O que aconteceu na noite desta Quarta-feira(30) na Ilha do Retiro foi uma vergonha para a arbitragem Brasileira. O árbitro carioca Wagner do Nascimento, só faltou chutar a bola contra o ótimo goleiro do Sport, Magrão.

Foto apenas Ilustrativa

Para quem não assistiu a partida Sport 3×2 Atlético-MG, o árbitro do jogo que vinha até apitando bem, acertadamente deu quatro minutos de acréscimos. Até aí tudo bem. O problema foi que o juiz só encerrou a partida aos 52 do segundo tempo, causando revolta geral dos torcedores.

Parecia a folclórica história da placa que subiu “ATÉ EMPATAR“. Foi uma vergonha!!

A placa “ATÉ EMPATAR” me faz lembrar uma história bastante engraçada que aconteceu com esse amigo de vocês.

Servimos o Exército no ano de 1991, no Tiro de Guerra da cidade de Vitória de Santo Antão. Durante o ano disputávamos várias peladas contra os cabos do quartel. Nosso time era muito bom e teve até dois soldados que viraram atletas profissionais. Já eu que não tinha muita habilidade nas pernas fui para o lado da crônica esportiva.

Na época o futebol de salão (Hoje Futsal) era nossa preferência. Determinado dia o nosso time estava vencendo os cabos com facilidade por 2×0. O combinado era o jogo ter dois tempos de 25 minutos. O olé no primeiro tempo foi grande.

Ao começar o segundo tempo, notamos o nosso tenente (Estava jogando contra nós) nervoso com o resultado, e já estava apelando nas pancadas no nosso time. Como o juiz era também um cabo, a nossa vida ficou difícil no jogo.

Não existia faltas para o time dos soldados, só se marcava faltas para o time dos cabos. Era pressão total.

A pelada ficou nervosa, e o jogo só acabou depois dos CINQUENTA minutos de jogo, só o 2º tempo. E só acabou porque os cabos cansaram.

O Placar?  

3×1 para o nosso time dos soldados.

Ao término da pelada, um soldado do nosso time soltou uma velha piada… “ÉA PLACA SUBIU ATÉ EMPATAR E NÃO CONSEGUIRAM” e todo mundo deu risada Já saindo da quadra.

O Tenente ouviu a piada, não gostou, e mandou todo nosso time pagar 30 flexões para aprender a ganhar calado, hehehe.

Nosso Tenente era (Já falecido) gente muito boa, e foi um cara inesquecível para todos nós.

Só farrapou no dia que subiu a placa “ATÉ EMPATAR” e não empatou.

mrelaxabuy ortho tri-cyclenarthritisbuy eye drops online