O Corinthians conseguiu na Justiça a penhora das cotas que o Náutico tem a receber em 2019 de Globo, CBF e Federação Pernambucana. Serão penhorados até R$ 2.823.611,80 em eventuais créditos que o clube de Recife tenha.

A decisão se refere a divida cobrada pelos alvinegros por conta do empréstimo do meia atacante Acosta em 2009.

Na última segunda (3), a juíza Ana Carolina Munhoz de Almeida, da 18ª Vara Cível de São Paulo, determinou que a Globo e suas subsidiárias depositem em conta vinculada ao processo valores a que o Náutico tem direito pela transmissão de jogos no ano que vem no Campeonato Pernambucano, no Brasileiro da Série C, Copa do Brasil e do Nordeste.

(UOL.COM)