Posts tagged Milton Cruz

FIGUEIRENSE – Confira a coletiva de apresentação de Milton Cruz

O ex técnico do Náutico, Milton Cruz, foi apresentado no Figueirense. O treinador vai comandar a equipe neste Sábado em Floripa diante do Goiás. Com 20 pontos e na zona de rebaixamento, o Figueira precisa vencer o Goiás para deixar o Z4 já nesta rodada.

Figueirense contrata ex técnico do Náutico

Milton Cruz é o novo técnico do Figueirense. O treinador foi anunciado oficialmente pelo clube após reunião realizada na noite desta segunda-feira (07) e a sua apresentação acontece já nesta terça-feira (08) após a entrevista coletiva com o novo CEO do Figueirense, Alexandre Bourgeois, ambas na sala de imprensa do Estádio Orlando Scarpelli.

Milton Cruz tem uma longa experiência no futebol já que atuou como atleta profissional entre os anos de 1978 e 1992 defendendo clubes brasileiros como o São Paulo, Internacional, Coritiba, Sport e Naútico além de outras de passagens pelo futebol internacional jogando também no Japão, México e Estados Unidos.

Após encerrar a carreira de jogador profissional, Milton Cruz trabalhou durante 17 anos como coordenador técnico do São Paulo Futebol Clube, fazendo história no clube paulista.

Milton Cruz está atualmente com 60 anos e é natural da cidade de Cubatão (SP).

(SiteOficial)

CAIU!! – Sem condições financeiras, Náutico acerta saída de técnico Milton Cruz

O Náutico confirmou por volta das 23h a saída de toda comissão técnica de Milton Cruz. A situação financeira do Náutico que no momento é grave com bloqueios de receita, terá que passar por ajustes para que o clube não continue atrasando salários.

Waldemar Lemos poderá ser confirmado como o novo técnico timbu.

Confira a nota oficial do Náutico:

O técnico Milton Cruz deixou o comando do Timbu na noite desde sábado, após uma reunião com a diretoria. As duas partes chegaram a um acordo devido a readequação financeira que o clube passará na temporada. O Nautico agradece ao treinador pelos serviços prestados e deseja sorte na sequência da carreira.

Milton Cruz chegou em fevereiro e comandou o Timbu em 12 partidas com cinco vitórias, quatro empates e três derrotas.
Comunicação CNC

NÁUTICO – Milton Cruz desabafa após vitória no clássico: “Comigo não tem essa de escolher adversário”

Após a vitória diante do Santa Cruz por 2×1 no Arruda, o técnico Milton Cruz fez um desabafo na coletiva. Nitidamente chateado com alguns comentários que o Náutico não iria se esforçar para vencer e decidir com o Sport, Milton mandou recado direto para todos.

O Náutico terminou em segundo colocado e vai enfrentar o Sport. O primeiro jogo será Domingo(16) na Ilha do Retiro.

Sou acostumado a não escolher adversário. Trabalhei no São Paulo, fui campeão do Mundo, e não estou aqui no Náutico para correr de adversário algum. O Náutico é time grande e vamos jogar para ganhar contra qualquer time” disse o treinador alvirrubro.

O meia Marco Antônio e o volante Darlan que estavam suspensos ficam a disposição de Milton Cruz.

NAUTICO – Milton Cruz confirma equipe sem o goleiro Tiago Cardoso

O Náutico não vai jogar com todos os titulares diante do Central nesta Quarta-feira(05) as 19h30 na Arena Pernambuco. O técnico Milton Cruz confirmou a equipe sem os titulares, João Ananias, Tiago Cardoso e Erick.

Confira parte da coletiva do treinador timbu.

Técnico do Náutico detona diretoria do São Paulo e diz porque recusou o Palmeiras

Não tem sido nada fácil para Milton Cruz digerir a sua saída do São Paulo em 2016. Hoje no comando do Náutico, ele revela detalhes da sua demissão no clube em que esteve por quase 23 anos.

Em entrevista ao Estadão, Milton se diz magoado pela forma como foi conduzida a situação pelo atual presidente Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco.

Foram quase 23 anos como funcionário, sem contar o tempo como jogador. Não digeri porque me demitiram em 30 segundos. Tenho uma história no clube. Não estava no São Paulo havia dois dias. Não foi legal do jeito que foi feito. Poderia me demitir, não tem problema, ele (Leco) pode escolher com quem trabalhar. Não aceitei e não aceito até hoje. Isso me magoou muito. Fiz muitas coisas pelo São Paulo. Ganhei títulos, conquistas importantes, Libertadores, Mundial, quatro Brasileiros… Ajudei na montagem do time campeão do mundo. Revelei jogadores, Kaká, Lucas, Hernanes, Breno, Tardelli, Rodrigo Caio… Fiquei muito magoado pela maneira que foi“, afirma Milton

Segundo ele, a decisão da diretoria na ocasião foi motivada exclusivamente por seu bom relacionamento com o empresário Abílio Diniz (opositor a Leco) e com o ex-presidente e já falecido Juvenal Juvêncio.

Foi ciúmes da minha relação com o Abílio, com o Juvenal… Sempre dava minha cara para bater quando o São Paulo precisava. Coloquei o time duas vezes na Libertadores. Foi vergonhoso o que fizeram comigo. Hoje saio na rua e todo mundo fala, são-paulino, corintiano, palmeirense, que foi uma sacanagem o que fizeram. Era só me chamar e agradecer. Não me chamar depois de um treino, do lado do campo e me mandar embora. Ainda mais um dirigente que ficou três dias no clube (Luiz Antônio da Cunha). O Leco não teve coragem de me demitir. Nem o Gustavo (Oliveira, ex-gerente) nem o Ataíde (Gil Guerreiro, ex-vice de futebol). O Leco estava sentado no banco, vendo o cara falar comigo. Nem o Bauza (que era o treinador) sabia. Cheguei no vestiário e ele já queria conversar sobre o treino do dia seguinte e eu falei que havia sido demitido. Foi desta maneira“, comenta.

Confira outros trechos da entrevista de Milton Cruz:

Vai processar o São Paulo?

Fiquei quase 23 anos no São Paulo e não entendo nada de legislação. Os meus advogados vão analisar se tudo foi pago corretamente. O que entendo é de futebol. Eles vão fazer uma revisão de todo o período que trabalhei no clube. Isso não é contra o São Paulo, sou muito grato por tudo que o clube me deu. Nunca vou esquecer. Estou fazendo isso pelas pessoas que estão lá no momento. Não tiveram dignidade na hora de me mandar embora.

Teve convite do Palmeiras?

Tive sondagem. Eles me queriam para o lugar do Alberto (Valentim, ex-auxiliar), com o Cuca. Mas achei que era muito cedo, tinha acabado de sair do São Paulo. Estava em um momento ruim.

Como é o lado Milton na função de treinador?

Tenho um pouco de cada. Não sou um treinador de um único esquema tático, procuro estudar o adversário. Sempre comentei com o Osorio que o bom treinador é o que sabe estudar o adversário, sabe escalar e sabe mexer. Procuro ver e neutralizar os pontos fortes. Tenho de colocar em campo um time equilibrado. Depois você vai avaliando suas ações, se vai colocar mais pra frente, mais pra trás. Aprendi muito com todos os treinadores com quem trabalhei e procurar usar isso.

Como é trabalhar em um clube que, diferentemente do São Paulo, não é possível contratar todos os jogadores que deseja?

Estou trabalhado com os jogadores que estavam aqui, não pedi ainda nenhuma contratação. A situação do Náutico é diferente do São Paulo. Você precisa analisar o mercado, encontrar jogadores baratos, que se encaixam no preço. Não é fácil. Estamos mapeando. Temos de contratar com os pés no chão, tentar reforçar o time para o Campeonato Brasileiro (da Série B). Eles esperam isso de mim, porque sou um cara que conhece o mercado.

É possível recolocar o Náutico na Série A?

O Náutico bateu na trave nos últimos dois anos. A Série B é muito complicada. Tem Inter, Goiás, Figueirense, Santa Cruz, Ceará… Vamos trabalhar para conseguir o acesso, são muitas equipes brigando por essas quatro vagas.

(MSN.COM)

NÁUTICO – Milton Cruz: “Merecemos vencer o clássico”

No terceiro jogo no comando do Náutico, o técnico Milton Cruz empatou dois e venceu o Sport na tarde deste Domingo na Arena Pernambuco.

NÁUTICO – Milton Cruz baixa pedida e volta a conversar para assumir o timbu

A saga alvirrubra em busca do substituto de Dado Cavalcanti não está sendo fácil nos bastidores do Náutico. Depois de muitos contatos se chegou ao nome de Milton Cruz (Ex assistente técnico de Muricy no São Paulo) que conversou com os dirigentes do clube mas não chegou a um acerto financeiro na primeira conversa.


Milton Cruz foi uma indicação de Muricy Ramalho ao Náutico

Na noite desta Sexta-feira(17) as partes voltaram a conversar, e segundo nosso passarinho informante, o treinador recuou um pouco na pedida inicial que foi de R$ 150 mil por mês. Neste Sábado(28) um novo contato foi marcado para um acerto final na contratação do treinador.

Milton Cruz tem 59 anos e como jogador defendeu as cores do Sport nas temporadas de 1985/86. Como assistente técnico ficou conhecido por passar 17 anos no São Paulo.

ATENÇÃO!!

Milton Cruz já tem passagem marcada para o Recife onde deve assinar contrato com o Náutico.

Go to Top