Posts tagged FIFA

2026 – Copa do Mundo será em três países!!

0

Estados Unidos, Canadá e México serão as sedes da Copa do Mundo de 2026. Essa foi a decisão das 203 associações de futebol que votaram nesta quarta-feira, no 68º Congresso da Fifa, em Moscou, capital da Rússia.

Resultado de imagem para COPA DO MUNDO

A candidatura tripla, que ganhou apoio do presidente norte-americano Donald Trump, se fortaleceu nas últimas semanas e entrou como favorita, bateu os africanos de Marrocos por 134 votos a 65.

A única federação que não tinha representante para votar foi a de Gana, que foi dissolvida na última semana após o estouro de um escândalo de corrupção e compra de resultados envolvendo árbitros e dirigentes das mais diversas categorias.

Já locais como Guam, Porto Rico e Ilhas Virgens Americanas, que pertencem aos Estados Unidos mas possuem federações próprias e ligadas à Concacaf, não puderam participar da votação.

Estados Unidos, Canadá, México e Marrocos, por sua vez, não tiveram direito a participar do pleito, já que eram os representantes de cada proposta.

O Irã foi o único que votou em “nenhuma das alternativas”, e Cuba, Espanha e Eslovênia se abstiveram.

A candidatura norte-americana já havia sido a mais bem avaliada pela Fifa, que realizou uma inspeção e deu nota 402,8 (de 500). Marrocos, que tentou sediar o Mundial pela quinta vez, havia conseguido nota bem menor: 274,9.

De acordo com Estados Unidos, Canadá e México, a primeira Copa com 48 seleções terá 16 sedes e 23 estádios, todos já em funcionamento e que precisarão apenas de pequenas reformas ou modernizações. A média de lugares disponíveis é de 68 mil lugares por arena.

A promessa feita à Fifa é de gerar uma receita de US$ 14 bilhões (R$ 52 bilhões) e US$ 11 bilhões (R$ 41 bilhões) de lucro para a Fifa.

“Muito obrigado por essa incrível honra. Será um incrível privilégio sediar essa grande competição em 2026“, festejou Carlos Cordeiro, presidente da US Soccer, a Federação de Futebol dos Estados Unidos, no discurso de agradecimento.

Já Marrocos planejava fazer o torneio em 12 sedes e 14 estádios, dos quais seis precisariam ser construídos do zero. A previsão de lucro também era grande (US$ 5 bilhões, ou R$ 18,6 bilhões).

No fim das contas, os dirigentes da Fifa optaram por uma candidatura considera mais forte e pronta, principalmente pelo fato da infraestrututa de transportes e hotéis já estar praticamente toda em ordem.

Essa será a terceira vez que o México terá a Copa em seu território, depois de 1970 e 1986, e a segunda vez dos Estados Unidos, depois de 1994. Será a primeira oportunidade para o Canadá, apesar do país ter sediado o Mundial feminino em 2015.

Vale lembrar que o torneio em 2026 mudará de formato para agrupar as 48 seleções. Serão formados 16 grupos de três times, com os dois melhores de cada chave avançando para os mata-matas.

O Mundial passará a ter 80 jogos, 16 a mais que o formato atual. No entanto, seguirá durando 32 dias, como hoje.

(ESPN.COM)

FIFA oficializa mudanças nas regras do futebol – Regra do impedimento complicou!!

O esporte mais popular do mundo está em evolução. Esta semana, o International Football Association Board (IFAB), órgão da FIFA oficializou diversas alterações nas regras do futebol para os próximos dois anos.

Créditos: Marcos Paulo Rebelo/CBF

Entre as mudanças, está a quarta substituição em prorrogações, permissão para uso de equipamento eletrônico na área técnica para fins específicos, substituições ilimitadas nas categorias de base e definições quanto ao uso do Árbitro de Vídeo (VAR, na sigla em Inglês).

Há também uma curiosidade: a mordida de um jogador em um companheiro de trabalho, atitude já vista em alguns casos recentes, passa a ser, oficialmente, prevista como falta (tiro direto).

Para facilitar o entendimento, o chefe do Departamento de Arbitragem da CBF e coordenador do Árbitro de Vídeo no Futebol Brasileiro, Sérgio Corrêa, listou as 14 principais novidades apresentadas na sede do IFAB, em Zurique, na Suíça. O documento, na íntegra, pode ser acessado neste link (clique para entrar).

1) Substituições ilimitadas na categoria de base

2) Jogador substituído pode ficar no banco de reservas

3) Quarta substituição durante a disputa de prorrogação

4) Permitido o uso de equipamento eletrônico na área técnica para auxiliar o treinador nas questões táticas da partida e aumentar a segurança dos jogadores, ou seja, verificar se as condições físicas estão adequadas a partir de medidores usados pelos atletas

5) Se um jogador sair para ajeitar equipamento (chuteira, camisa, calção, meião ou acessório permitido) e voltar sem autorização, interferindo na partida, será punido com falta (tiro direto) ou até pênalti (se for dentro da área)

6) Árbitro de Vídeo (VAR), agora, é oficial. Previsão de uso da tecnologia está incorporada às regras do futebol

7) Algumas situações de cartão vermelho podem ser revistas mesmo após reinício do jogo

8) Árbitros não podem carregar câmeras em campo

9) Jogador que entrar na área do uso do Árbitro de Vídeo, na beira do campo, será advertido

10) Jogador que entrar na cabine em que o árbitro analisa as imagens será expulso

11) Parada para hidratação não pode exceder 1 minuto

12) Tempo gasto para hidratação e aplicação do Árbitro de Vídeo (VAR) deve ser acrescido

13) Alteração na regra do impedimento: análise da condição do jogador deve ser feita no momento em que acontece o primeiro toque antes do passe definitivo. Não é o fim do movimento, mas o instante em que a bola é tocada pelo jogador

14) Mordida foi, oficialmente, incluída como falta direta.

(CBF.COM)

Fifa oficializa candidaturas a sede da Copa de 2026

A Fifa publicou nesta segunda-feira os dossiês das duas aspirantes a sede da Copa do Mundo de 2026: Marrocos enfrentará a candidatura conjunta de Estados Unidos, Canadá e México.

Festa de encerramento da Copa do Mundo 1994, no jogo entre Brasil e Itália, no Estádio Rose Bowl, em Los Angeles

Estádio Rose Bowl, nos EUA foi sede da final de 1994 (Nelson Coelho/VEJA)

A escolha vai ser revelada no dia 13 de junho, véspera do início do Mundial da Rússia-2018. As 211 federações afiliadas à entidade terão direito a voto, que será aberto ao público. Essa será a primeira Copa com 48 seleções participantes.

Marrocos tenta organizar a competição pela quinta vez e prevê o uso de 12 estádios. Cinco já estão construídos e serão modernizados, e outros três ultramodernos estão projetados. O dossiê de Estados Unidos-Canadá-México se apoia em 23 cidades-sede pré selecionadas, das quais são quatro mexicanas, três canadenses e 16 americanas. Destas, serão definidas 16 cidades-sede definitivas, com estádios de capacidade média de 68.000 lugares “já construídos e operativos”.

Uma comissão de avaliação da Fifa composta por cinco pessoas vai analisar “in loco” as candidaturas, com autoridade de descartar automaticamente qualquer uma delas em caso de insuficiência.

(Placar.com)

Brasil termina o ano em 2° lugar no ranking da Fifa

O último Ranking da Fifa de 2017 foi divulgado nesta quinta-feira(21) sem grandes mudanças nas primeiras colocações. Com poucas seleções jogando fora das datas Fifa, encerradas em novembro, houve pouca mudança na pontuação geral.

Dessa forma, o Brasil, primeira equipe classificada à Copa do Mundo pelas Eliminatórias, termina na segunda colocação.

LONDON, ENGLAND - NOVEMBER 14: The Brazil team line up prior to the international friendly match between England and Brazil at Wembley Stadium on November 14, 2017 in London, England. (Photo by Laurence Griffiths/Getty Images)

 

Veja abaixo os 20 primeiros colocados e a posição de todas as seleções que disputarão a Copa de 2018
1° – Alemanha – 1.602 pontos
2° – Brasil – 1.483 pontos
3° – Portugal – 1.358 pontos
4° – Argentina – 1.348 pontos
5° – Bélgica – 1.325 pontos
6° – Espanha – 1.231 pontos
7° – Polônia – 1.231 pontos
8° – Suíça – 1.190 pontos
9° – França – 1.183 pontos
10° – Chile – 1.162 pontos
11° – Peru – 1.128 pontos
12° – Dinamarca – 1.099 pontos
13° – Colômbia – 1.078 pontos
14° – Itália – 1.052 pontos
15° – Inglaterra – 1.047 pontos
16° – México – 1.032 pontos
17° – Croácia – 1.018 pontos
18° – Suécia – 998 pontos
19° – País de Gales – 985 pontos
20° – Holanda – 952 pontos
21° – Uruguai – 924 pontos
22° – Islândia – 910 pontos
23° – Senegal – 884 pontos
26° – Costa Rica – 850 pontos
27° – Tunísia – 838 pontos
31° – Egito – 805 pontos
32° – Irã – 798 pontos
36° – Sérvia – 756 pontos
38° – Austrália – 747 pontos
40° – Marrocos – 738 pontos
51° – Nigéria – 640 pontos
55° – Panamá – 621 pontos
57° – Japão – 600 pontos
60° – Coreia do Sul – 570 pontos
63° – Arábia Saudita – 543 pontos
64° – Rússia – 534 pontos

(Fonte PLACAR)

Fifa divulga novo ranking e confirma os cabeças de chave da Copa do Mundo

Na manhã desta segunda-feira, a Fifa divulgou o seu ranking de seleções mais esperado para o ciclo da Copa do Mundo de 2018. Isto porque esta lista servirá de base para o mundial que será realizado na Rússia.

Entre as principais definições esperadas para este ranking foi a confirmação dos cabeças de chave para o torneio do ano que vem. Sem grandes surpresas, a lista definiu Rússia (país sede), Alemanha, Brasil, Portugal, Argentina, Bélgica, Polônia e França como cabeças de chave.

Para a competição que será realizada na Rússia o ranking terá uma importância ainda maior que apenas a escolha dos cabeças de chave, já que a entidade confirmou que as posições das seleções na lista servirão de base para todo o sorteio para a Copa do Mundo. Até o momento, 23 seleções já garantiram uma vaga na disputa do ano que vem. Sendo assim, restam nove classificadas que ainda precisam ser definidas entre os 20 países que ainda possuem chances.

Desta forma, é possível cravar os potes de algumas das equipe já classificadas. Além do pote 1, o das cabeças de chave, já é sabido que o pote 2 contará com Espanha, Inglaterra, Colômbia, México e Uruguai, o 3 com Egito e Irã e o quarto pote terá Panamá, Coreia do Sul e Arábia Saudita. As outras classificadas ainda esperam as definições finais para saber onde serão colocadas no sorteio.

Sem revelar grandes detalhes sobre a maneira de que será realizado o sorteio, a Fifa marcou o evento para o dia 1º de dezembro, em Moscou, na Rússia. A única certeza, além da utilização do ranking para a divisão dos potes, é que a entidade não permitirá duas equipes da mesma confederação no mesmo grupo – exceção feita a Europa, que poderá contar com no máximo duas seleções. As últimas vagas para o torneio serão definidas na primeira metade de novembro.

(GazetaEsportiva)

VIROU BAGUNÇA!! – Para Fifa, só Mundiais de Clubes a partir de 2000 são títulos ‘oficiais’

QUEREM APAGAR O PASSADO DOS CLUBES:

A nova Fifa do presidente Gianni Infantino não reconhece como “oficial” o título do Palmeiras de campeão mundial de clubes, de 1951, nem qualquer outro disputado no Japão durante os anos 1960 e 1990. Para a organização, com sede em Zurique, apenas os vencedores dos torneios a partir de 2000 são “considerados oficialmente pela Fifa como campeões mundiais de clubes“.

Taça 51: Fifa não reconhece como oficial título Mundial conquistado pelo Palmeiras em 51

© Fornecido por Estadão Fifa não reconhece como oficial título Mundial conquistado pelo Palmeiras em

Num comunicado enviado ao Estado, a entidade máxima do futebol afirma que reconhece o torneio vencido pelo clube paulista nos anos 50 como o primeiro campeonato de clubes de dimensão mundial. Mas esclarece que são apenas aqueles que venceram o torneio a partir de 2000 (Corinthians) que são considerados pela entidade como oficialmente “campeões mundiais de clubes“.

Diplomática, a Fifa não deixa de dar certo valor aos torneios que existiam antes de 2000. Mas nunca os tratando como competições ou títulos oficiais. “Em seu encontro em São Paulo no dia 7 de junho de 2014, o Comitê Executivo da Fifa concordou com o pedido apresentado pela CBF para reconhecer o torneio de 1951 entre os clubes da Europa e da América do Sul como a primeira competição de clubes de dimensão mundial, e o Palmeiras como seu vencedor“, disse. “A Fifa reconhece e valoriza as iniciativas de estabelecer competições de clubes de dimensões mundiais ao longo da história”, disse a entidade. “Esse foi o caso de torneios envolvendo clubes europeus e sul-americanos, como a pioneira Copa Rio, jogada em 1951 e 1952, e a Copa Intercontinental“, afirmou.

Apesar dos elogios, a entidade esclarece que não pode conceder sua chancela de “oficial” a essas iniciativas. “Entretanto, não foi até 2000 que a Fifa organizou o estreante Mundial de Clubes da Fifa, com representantes de todas as seis confederações“, explicou. “Os vencedores dessa competição, que passou a ser organizada anualmente a partir de 2005, são aqueles considerados oficialmente pela Fifa como campeões mundiais de clubes“. Em 2015, o Estado havia feito a mesma consulta para a Fifa, de Joseph Blatter. Naquele momento, porém, a resposta fora diferente. A entidade se limitou a esclarecer que reconhecia o torneio de 1951 como a primeira competição de dimensão mundial, sem qualificar se havia uma diferença entre os vencedores do pasado e os atuais. Em 2014, em conversa com a reportagem, o ex-presidente da Fifa, Joseph Blatter, chegou a informar que enviaria um certificado a cada um dos campeões mundiais desses demais torneios, reconhecendo seus feitos. O Palmeiras recebeu um fax sobre o assunto e sendo informado de que o time merecia tal condecoração. A partir daí, o torcedor do Palmeiras não teve mais dúvidas sobre a legotimidade do torneio. Situação modificada agora pelo novo dirigente da Fifa.

Desta maneira, o Corinthians é o brasileiro com o maior número de títulos mundiais, já que foi campeão na primeira edição da Fifa, em 2000, e faturou também em 2012. São Paulo e Internacional, campeões em 2005 e 2006, respectivamente, completam a lista de conquistas para o Brasil. A posição da Fifa exclui, por exemplo, Pelé da lista de campeões mundiais. O Rei do Futebol levou o Santos aos títulos em 1962 e 1963. Zico, com o Flamengo de 1981, é outro craque que não teria mais o título validado pela Fifa. Grêmio (1983) e São Paulo (1992 e 1993) são outras equipes que levaram o título mundial antes de 2000.

(MSN.COM)

Go to Top