PELO BLOG DE JJ

O Brasileirinho completou as 12 rodadas programadas para antes da Copa do Mundo da Rússia, e com detalhes que devem ser discutidos e analisados.

A diferença entre o líder Flamengo e o 4ª colocado, o Internacional é de 5 pontos. Aumenta para 7 com relação ao 5º, Grêmio, 8 para o Palmeiras (6º) e Sport (7º), e de 9 para o Cruzeiro (8º). São distâncias bem razoáveis. Com relação aos outros membros do G4 e os do TOP 10, essas são reduzidas, desde que o 10º (Corinthians) para o Colorado (4º) é de 6 pontos.

Por outro lado a diferença do alvinegro de São Paulo para o Bahia, primeiro da zona da degola é de apenas 4 pontos, ou seja tem chances de subir, mas ao mesmo tempo poderá rolar a ladeira. Existe um nivelamento por baixo.

O rubro-negro da Gávea tem os melhores números que mostram uma solidificação da campanha.

É o melhor mandante, o melhor visitante, tem o segundo melhor ataque a e segunda melhor defesa. Contempla uma invencibilidade de 7 jogos seguidos, só perdendo para a surpresa da competição, o Internacional com uma sequência de 08 jogos.

Sem duvida uma campanha irretocável e que vai depender da janela de transferências para que seja mantida.

O Atlético-MG que deu um grande salto e hoje é vice-líder é um time ainda instável e se perder Roger Guedes terá um baque por esse ser a sua referência.

Dois clubes que foram poucos citados no inicio do campeonato, São Paulo (3º) e Internacional (4º) tiveram uma grande evolução. A maior queda foi a do Cruzeiro que era um dos favoritos e está na 8ª posição com 18 pontos, quatro a menos do que o Internacional, mas a sua performance no gramado não estimula um bom prognóstico. O seu ataque em 12 jogos marcou 8 gols e a defesa levou 7. Para um clube que deseja algo mais são números avassaladores.

O Grêmio que era o mais citado por nossas mídias, embora esteja bem colocado na 5ª posição, também tem um ataque inoperante para quem disputa o título (11 gols), mas a defesa é a menos vazada (5 gols).

Na parte mais baixa, dois clubes estão cada dia mais se afundando, o Ceará e o Atlético-PR. O time cearense é o único que não tem vitória. O rubro-negro do Paraná completou 4 rodadas sem sucesso. O Fluminense é outro que corre o perigo da degola, tendo completado 5 jogos sem vitórias e está com uma distância de dois pontos para o 17º (Bahia).

Com relação ao Sport, esse faz uma boa campanha com o grupo e a 7ª posição está do bom tamanho.

O rubro-negro leva uma boa vantagem para essa segunda etapa do campeonato, desde que do TOP 10 só não enfrentou o Flamengo e São Paulo, ou seja terá pela frente jogos com equipes que estão na segunda página da competição.

Ainda é muito cedo para os prognósticos das chances de titulo, mas os números do Flamengo estimam um percentual de 36,2%, contra 14,4% do Atlético-MG, 12,1% do São Paulo, 11,3% do Internacional, 5,3% do Grêmio, 4,0% do Palmeiras, 3,8% do Sport e 3,5% do Cruzeiro.

Serão 40 dias sem jogos e muita coisa poderá acontecer, mas o clube da Gávea é o favorito pelos números que vem apresentando.

mrelaxabuy ortho tri-cyclenarthritisbuy eye drops online