A primeira comissão disciplinar do TJD de Pernambuco julgou ontem(20) o caso do diretor de futebol do Náutico, Eduardo Henriques, que Domingo(16) após a derrota para o Sport por 3×2, criticou e acusou árbitros e a arbitragem de roubar o Náutico.

O resultado do julgamento suspendo Eduardo Henriques em 30 dias e uma multa aos cofres do clube Náutico de R$ 30.000,00 (Trinta mil reais).

Procuramos o diretor de futebol do Náutico que não quis dar declarações sobre a punição. O Náutico irá recorrer da punição sob a alegação que não foi notificado para preparar a defesa do dirigente.

Nos bastidores do Náutico também causou estranheza a rapidez que o TJD julgou e puniu o clube, e o dirigente. Segundo nossa fonte nunca se viu um fato acontecer num Domingo(16), e na Quinta(20) o caso já ser julgado.

TJD - Eduardo Henrique - Náutico - punição