Nosso passarinho no Rio de Janeiro confirmou na tarde desta Quinta-feira(13) que o ex procurador geral do STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva) estará defendendo a FPF no julgamento do caso “A BOLA SAIU” do jogo final do estadual entre Salgueiro x Sport.

Paulo Schmitt(foto) deixou o cargo no STJD no dia 14 de Julho de 2016 por conta própria. Schmitt começou a exercer a função de fato em 2004, mas o cargo só foi oficializado na reforma do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD) de 2006

Paulo Schmitt despertou amor e ódio entre torcedores em alguns casos que foram parar no STJD. O principal dos últimos anos foi a escalação irregular do meia Heverton, que ocasionou o rebaixamento da Portuguesa no Brasileirão 2013.

O procurador também teve participação relevante na inclusão da previsão de perda de mando de campo com portões fechados no Regulamento Geral de Competições, como forma de coibir violência nos estádios

O julgamento acontecerá as 18h da próxima Terça-feira(18) no TJD na Federação Pernambucana de futebol. O advogado do goleiro Luciano do Salgueiro, Mariano Sá, impetrou um pedido de anulação da final do campeonato Pernambucano, alegando que o assistente(01) da partida estava mal posicionado ao anular um gol do Carcará.

Procuramos o diretor de competições da FPF, Murilo Falcão, sobre o assunto, e ele confirmou.
Schmitt já trabalha para a FPF desde o inicio do ano. Não sei ainda se ele vem mesmo para o julgamento” declarou.

mrelaxabuy ortho tri-cyclenarthritisbuy eye drops online