Acompanhamos mais uma página feia e lamentável da arbitragem de Pernambuco na vitória do Náutico sobre o Vitória de Santo Antão por 2×0 nos Aflitos. Sebastião Rufino Filho e o assistente Cleberson Nascimento influenciaram diretamente na vitória para o Timbu.

Depois de um fraco primeiro tempo com uma bola trave para cada time, o assistente Cleberson Nascimento anulou com impedimento, um gol legítimo do Vitória. Em seguida o árbitro Sebastião Rufino Filho viu dentro da área uma falta que aconteceu fora da área, e marcou erradamente um pênalti para o Náutico, bem convertido por Wallace Pernambucano.

Para fechar a lambança geral só contra o Vitória, o arbitro marcou uma falta fora da área para o Náutico, e o assistente Cleberson (QUE NADA FALOU NO ERRO DO PRIMEIRO PÊNALTI) avisou ao árbitro que o jogador do Náutico tinha recebido falta dentro da área. Pênalti marcado e convertido novamente por Wallace Pernambucano.

O Vitória segue na lanterna sem pontuar, e o Náutico fica na sexta posição com seis pontos.