A temporada 2018 se encerrou mais cedo para o Náutico. Eliminado nas quartas de final da Série C, o Timbu deu adeus às competições oficiais já em agosto. No entanto, isso não quer dizer que o clube deu uma relaxada nas atividades.

Resultado de imagem para ferias

Muito pelo contrário. Mal acabou a disputa da Terceirona e a diretoria de futebol trabalhou pesado para garantir as renovações de contrato de seus principais jogadores e do treinador Márcio Goiano. Ambos os objetivos foram atingidos com êxito. Passada esta etapa, o departamento de futebol alvirrubro vai agora recarregar as turbinas para voltar à labuta com tudo no fim do ano.

O departamento de futebol vai tirar um mês de férias agora em outubro. Esse mês vai ser mais de descanso para nós, porque quando o campeonato (Série C) acabou nós não paramos com o trabalho para deixar uma base pronta para 2019“, explicou Diógenes Braga, vice-presidente de futebol do Náutico, que julgou outubro ser o mês ideal para que as atividades burocráticas sejam interrompidas. “Os campeonatos estão acontecendo ainda e não dá para tratar de reforços nesse momento. Só vamos vamos andar nessa questão quando chegar em novembro, mais perto da reapresentação do elenco“, avaliou.

De acordo com o dirigente, há apenas uma questão que não pôde ser concluída nos últimos meses, mas que caminha para um desfecho positivo: a renovação de vínculo com o zagueiro Camutanga.

Acredito que nesta semana estaremos resolvendo essa pendência. É a última renovação que está faltando e acredito que não vamos ter problemas com isso“, opinou. O Timbu já tem nove jogadores garantidos para 2019, excetuando-se os atletas revelados no clube. São eles: Suéliton (zagueiro), Gabriel Araújo e Assis (laterais), Jobson, Josa e Jhonnatan (volantes), Wallace Pernambucano (meia-atacante), Rafael Assis e Rafael Oliveira (atacantes).

(Folha de Pernambuco)