PELO BLOG DE JJ

O melhor jogo entre todas as Divisões Nacionais aconteceu no dia de ontem, entre o Confiança e Santa Cruz, pela Série C.

Não é necessário ter jogadores com altos salários para que se tenha um bom futebol, basta a vontade, e sobretudo a raça dos times para que a bola não seja maltratada.

O time sergipano assim como o tricolor de Pernambuco entraram em campo para jogar, e o fizeram.

O primeiro tempo foi melhor para a equipe da casa, embora o Santa Cruz tenha perdido um gol cara a cara com o goleiro.

Na segunda fase, com as mudanças efetuadas o time Coral tomou gosto pela partida, quando levou um gol do Confiança. Não se abalou e continuou atacando, conseguindo o empate.

O azulão sergipano nos minutos finais procurou o desempate e o interessante é que o tricolor do Arruda não fechou-se e também buscou a vitória.

Uma partida interessante, com um bom público e sobretudo com a boa vontade de jogar futebol dos dois contendores.

Assistimos tantos jogos fracos nas demais divisões, e finalmente na segunda-feira fomos presenteados com uma boa partida.

O empate de 1×1 foi justo para ambos.

– A VINGANÇA DOS VISITANTES

* A sétima rodada do Brasileirinho serviu como vingança dos times visitantes, já que estavam sendo massacrados, e conseguiram pela primeira vez conquistarem mais vitórias do que os mandantes.

Foram cinco contra três dos donos da casa, e dois empates.

A média de gols foi de 2,4 por jogo, e como já era esperado apenas 135.671 pagantes estiveram nas arquibancadas, com uma média de 13.567 por jogo.

No geral os mandantes somam 35 vitórias, empates 21 e 13 para os que visitam.

O total de publico é de 1.182.812, uma média de 17.142 torcedores por jogo.

Com relação a classificação da competição, o Flamengo lidera com 14 pontos, que é a menor da era dos pontos corridos com 20 clubes.

Obvio que muita água vai rolar por baixo da ponte, mas nessas sete rodadas no meio de uma mediocridade generalizada alguns clubes se destacaram, tais como o Fluminense com os seus jovens do Xerém, que está na vice-liderança, graças ao comando de Abel Braga, e o São Paulo de Diego Aguirre que vem evoluindo jogo a jogo, é o único invicto entre todas as competições, e com o bom futebol de Diego Souza e Nenê, será um dos candidatos ao título.

Enquanto o tricolor paulista em sete rodadas não sofreu nenhuma derrota, Ceará e Paraná não conseguiram uma misera vitória, e são sérios candidatos ao rebaixamento.

Por uma coincidência dois time que vieram do acesso.

Com referencia ao Sport, sem duvida o time aprendeu a jogar dentro das limitações, e pelo andar da carruagem poderá fazer um percurso de manutenção de forma tranquila.

As decepções vem do Grêmio e Palmeiras, sobretudo esse último que é tratado pelas mídias como dono de um grande time.

Na verdade é grande apenas no papel, e quando o assistimos jogar é tão mediano como os demais.

– SEIS MESES DE HIBERNAÇÃO

* A fase de grupos da Série D foi encerada no último domingo, e com ela mais 36 clubes começaram com o processo de hibernação e já seguiram para as cavernas para se juntarem as centenas de outros que tiveram esse destino logo após os estaduais.

Serão seis meses sem futebol para esses e o desemprego de mais de 792 profissionais, sem contarmos com os demais segmentos de um departamento de futebol.

O futebol brasileiro é autofágico quando degusta seus membros em uma fogueira.

Enquanto isso, o Circo do Futebol Brasileiro (CBF), prepara um voo da alegria levando 26 presidentes de federações, e 10 de clubes das Séries A e B. com um dispêndio de R$ 4 milhões.

A Série D tem que ter o formato das outras competições, com maior número de clubes divididos em grupos regionais, como a C deveria ser igual as Séries A e B, com jogos durante o ano.

A criação de uma nova Série, a E, regionalizada fecharia o ciclo de manutenção do futebol no Brasil.

Em Pernambuco um clube da tradição como o Central, sediado em uma cidade economicamente forte, é um dos que irão hibernar.

Qual o seu futuro?

Belo Jardim e Flamengo-PE juntaram-se ao time de Caruaru, estão na parte mais alta da Serra das Russas.

Que futebol é esse que destrói os clubes, e joga fora recursos com cartolas que nada fazem por esse?

Nem Freud poderia explicar.

Lamentável.

mrelaxabuy ortho tri-cyclenarthritisbuy eye drops online