Por: Alexandre Ricardo/CoralNET

A partida contra o Ferroviário/CE, às 18h do próximo domingo(5), marca o segundo compromisso do Santa Cruz na Série C do Campeonato Brasileiro. Logo em seguida, o time coral vira a chave e encara a semifinal da Copa do Nordeste, enfrentando o Fortaleza/CE também na Arena Castelão, às 21h30 do dia 9 de maio.

Assim como nas quartas de final, a semifinal do torneio regional será promovida em jogo único. Sendo assim, apenas 90 minutos decidem uma vaga na grande decisão. Duelo este, diante de um adversário da Série A do Brasileirão, que fatalmente já ocupa o pensamento do torcedor, da comissão técnica e dos atletas.

Com a proximidade entre as datas, é natural que hajam especulações quanto a uma preocupação em administrar o elenco, poupando alguns titulares no desafio deste final de semana, pela Série C. Porém, o técnico Leston Júnior já fez questão de afastar a possibilidade, dando a entender que vai escolher o que há de melhor para os próximos jogos.

São seis dias de intervalo até o jogo contra o Ferroviário, tempo suficiente para recuperar. Depois são quatro dias para a semifinal do Nordestão. Vamos fazer jogo a jogo, se todo mundo tiver bem clinicamente, vamos sempre repetir a equipe. Se a gente mudar o time todo agora no domingo, perder e na quinta-feira não chegar na final da Copa do Nordeste, vamos tomar porrada por 20 dias. Quem trabalha em time grande, tem que tentar ganhar o máximo possível “, garantiu o treinador. 

Se poupar atletas está fora da cogitação, resta saber se alguma estratégia por entrosamento será utilizada, já que o Santa Cruz tem três desfalques por suspensão, para enfrentar o Fortaleza: o lateral-direito Marcos Martins e os atacante Augusto e Elias. Os dois primeiros vêm sendo titulares na equipe, deixando a dúvida pelos seus respectivos substitutos.

E