Esculhambar os outros por rede social e ficar por isso mesmo é coisa do passado. Agora, quem gostar de esculhambar os outros por rede social pode pagar caro pela atitude intempestiva.

Resultado de imagem para Guilherme beltrao esporte

Um torcedor do Sport está sendo processado por ter, segundo nossa fonte, caluniado o atual vice presidente de futebol do Sport, Guilherme Beltrão.

Diante da informação, procuramos na noite desta Quarta-feira(28) ouvir o advogado do dirigente Guilherme Beltrão, o Dr Thomas Aragão, que explicou toda a situação:

“Entramos com uma ação no dia 21 de fevereiro contra o torcedor, Rodrigo de Almeida Ribeiro, que por rede social declarou que Guilherme Beltrão cobrava comissão para contratar e vender atletas. Disse também que Guilherme só estaria voltando ao clube por dinheiro. Dentro dessa situação, o torcedor foi processado para que retire as acusações infundadas e indenize o demandante

Segue…

Quando vai custar ao bolso do torcedor?

Dr Thomas Aragão – Esse valor será estipulado pelo juiz. Quero deixar claro que qualquer valor que seja definido pelo juiz, será integralmente doado ao hospital do câncer a pedido do nosso cliente.

Como está o processo nesse momento ?

– O juiz já deferiu a liminar para a retirada imediata das postagens inverídicas, e estamos aguardando a audiência dia 23 de Abril as 15h10.

Que lição fica para quem gosta de detonar nas redes sócias ?

– Como advogado eu aconselho a todos que critiquem com responsabilidade para a lei não pesar sobre você. Criticas são aceitáveis, agora, calunias e difamações não serão toleradas

CONFIRA:

Processo nº 0006872-91.2018.8.17.8201

DEMANDANTE: GUILHERME BELTRAO PEREIRA

DEMANDADO: RODRIGO DE ALMEIDA RIBEIRO

DECISÃO

R hoje.

Cuida-se de Pedido de Antecipação de Tutela de Mérito formulado por GUILHERME BELTRAO PEREIRA em desfavor de RODRIGO DE ALMEIDA RIBEIRO, objetivando, em síntese, a exclusão do perfil do demandado perante o TWITTER de publicações que reputa ofensivas.

Narra que é sócio e torcedor do Sport Club do Recife e que já fez parte da direção do clube, ocupando cargos de diretor e de vice-presidente. Afirma que, após aceitar o convite para ocupar o cargo de vice-presidente, com divulgação na mídia local, o demandado utilizou palavras ofensivas contra o autor em redes sociais, tais como “câncer” e “canalha”, bem como o acusou de cobrar comissão para contratar e vender atletas. Argumenta que tais publicações foram efetuadas na conta pessoal do demandado da rede social TWITTER, perfil @rodrigoar_pe, possuindo, desta feita, o poder de propagar a mensagem para inúmeras pessoas, o que macula a imagem do autor perante a sociedade, motivo pelo qual recorreu ao Judiciário.

A peça inicial veio instruída de documentos, dentre eles, as mensagens veiculadas no perfil do demandado na rede social TWITTER, expressamente se referindo ao autor como “BELTRÃO” (ids. 28391839 a 28391879).

Cumpre-se registrar que a opção da parte autora em ingressar com demanda no rito da Lei nº 9.099/95 impõe a fiel observância ao procedimento nela estatuído, que privilegia a conciliação, tanto que o Julgador somente atua na fase instrutória, inexistindo despacho inaugural.

Contudo, em caráter excepcional, e dependendo da situação fática trazida aos autos, pode o Juiz analisar o caso concreto antes da fase instrutória, haja vista a possibilidade de risco de lesão de difícil reparação. É o caso dos autos.

Desnecessário ressaltar, ainda, que a antecipação dos efeitos da tutela pode ser concedida in limine litis ou em qualquer fase do processo, inaudita altera parte ou depois da citação do réu. Pode ser concedida na sentença e depois dela.

Pois bem. In casu, vislumbram-se presentes os requisitos autorizadores da concessão da medida ora requerida, a saber: probabilidade do direito do autor e do perigo de dano, a fim de que sejam evitadas máculas à honra e à imagem do autor, ante a rápida propagação das mensagens publicadas em redes sociais.

A vista do exposto, fundada nos argumentos acima e no art. 300 do CPC, CONCEDO A TUTELA requerida para determinar que o demandado RODRIGO DE ALMEIDA RIBEIRO proceda, no prazo de 48 horas, a contar da notificação desta, com a exclusão das postagens contidas nos ids. 28391839 a 28391879, a que se referem ao autor sob a denominação “BELTRÃO”, em seu perfil @rodrigoar_pe, perante o TWITTER, sob pena de multa diária no valor de R$ 100,00.

Notifique-se. Após promovam-se os atos processuais necessários ao desenvolvimento válido e regular do processo.

Recife, 23 de fevereiro de 2018.

(Assinado Digitalmente)

NICOLE DE FARIA NEVES

Juíza de Direito

WA – Falamos com o torcedor, Rodrigo Ribeiro, que não quis se pronunciar. Rodrigo declarou apenas que vai esperar a citação da justiça para se defender.

mrelaxabuy ortho tri-cyclenarthritisbuy eye drops online