BRONCA

BRONCA! – Daniel Alves machuca o joelho e pode ficar fora da Copa do Mundo!

0

O lateral brasileiro, Daniel Alves, sentiu dores no joelho e deixou o campo na vitória do PSG por 2 a 0 sobre o Les Herbiers, na final da Copa da França, nesta terça.

Apesar de o zagueiro Marquinhos ter afirmado após o jogo que o companheiro já conseguia caminhar, a lesão preocupa a comissão de Tite, e o jogador pode ficar fora da Copa do Mundo.

A suspeita de rompimento do ligamento cruzado do joelho. Se for confirmado, Daniel ficará fora do futebol por seis meses.

Nesta Quarta(09), serão realizados novos exames para saber a gravidade do caso.

É BRONCA!! – Torcida Jovem terá que pagar mais de R$ 320 mil ao Sport

Informações por Thayná Aguiar

A organizada Torcida Jovem foi condenada, na última quinta-feira (3), a pagar R$ 320.906,27 ao Sport por danos materiais e morais em um jogo realizado no dia 2 de setembro, pela Série A do Campeonato Brasileiro de 2015.

Chico Peixoto/LeiaJá Imagens/ArquivoA Torcida Jovem não recorreu à decisão

O juiz Brasílio Antônio Guerra foi o responsável pela ação. O clube rubro-negro acionou a Justiça contra a organizada depois que membros da Jovem lincharam um grupo de torcedores do Coritiba, no Estádio Couto Pereira. Por causa do episódio, o Sport perdeu um mando de campo e recebe um uma multa de R$ 50 mil.

O juiz Brasílio condenou a Torcida Jovem a pagar R$ 30 mil de danos morais, mais R$ 50 mil referentes à multa paga pelo o Sport na época, e mais R$ 240 mil, um valor médio de arrecadação do clube em jogos em casa naquele Campeonato Brasileiro. Mesmo sendo uma decisão em primeira instância, a pena não foi contestada pelos acusados. Lêucio Lemos, Vice-Presidente Jurídico do Leão, espera que o fato sirva como um exemplo nacional.

Essa decisão é o resultado da política do Sport de combater a violência nos estádios de futebol e buscar os ressarcimentos quando essas torcidas promovem danos direto ao patrimônio do Clube. Esperamos que isso sirva de exemplo nacional”, comentou o Vice-Presidente Jurídico do Leão“, disse.

Ponte Preta desmente irregularidade de jogadores contra o Náutico

O Náutico está tentando nos tribunais do STJD uma punição a Ponte Preta por uma possível irregularidade na Copa do Brasil. O Náutico alega que dois jogadores da Macaca estão irregulares na competição.

A Ponte emitiu uma nota oficial na tarde desta Quinta-feira(19).

Resultado de imagem para JUNIOR SANTOS PONTE PRETA NAUTICO

CONFIRA!!

A Ponte Preta informa a todos os interessados que eliminou o Náutico, adversário que merece todo o respeito, dentro do campo, por um placar acumulado de 3 a 1 em duas partidas na qual a Ponte venceu dentro de campo,  por meio do futebol e de maneira totalmente legal.

Em relação a um suposto questionamento do Náutico referente aos atletas Igor e Júnior Santos, a Ponte não recebeu nenhuma citação formal até o momento, por isso não sabe se a denúncia realmente existe, porém já adianta-se em informar que, quando contratou ambos os atletas, consultou a Confederação Brasileira de Futebol – que é tanto o órgão organizador quanto autoridade maior do esporte no país – sobre o fato e recebeu da CBF o aval para utilização dos atletas.

Só com este aval em mãos é que eles foram colocados à disposição do técnico Doriva. O ofício da CBF será apresentado ao Tribunal assim que a Ponte for notificada, caso efetivamente a denúncia tenha sido feita e caso seja aceita pelo STJD.

OLHA A BRONCA!! – Com lesão no tornozelo de Rithely, Inter ameaça desfazer negociação com o Sport!

Isso mesmo que você acabou de ler na manchete. Depois de ser avaliado pelo departamento médico colorado, o volante Rithely poderá ser devolvido ao Sport, e o empréstimo pode ser desfeito.

Segundo o Inter, se os médicos avaliarem que o volante Rithely precisa de uma cirurgia no tornozelo, o negocio com o Sport será desfeito. Na Ilha do Retiro o jogador vinha tratando as dores no tornozelo com medicamentos apenas.

Nesta Terça-feira(20) o Inter publicou uma nota sobre a situação:

BRONCA! – Torcedor do Sport é processado por esculhambar dirigente do Sport em rede social

Esculhambar os outros por rede social e ficar por isso mesmo é coisa do passado. Agora, quem gostar de esculhambar os outros por rede social pode pagar caro pela atitude intempestiva.

Resultado de imagem para Guilherme beltrao esporte

Um torcedor do Sport está sendo processado por ter, segundo nossa fonte, caluniado o atual vice presidente de futebol do Sport, Guilherme Beltrão.

Diante da informação, procuramos na noite desta Quarta-feira(28) ouvir o advogado do dirigente Guilherme Beltrão, o Dr Thomas Aragão, que explicou toda a situação:

“Entramos com uma ação no dia 21 de fevereiro contra o torcedor, Rodrigo de Almeida Ribeiro, que por rede social declarou que Guilherme Beltrão cobrava comissão para contratar e vender atletas. Disse também que Guilherme só estaria voltando ao clube por dinheiro. Dentro dessa situação, o torcedor foi processado para que retire as acusações infundadas e indenize o demandante

Segue…

Quando vai custar ao bolso do torcedor?

Dr Thomas Aragão – Esse valor será estipulado pelo juiz. Quero deixar claro que qualquer valor que seja definido pelo juiz, será integralmente doado ao hospital do câncer a pedido do nosso cliente.

Como está o processo nesse momento ?

– O juiz já deferiu a liminar para a retirada imediata das postagens inverídicas, e estamos aguardando a audiência dia 23 de Abril as 15h10.

Que lição fica para quem gosta de detonar nas redes sócias ?

– Como advogado eu aconselho a todos que critiquem com responsabilidade para a lei não pesar sobre você. Criticas são aceitáveis, agora, calunias e difamações não serão toleradas

CONFIRA:

Processo nº 0006872-91.2018.8.17.8201

DEMANDANTE: GUILHERME BELTRAO PEREIRA

DEMANDADO: RODRIGO DE ALMEIDA RIBEIRO

DECISÃO

R hoje.

Cuida-se de Pedido de Antecipação de Tutela de Mérito formulado por GUILHERME BELTRAO PEREIRA em desfavor de RODRIGO DE ALMEIDA RIBEIRO, objetivando, em síntese, a exclusão do perfil do demandado perante o TWITTER de publicações que reputa ofensivas.

Narra que é sócio e torcedor do Sport Club do Recife e que já fez parte da direção do clube, ocupando cargos de diretor e de vice-presidente. Afirma que, após aceitar o convite para ocupar o cargo de vice-presidente, com divulgação na mídia local, o demandado utilizou palavras ofensivas contra o autor em redes sociais, tais como “câncer” e “canalha”, bem como o acusou de cobrar comissão para contratar e vender atletas. Argumenta que tais publicações foram efetuadas na conta pessoal do demandado da rede social TWITTER, perfil @rodrigoar_pe, possuindo, desta feita, o poder de propagar a mensagem para inúmeras pessoas, o que macula a imagem do autor perante a sociedade, motivo pelo qual recorreu ao Judiciário.

A peça inicial veio instruída de documentos, dentre eles, as mensagens veiculadas no perfil do demandado na rede social TWITTER, expressamente se referindo ao autor como “BELTRÃO” (ids. 28391839 a 28391879).

Cumpre-se registrar que a opção da parte autora em ingressar com demanda no rito da Lei nº 9.099/95 impõe a fiel observância ao procedimento nela estatuído, que privilegia a conciliação, tanto que o Julgador somente atua na fase instrutória, inexistindo despacho inaugural.

Contudo, em caráter excepcional, e dependendo da situação fática trazida aos autos, pode o Juiz analisar o caso concreto antes da fase instrutória, haja vista a possibilidade de risco de lesão de difícil reparação. É o caso dos autos.

Desnecessário ressaltar, ainda, que a antecipação dos efeitos da tutela pode ser concedida in limine litis ou em qualquer fase do processo, inaudita altera parte ou depois da citação do réu. Pode ser concedida na sentença e depois dela.

Pois bem. In casu, vislumbram-se presentes os requisitos autorizadores da concessão da medida ora requerida, a saber: probabilidade do direito do autor e do perigo de dano, a fim de que sejam evitadas máculas à honra e à imagem do autor, ante a rápida propagação das mensagens publicadas em redes sociais.

A vista do exposto, fundada nos argumentos acima e no art. 300 do CPC, CONCEDO A TUTELA requerida para determinar que o demandado RODRIGO DE ALMEIDA RIBEIRO proceda, no prazo de 48 horas, a contar da notificação desta, com a exclusão das postagens contidas nos ids. 28391839 a 28391879, a que se referem ao autor sob a denominação “BELTRÃO”, em seu perfil @rodrigoar_pe, perante o TWITTER, sob pena de multa diária no valor de R$ 100,00.

Notifique-se. Após promovam-se os atos processuais necessários ao desenvolvimento válido e regular do processo.

Recife, 23 de fevereiro de 2018.

(Assinado Digitalmente)

NICOLE DE FARIA NEVES

Juíza de Direito

WA – Falamos com o torcedor, Rodrigo Ribeiro, que não quis se pronunciar. Rodrigo declarou apenas que vai esperar a citação da justiça para se defender.

LISOS!! – Jogadores do ABC fazem greve e ameaçam Wx0 na próxima rodada

Como se não bastassem os problemas dentro de campo, agora o ABC acaba de ganhar outro problema fora das quatro linhas.

Jogadores do ABC entram em greve devido a atrasos salariais

O elenco alvinegro comunicou nesta segunda-feira (23) por meio de nota ao Sindicato dos Atletas de Futebol Profissional do Estado do Rio Grande do Norte (Safern) que estão greve devido ao atraso de salários.

Os trabalhos foram paralisados devido ao atraso de mais de dois meses e demais verbas trabalhistas. Assim os atletas declararam “não ter mais condições de continuar trabalhando. E esperam que o sindicato tome as providências legais”.

A greve chega em um momento crucial da temporada, quando a alvinegro vem se reabilitando na luta contra o rebaixamento, com duas vitórias e um empate. De acordo com a Safern, as providências legais serão tomadas e uma coletiva será realizada na tarde desta segunda-feira (23).

Mas o órgão adiantou que as denúncias serão repassadas ao STJD e ao ministério Público do Trabalho ainda hoje.

Safern emite nota de apoio aos jogadores do ABC

O Sindicato dos Atletas de Futebol Profissional do Estado do Rio Grande do Norte (Safern) emitiu uma nota de apoio aos atletas do ABC Futebol Clube que decidiram que não iriam mais concentrar nas vésperas dos jogos do alvinegro na reta final da Série B.

O motivo são os atrasos salariais e demais obrigações contratuais, auxilio moradia, direito de imagem e fundo de garantia.

Apoiamos a decisão dos atletas como forma de protesto contra esse estado de reiterada falta de cumprimento das obrigações contratuais. A decretação de Greve é uma realidade próxima da qual somos à favor acaso a situação não seja resolvida”, disse o presidente do Sindicato, Felipe Augusto leite.

(Onatalense.com)

UIA!! – Heber Roberto Lopes vai processar presidente do Grêmio que o chamou de “Careca vagabundo!!”

Depois de ser chamado de “careca vagabundo paranaense” pelo presidente do Grêmio, Romildo Bolzan Jr., o árbitro Heber Roberto Lopes voltou a dizer que se reunirá com os advogados para discutir o caso.

A declaração foi feita na madrugada desta quinta-feira, após apitar o empate sem gols entre Corinthians e o próprio Tricolor gaúcho. “Junto com os advogados, a gente vai procurar se inteirar do que foi dito, estudar e tomar uma decisão. Nesse momento, qualquer coisa que eu falar aqui vai ser muito precoce. Mas espero que amanhã gente tome a medida mais correta possível juntamente ao corpo de advogados“, disse o árbitro à imprensa após a partida na Arena Corinthians.

O jogo entre líder e vice-líder do Campeonato Brasileiro teve caráter decisivo, mas o empate sem gols e a atuação tranquila de ambas as equipes foram pontos a favor da tranquilidade de Heber.

Em momento algum misturei as coisas, procurei ser o profissional mais correto possível. E o jogo ajudou, eles jogaram futebol. Vamos tocar a vida, no momento é precoce falar algo que não me inteirei ainda. Amanhã [quinta] a gente vai ver as medidas“, repetiu.

Tiago Cardoso cobra R$ 750 mil do Santa Cruz na Justiça

Ídolo do Santa Cruz e com cinco campeonatos pernambucanos e uma Copa do Nordeste no currículo, o goleiro Tiago Cardoso entrou na Justiça contra o clube cobrando uma dívida de R$ 750 mil, valor acordada entre os clubes em sua rescisão, em 2016, somado os juros pela falta de pagamento.

Logo que deixou o Santa Cruz para reforçar o Náutico, Tiago Cardoso acertou com a diretoria do Coral o valor de R$ 550 mil, dividido em 22 parcelas. No entanto, garantiu que não recebeu nada desde que deixou o time e que não encontrou outro caminho a não ser entrar na Justiça pelos seus direitos.

Ficou acordado também que caso o Santa Cruz não fizesse o pagamento no prazo estipulado, teria uma multa de 30% do valor, que hoje beira os R$ 750 mil.

Tiago Cardoso, 33 anos, está sem clube desde que deixou o Náutico em julho. Além da longa passagem pelo Santa Cruz, atuou por Ceará, Atlético-PR, Fortaleza, ABC, Atlético Mineiro e Monte Azul.

(FI)

Transtornado, goleiro Luciano desabafou contra a arbitragem em Salgueiro: “Tomaram nosso título”

Confira o que falou o goleiro reserva do Salgueiro, Luciano. O jogador estava revoltado com o gol anulado do Carcará na partida.

Afundado em dívidas, o Vasco é considerado um clube em estado de falência

No site Época EC (Por Rodrigo Capelo) – Eurico Miranda tem o defeito de tentar mostrar força só no gogó. Quando a realidade dá as caras, a frase de efeito constrange – como quando o Vasco foi rebaixado à segunda divisão, em 2015, apesar de o presidente ter garantido que se mudaria para a Sibéria se isso acontecesse.

Captura de Tela 2017-05-15 às 13.23.10

“O vasco vai brigar nas cabeças, com certeza”, e dizia o cartola em entrevista coletiva que havia convocado, em 20 de dezembro de 2016, para falar sobre as finanças vascaínas. Meses depois, após publicado o balanço financeiro do clube, chega a realidade. Não há nenhuma evidência de que tenha condições de disputar as primeiras posições do Campeonato Brasileiro. Nem perto disso. O Vasco de 2017 em estado de insolvência.

Antes de nos aprofundarmos nos números, um alerta. Tudo o que você lerá aqui foi extraído do balanço financeiro vascaíno. Mas há razões para desconfiar do documento. A auditoria independente Anend, contratada por Eurico para verificar as contas de 2016, como manda a lei, expressou em seu relatório que não pôde checar todos os dados. Os auditores não conseguiram confirmar se havia dinheiro em caixa, por exemplo, nem uma série de outros indicadores cujos valores foram apresentados pela direção cruz-maltina. A auditoria avaliou as finanças com o que tinha e responsabilizou a administração do time pelo que viu, mas não pôde testar.

Dito isso, comecemos pelo dinheiro que entra no caixa. O Vasco faturou R$ 213 milhões em 2016, o maior valor de sua história, mas com um enorme asterisco. A maior parte do aumento se deve aos R$ 60 milhões em luvas que recebeu da TV Globo por vender, antecipadamente, os direitos de transmissão para as temporadas de 2019 a 2024. O faturamento recorrente, sem as luvas, está na casa dos R$ 150 milhões. Outras fontes de receitas mostram performances preocupantes. O Vasco teve em 2016 as piores rendas de sua história recente – desde 2010, quando passou a detalhá-las – em bilheterias, patrocínios e transferências de atletas. O que segura as pontas é a TV.

Depois vem o dinheiro que sai do caixa. Apesar de jogar a Série B, campeonato no qual a competitividade é menor, os gastos aumentaram para quase R$ 200 milhões. Repare o descompasso entre quanto o Vasco arrecada e quanto o Vasco gasta. Faltaram R$ 50 milhões para que o clube conseguisse apenas fechar a conta – sem que pagasse um centavo sequer das dívidas que acumulou ao longo dos últimos anos, assunto para o parágrafo seguinte. Eurico só terminou o ano no azul porque recebeu as luvas pelo contrato de 2019 a 2024. Uma receita que não se repetirá nem em 2017, nem tão logo.

Se o problema fosse pontualmente o descompasso entre receitas e despesas, estaria tudo certo. O Vasco tem condições de, na primeira divisão, elevar suas receitas com bilheterias e patrocínios para tentar fechar a conta. Mas não é o caso. O resultado das trágicas gestões de Roberto Dinamite e do próprio Eurico é um endividamento maior do que o Vasco. O clube possui R$ 205 milhões em dívidas de curto prazo, que precisam ser pagas no decorrer de 2017, equivalentes a 40% de todo o seu endividamento.

Você não precisa de calculadora para chegar à principal conclusão. Se o Vasco fatura coisa de R$ 150 milhões, mas gasta R$ 200 milhões com despesas e tem R$ 205 milhões a pagar em dívidas, faltam R$ 255 milhões apenas para que o clube termine 2017 no zero a zero. A auditoria é clara sobre a situação no relatório que acompanha o balanço: “Eventos ou condições futuras podem levar o Vasco a não mais se manter em continuidade operacional”. Em português claro: o Vasco pode quebrar de vez.

Eurico alega que a situação hoje é melhor do que quando reassumiu o time, no fim de 2014. É verdade. O endividamento foi reduzido de R$ 653 milhões naquele ano para R$ 517 milhões em 2016. Mas a razão precisa ser colocada em contexto.

A direção vascaína abateu R$ 113 milhões de sua dívida com o governo, via renegociação do Profut, graças a descontos em juros, multas e encargos. Não há dúvida de que a diminuição e o alongamento da dívida fiscal foram uma vitória. Isso destravou os pagamentos do patrocínio estatal da Caixa, que exige lisura nas obrigações com o governo para pôr o dinheiro na conta do clube. Só não dá para se apegar à redução de uma dívida de longo prazo para colar a versão de que as coisas melhoraram.

Por que o Vasco não fecha as portas? Fosse uma empresa comum, o clube entraria em um processo de recuperação judicial e teria seus bens leiloados para pagar os credores. Não é assim que funciona no futebol. Não há juiz que compre a briga de tomar São Januário e a sede vascaína numa canetada. Em vez disso, as receitas são penhoradas aos poucos para pagar os que chegam às últimas instâncias na Justiça.

O efeito disso é perverso. As bilheterias, os patrocínios e a TV mal chegam ao caixa do clube, que por sua vez vai atrás de empréstimos para honrar sua folha salarial. À torcida, resta assistir aos resultados em campo de um clube em estado de falência. Rebaixado em 2013 e 2015, o Vasco que se cuide em 2017.

(Marcondesbrito)

Go to Top