Pelo ecvitoria.com

Com o retorno dos laterais Caíque Sá e Juninho, o técnico Vagner Mancini relacionou 23 jogadores, que já estão concentrados, para a partida diante do Sport, neste feriado de 12 de outubro, dia de Nossa Senhora Aparecida, a padroeira do Brasil. O jogo no Barradão será às 17 horas.

O time rubro-negro vem de dois triunfos seguidos fora de casa nos últimos jogos, contra Atlético MG e Botafogo. Com 32 pontos, está numa posição intermediária na classificação e enfrentará um adversário que ocupa o Z-4, mas é uma equipe perigosa e com destaques individuais, como ressaltou o técnico Vagner Mancini.

Para este momento é importante que o time dê uma resposta boa para o torcedor. Será um jogo duro contra o Sport, um time rival do Vitória, um clássico nordestino, mas há a necessidade de o Vitória se impor dentro de casa”, analisou o treinador.

No primeiro turno, o Vitória venceu, por 3 x 1, na Ilha do Retiro, em Recife, mas ainda não era comandado por Mancini, que assumiu o time somente na 17ª rodada do Brasileirão.

 

RETORNAM

Os laterais Caíque Sá e Juninho, recuperados de lesões, estão de volta. Os dois se machucaram nas rodadas 23 e 24. Caíque sofreu lesão no adutor da coxa, no primeiro tempo contra o São Paulo, enquanto Juninho lesionou o ligamento colateral medial do joelho diante do Fluminense.

Já estou muito bem fisicamente, passei pela transição. Me recuperei rápido, graças a Deus”, disse Caíque em coletiva concedida esta semana.

Juninho, também entrevistado, comentou sobre o fato de o Vitória não estar sendo um bom mandante – venceu somente dois jogos em 13 disputados. “A gente tem o apoio do nosso torcedor. A gente tem que demonstrar que o Vitória é forte dentro de casa, como sempre foi”, comentou.

 

Para finalizar a preparação, os jogadores, inicialmente, participaram de uma roda de bobinho e atividades lúdicas com orientação do preparador físico Lucas Itaberaba, na manhã desta quarta-feira (11) no campo 1 do Centro de Treinamento Manoel Pontes Tanajura.

Em seguida, Mancini fez uma movimentação para repassar o posicionamento do time, e encerrou com o tradicional “dois toques”, que reservou muita emoção e disputa acirrada. Após o empate de 1 a 1 no tempo normal, a vitória do time com camisa cinza, liderado pelo capitão Wallace, foi definida no golden goal (gol de ouro) marcado de cabeça pelo zagueiro. Caíque Sá abriu o placar e o goleiro Gustavo empatou para o time com colete verde limão.

Kieza voltou a treinar separado, enquanto Willian Farias e Kanu seguiram o protocolo do departamento médico com tratamento.

RELACIONADOS

Caíque e Wallace Barato;
Caíque Sá, Patric, Geferson e Juninho;
Alan Santos, Fred, Ramon, Wallace, Bruno e René Santos;
Uillian Correia, José Welison e Fillipe Soutto;
Yago, Danilinho, Carlos Eduardo e Cleiton Xavier;
David, Neilton, Santiago Trellez e André Lima.