Me deixe botar uma pimentinha no molho. Sinceramente, se o Central for campeão estadual Domingo, ficaria uma angustia para vocês do Salgueiro, em não ter sido o primeiro campeão do interior ?

J.Guilherme – Não ficaria com inveja. O Central montou um bom time e soube administrar. O Central chegou por merecimento como chegamos nos anos anteriores. Então, se eles conseguirem, parabéns!

Federação e FACOL realizam parceria de padronização dos estádios pernambucanos

A Federação Pernambucana de Futebol (FPF) selou uma parceria com a Faculdade Osman Lins (FACOL) visando a melhora técnica dos estádios participantes do Campeonato Pernambucano Série A1, que começa em janeiro.

O projeto georreferenciou as medidas dos campos e formalizou a liberação dos estádios para a competição. A FPF é a primeira entidade do Brasil a realizar o georreferenciamento dos estádios que vão receber jogos em 2018. O trabalho foi realizado sem custo algum para os clubes pernambucanos.

Em conversa com a FPF, o coordenador do levantamento topográfico Sérgio Cruz revelou detalhes do processo.

Nós fizemos um levantamento com as técnicas mais atuais, com as referências com o GPS de alta definição e temos as medidas de cada ponto do estádio perfeitamente definido. Foi possível controlar as pinturas, as marcações, as alturas e larguras das barras, tudo através deste referenciamento que foi feito. Foi um trabalho que levou duas semanas praticamente para fazer com o apoio da Federação”, disse.

As informações bases já foram entregues e seviram para os clubes conseguirem a liberação dos laudos de avaliação.

Checamos as principais medidas do campo. O comprimento estabelecido é de 105 metros por 68 de largura. As submedidas da grande área, os raios do círculo central, a distância do ponto de marcação do pênalti e todas as linhas brancas do estádios foram verificadas e georreferenciadas”, revelou o português Sérgio, que além de engenheiro civil, é coordenador do curso de Engenharia na FACOL.

Sérgio explicou ainda que todos os estádios serão contemplados com um marco figurativo em aço, ou metal incorruptivo, para a marcação exata do ponto em que as coordenadas foram estabelecidas para que o georreferenciamento possa ser sempre refeito.

(FPF-PE)

FPF apresenta relatório de pesquisa com o torcedor

O presidente da Federação Pernambucana de Futebol (FPF), Evandro Carvalho, apresentou nesta sexta-feira (1º), na sede da entidade, o relatório com a pesquisa de campo e online realizada pelas empresas Exatta e Pronto Tecnologia.

Compuseram a mesa o presidente Evandro Carvalho, o diretor da Pronto Tecnologia, Diego Mello, o diretor do Instituto Exatta, Tonico Araújo, o diretor da Makplan, José Nivaldo, o presidente da Associação dos Cronistas Desportivos de Pernambuco (ADCP), André Luiz, e o jornalista esportivo Lenivaldo Aragão.

Presidentes e representantes dos 10 clubes participantes do Pernambucano 2018 também acompanharam a coletiva e a apresentação dos resultados.

O site Voz do Torcedor ficou um mês no ar colhendo sugestões sobre o campeonato e contou com a participação de mais de 4 mil torcedores, que opinaram sobre a fórmula do próximo Estadual, além de destacarem os motivos que os fariam voltar a frequentar os estádios de futebol.

Os torcedores ficaram divididos quanto a preferência do próximo campeonato. Quando perguntados sobre pontos corridos ou mata-mata 47,13% ficaram com a primeira opção, enquanto 52,87 escolheram a segunda.

A maior parte dos torcedores pediram que a primeira fase do mata-mata seja com quatro grupos e a próxima fase composta com semifinais e finais. O resultado da pesquisa também apontou quais seriam os motivos que voltariam a levar o torcedor de volta aos estádios. A grande maioria – 66,73% informou que uma maior segurança era o item fundamental. Na segunda posição ficou a construção de uma nova fórmula para o campeonato com 57,03%, seguida de ingressos mais baratos com 41,68%.

No final da coletiva, o presidente Evandro Carvalho marcou para o próximo dia 11 de setembro a primeira reunião do Conselho Arbitral com os clubes da Série A1.

FPF abre inscrição para o Sub-15 e Sub-17

A Diretoria de Competições da Federação Pernambucana de Futebol (FPF) estará recebendo, nesta sexta-feira (25), às 16h, representantes dos clubes profissionais e amadores das categorias Sub-15 e Sub-17 interessados em participar da competição.

img

Para fazer a inscrição o clube deverá entregar um expediente na sede da Federação Pernambucana de Futebol (FPF), na Rua Dom Bosco, 871, Boa Vista, dirigido ao presidente da entidade Evandro Carvalho.

No documento deverá conter o local para a realização das partidas, dia e horário, a autorização da utilização do equipamento (Quando não for proprietário).

É importante salientar que a inscrição não implica na participação do time na competição. Os critérios da participação são exclusivos da DCO-FPF.

No ofício deverá constar o e-mail e o telefone de contato do clube participante.

(FPF-PE)

FPF reúne clubes e imprensa visando melhorias no PE 2018

Foi realizada, na tarde desta quarta-feira (19), no salão nobre da Federação Pernambucana de Futebol (FPF), uma reunião com presidentes e representantes dos clubes participantes do Pernambucano A1/2018 e com jornalistas da imprensa desportiva.

img

O objetivo do encontro foi juntar ideias que possam melhorar o formato do Estadual do próximo ano, além de apresentar uma novidade voltada para a torcida pernambucana. Saiba mais aqui.

A outra parte da reunião se resumiu ao debate de formatos da competição e ao número de datas.

O presidente Evandro Carvalho também falou dos investimentos que vêm sendo feitos no estádios do interior. “Estamos iniciando os estudos para a implantação da tecnologia de LED no Grito da República, em Olinda. Já estamos trabalhando o estádio em Afogados da Ingazeira e vamos para outros campos do interior“, disse.

Tudo isso é um esforço em conjunto. A imprensa é fundamental para motivar o torcedor. De modo que nós possamos reconstruir, dentro deste cenário, o nosso estadual”, complementou.

Evandro Carvalho também fez questão de ouvir os representantes dos clubes presentes no encontro. “Reuniões como essas servem para debatermos o futebol com ideias que possam melhorar o nosso campeonato. Esse encontro foi bastante produtivo, saio daqui muito feliz sabendo que todos puderam contribuir de alguma forma com o Estadual“, finalizou.

PORTAL DO TORCEDOR:

O presidente Evandro Carvalho anunciou a criação do portal Voz do Torcedor, desenvolvido para colher sugestões dos torcedores pernambucanos para o Estadual do próximo ano.

Através do site www.vozdotorcedor, criado pela empresa Pronto Tecnologia, o torcedor pernambucano vai poder dar a sua opinião sobre o regulamento do campeonato 2018, como também poderá falar sobre o que afasta a torcida dos estádios pernambucanos sugerindo, dessa forma, melhorias para a realização do Estadual, entre outras opções.

O portal ficará no ar até o próximo dia 20 de agosto. Durante esse período, serão colhidas as sugestões dos torcedores que serão levadas, posteriormente, aos clubes no Conselho Arbitral que será realizado na entidade.

A FPF entende que o torcedor é a peça fundamental do futebol pernambucano e abre espaço para que ele possa sugerir e dar ideias sobre a formatação do nosso campeonato.

(FPF-PE)

Federação terá advogado de peso no julgamento polêmico da final do estadual

Nosso passarinho no Rio de Janeiro confirmou na tarde desta Quinta-feira(13) que o ex procurador geral do STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva) estará defendendo a FPF no julgamento do caso “A BOLA SAIU” do jogo final do estadual entre Salgueiro x Sport.

Paulo Schmitt(foto) deixou o cargo no STJD no dia 14 de Julho de 2016 por conta própria. Schmitt começou a exercer a função de fato em 2004, mas o cargo só foi oficializado na reforma do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD) de 2006

Paulo Schmitt despertou amor e ódio entre torcedores em alguns casos que foram parar no STJD. O principal dos últimos anos foi a escalação irregular do meia Heverton, que ocasionou o rebaixamento da Portuguesa no Brasileirão 2013.

O procurador também teve participação relevante na inclusão da previsão de perda de mando de campo com portões fechados no Regulamento Geral de Competições, como forma de coibir violência nos estádios

O julgamento acontecerá as 18h da próxima Terça-feira(18) no TJD na Federação Pernambucana de futebol. O advogado do goleiro Luciano do Salgueiro, Mariano Sá, impetrou um pedido de anulação da final do campeonato Pernambucano, alegando que o assistente(01) da partida estava mal posicionado ao anular um gol do Carcará.

Procuramos o diretor de competições da FPF, Murilo Falcão, sobre o assunto, e ele confirmou.
Schmitt já trabalha para a FPF desde o inicio do ano. Não sei ainda se ele vem mesmo para o julgamento” declarou.

FPF é exemplo no Brasil de investimento na segurança do torcedor

Mais uma vez o país iniciou a semana em estado de choque, após eventos violentos envolvendo torcedores. Desta vez, a barbárie acabou prejudicando não só o espetáculo, que é a partida de futebol, mas também ceifou a vida de uma pessoa.

img

 O jogo em questão foi realizado no último sábado. Vasco e Flamengo disputavam partida válida pela 12ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série A. Após o fim do jogo, começou um verdadeiro cenário de guerra que foi transmitido para todo o Brasil.

Casos como esses, não envolvem apenas torcidas rivais, mas também torcedores do mesmo time que revoltados com o desempenho do próprio clube acabam provocando grandes confusões dentro e fora dos estádios. Esse tipo de acontecimento violento teima em retornar as manchetes esportivas como um apêndice do caderno policial entre os placares da rodada.

Neste ambiente no qual os verdadeiros torcedores cada vez mais se afastam dos estádios por medo, e dirigentes de clubes e federações buscam alternativas para enfrentar o desafio de tornar o futebol brasileiro novamente um acontecimento focado na paz e no lazer, a Federação Pernambucana de Futebol (FPF) resolveu olhar para o celeiro de boas ideias que o estado possui – o polo de tecnologia do Recife.

Dessa forma, a FPF em parceria com a startup Mooh! Tech, que possui trabalho focado em pesquisa e desenvolvimento de soluções para Smart Cities (Cidades Inteligentes), lançou o aplicativo Torcedor Alerta, inspirado no Sempre Alerta, plataforma de comunicação e gestão de efetivos focada no conceito de segurança preditiva e participativa, no qual os cidadãos agem como fonte de informação para órgãos públicos que em posse desses dados, podem realizar ações com maior assertividade e uso racional dos efetivos em campo. (Policiais, agentes, viaturas, drones, etc).

A Federação Pernambucana de Futebol percebeu nesse projeto uma oportunidade de aproximar o torcedor dos estádios e colocá-lo como mais um agente da segurança, onde o torcedor pode realizar denúncias em tempo real dentro e fora dos estádios, utilizando e implementando o módulo “Torcedor Alerta” dentro da plataforma “Sempre Alerta”. Através de fotos, áudio, vídeo e texto, o torcedor pode fazer a sua parte, ajudando na identificação de vândalos, agressores e demais indivíduos que estejam praticando atividades criminosas.

O presidente da FPF, Evandro Carvalho, lembra que o episódio que ocorreu em São Januário, no último sábado, poderia ter um dano menor ou até mesmo ser evitado. “Mais uma vez presenciamos cenas lamentáveis de violência em um estádio de futebol. Confusões que acabam vitimando pessoas inocentes que só saíram de casa em busca de lazer e diversão. Por isso, a importância de investimento em tecnologia da segurança. É importante que a população se sinta segura e protegida quando for para um estádio de futebol. Estamos trabalhando diariamente para acabar com a violência em dias de jogos em Pernambuco.”, destacou o mandatário.

Atualmente, o Torcedor Alerta é um sucesso mesmo em sua primeira versão. Operando oficialmente desde o dia 17 de maio, na primeira partida da final da Copa do Nordeste 2017 entre Sport x Bahia. Nesse dia, na presença de representantes da CBF e Ministério dos Esportes, foram recebidos chamados correspondentes a arrastões nas regiões próximas, promovidos por torcedores. Com a presença de representantes da SDS na central de comando, foi possível ter com precisão imagens, relato do acontecimento e toda a garantia de rápido atendimento a ocorrência.

A FPF ao buscar soluções novas para o combate à violência, também fomentou a indústria de inovação que já é marca registrada da capital pernambucana, seja através de investimentos em segurança e tecnologia que já ultrapassam os 3 dígitos e somam aproximadamente a cifra de meio milhão de reais, ou no caso do Torcedor Alerta, a captação de patrocinadores que apoiam a iniciativa custeando a manutenção das operações do módulo da startup Mooh!. Seja com o trabalho junto às forças de segurança, já reconhecido nacionalmente e que coloca Pernambuco com um dos menores índices de ocorrências de violência em estádios nos últimos anos.

Com o intuito de levar o melhor da tecnologia no futebol para o restante do país, a FPF procura replicar as experiências positivas em todos os estados brasileiros, buscando aproximar o verdadeiro torcedor e conscientizá-lo de que ele é peça chave para o sucesso de qualquer esforço pela paz nos estádios, isso fica claro com a adoção de uma ferramenta que presa pela participação popular e fomenta o cuidado do cidadão com o seu próximo.

Como o slogan do módulo diz, “Você Faz o Espetáculo Mais Bonito”. Do Brasil para o Mundo Devido ao apoio dado pela FPF, hoje a ferramenta já é procurada por clubes do futebol europeu para implantação em seus estádios, assim como a implantação da plataforma completa em cidades da Espanha, França, Nigéria.

No Brasil, a cidade de São Paulo está em fase final das tratativas legais para adoção da plataforma Sempre Alerta para a Guarda Civil Metropolitana.

Sobre o Sempre Alerta: Disponibilidade: Android e iOS Como Usar: Para usar o Torcedor Alerta, o torcedor deve baixar o Sempre Alerta, assim que estiver dentro do raio do estádio (geralmente 2km ao redor do estádio), o ícone do Torcedor Alerta fica ativo na tela, neste momento ele poderá realizar suas denúncias e chamados sempre que necessário. O sistema é totalmente sigiloso.

Atualmente o módulo está funcionando apenas em partidas nos estádios da capital pernambucana, mas já existem negociações para implantação pela Federação Paulista de Futebol, pendente ainda de adesão de patrocinadores para custeio operacional. Atualização em breve A mooh! Tech informou que até o fim do mês será lançada uma atualização da plataforma, com nova interface mais amigável ao usuário e novas funções.

Números Atualizados

● 18.487 Downloads

● 254 Ocorrências Atendidas

● 18 Jogos Realizados

(fpf.com)

TJD vai julgar pedido do goleiro do Salgueiro, que quer anular jogo final do estadual

Pelo LeiaJá.com

O interminável Campeonato Pernambucano de 2017 ganhou mais um capítulo nesta quinta-feira (7), oito dias após a vitória do Sport por 1 x0, diante do Salgueiro, que sacramentou o Leão como campeão estadual.

O Tribunal de Justiça Desportiva de Pernambuco (TJD-PE) determinou que a Federação Pernambucana de Futebol (FPF) não homologue o título do clube rubro-negro campeão, após receber um pedido de impugnação da partida final, impetrada pelo jogador Luciano, do Carcará.

O despacho (não homologar o título), porém, não tem muda, nem tira o título do Sport. De acordo com o vice-presidente do TJD-PE, Vitor Freitas Andrade Vieira, a decisão é uma consequência automática. “Esse tipo de processo não tem juízo de valor. A suspensão da homologação é um efeito natural da lei“, diz. Ainda segundo ele, o Leão e a FPF têm dois dias para se manifestarem. Em seguida, será a vez da Procuradoria se manifestar, no mesmo prazo. Só então a ação será julgada.

WA: Vale lembrar que uma partida só poderá ser anulada se, e somente se, for um erro de direito da arbitragem. Ou seja, o arbitro teria que assumir que errou de proposito para a partida ser anulada, o que não é o caso da arbitragem da final.

Erro de direito já aconteceu no campeonato Brasileiro de 2005 onde o então arbitro Edílson Pereira de Carvalho, assumiu manipulação de resultados. O presidente da FPF, Evandro Carvalho já se manifestou em entrevista a Folha de Pernambuco:

Eu afirmo com todas as letras: é impossível que o resultado seja anulado e a partida disputada novamente. A decisão do TJD é natural por conta do pedido do atleta do Salgueiro. E não muda em nada, porque só homologamos os resultados 30 dias depois do jogo. Não há risco de o jogo ser anulado”, reafirmou Evandro Carvalho, presidente da FPF.

DECIDIDO!! – Campeonato Pernambucano 2018 terá diminuição de clubes

Nesta terça-feira (20), foi realizada na sede da Federação Pernambucana de Futebol (FPF) mais uma reunião com os clubes participantes do Campeonato Pernambucano Série A2.

Durante o encontro, alguns detalhes foram ajustados. Estiveram presentes os representantes do Íbis, Centro Limoeirense, Timbaúba, Decisão, Pesqueira e Vera Cruz.

A reunião foi comandada pelo presidente Evandro Carvalho. O mandatário explicou algumas novidades da competição, este ano, como o acesso de apenas um clube para a primeira divisão do campeonato Estadual.

O critério adotado é para diminuir de 12 para 10, ou até nove, o número de clubes participantes da primeira divisão do Pernambucano nos anos seguintes.

Com a redução do número de datas reservados para os estaduais, Pernambuco terá de rever o conceito da fórmula de disputa e isso passa certamente pelo número de clubes”, explicou o diretor de competições da FPF, Murilo Falcão(foto).

FPF arrecada donativos para as vítimas das chuvas em Pernambuco

A Federação Pernambucana de Futebol (FPF) está arrecadando donativos para os desabrigados das fortes chuvas que atingem o interior do Estado.

img

A entidade pede que os interessados em ajudar tragam água mineral e alimentos não perecíveis. A entrega deverá ser feita na sede da FPF, na Rua Dom Bosco, 871, Boa Vista.

Funcionários da Federação também se uniram e vão trazer as doações para a entidade. Os donativos arrecadados serão destinados aos locais necessitados.

ESTADO DE EMERGÊNCIA

O Governo de Pernambuco decretou estado de emergência em 13 municípios.

Neste primeiro momento, o mais necessário é ajuda prioritária. Bolachas, água, sucos, manteiga e açúcar. Produtos prontos para consumo são mais práticos e ajudam mais, neste momento”, declarou o secretário executivo da Defesa Civil de Pernambuco, tenente-coronel Fábio Rosendo.

Go to Top