A Fifa publicou nesta segunda-feira os dossiês das duas aspirantes a sede da Copa do Mundo de 2026: Marrocos enfrentará a candidatura conjunta de Estados Unidos, Canadá e México.

Festa de encerramento da Copa do Mundo 1994, no jogo entre Brasil e Itália, no Estádio Rose Bowl, em Los Angeles

Estádio Rose Bowl, nos EUA foi sede da final de 1994 (Nelson Coelho/VEJA)

A escolha vai ser revelada no dia 13 de junho, véspera do início do Mundial da Rússia-2018. As 211 federações afiliadas à entidade terão direito a voto, que será aberto ao público. Essa será a primeira Copa com 48 seleções participantes.

Marrocos tenta organizar a competição pela quinta vez e prevê o uso de 12 estádios. Cinco já estão construídos e serão modernizados, e outros três ultramodernos estão projetados. O dossiê de Estados Unidos-Canadá-México se apoia em 23 cidades-sede pré selecionadas, das quais são quatro mexicanas, três canadenses e 16 americanas. Destas, serão definidas 16 cidades-sede definitivas, com estádios de capacidade média de 68.000 lugares “já construídos e operativos”.

Uma comissão de avaliação da Fifa composta por cinco pessoas vai analisar “in loco” as candidaturas, com autoridade de descartar automaticamente qualquer uma delas em caso de insuficiência.

(Placar.com)

mrelaxabuy ortho tri-cyclenarthritisbuy eye drops online