Posts tagged Eduardo Baptista

Eduardo Baptista é o novo treinador da Ponte Preta

Eduardo Baptista está de volta a Macaca. O treinador foi anunciado ontem(20) antes da partida Ponte 1×0 Sport pela Sul Americana no Moisés Lucarelli em Campinas.

Eduardo assistiu a partida e já começa nesta Quinta-feira(21) a arrumar o time para o Campeonato Brasileiro. A Ponte está na 15ª posição com 28 pontos e volta a jogar dia 24 de setembro diante da Chapecoense em Chapecó.

CAIU!! – Atlético-PR surpreende, demite Eduardo Baptista, e gerente Paulo Autuori pede demissão!

É sem dúvidas o clube mais estranho do futebol Brasileiro. O Atlético-PR surpreendeu a todos na manhã desta Segunda(10) e anunciou a demissão do técnico Eduardo Baptista.

Eduardo chegou em maio. Em 13 jogos, ganhou cinco, empatou três e perdeu cinco. A decisão da saída de Baptista foi pessoal do presidente do Conselho Deliberativo atleticano, Mario Celso Petraglia.

A medida desagradou Autuori e uma reunião no CT do Caju definiu a saída do ex-gerente, que não concordou com a  com a troca de Baptista no comando após 13 jogos.

CONFIRA A NOTA OFICIAL:

O Clube Atlético Paranaense informa que, em razão de divergências na implantação das metodologias e filosofia do Clube, o treinador Eduardo Baptista foi desligado do seu cargo na manhã desta segunda-feira (10).

Em decorrência deste fato, o manager Paulo Autuori solicitou seu desligamento do Clube. A Diretoria, a comissão técnica permanente e os atletas manifestam seu inconformismo com esta decisão e lamentam profundamente a saída deste profissional de extrema competência que estava engajado com o projeto do Clube.

O CAP agradece os serviços prestados por ambos os profissionais e deseja sucesso na sequência de suas carreiras.

Eduardo Baptista é o novo treinador do Atlético-PR

O presidente do Conselho Deliberativo do Clube, Mario Celso Petraglia, comunicou o novo modelo do Departamento de Futebol Profissional nesta terça-feira (23), em entrevista coletiva. O anúncio foi feito na Sala de Imprensa do Estádio Atlético Paranaense.

De acordo com planejamento estabelecido previamente, Paulo Autuori assume a função de manager. Já o comando técnico será ocupado por Eduardo Baptista.

CONFIRA!! – Primeira entrevista de Eduardo Baptista após saída do Palmeiras

NA ÍNTEGRA – Eduardo Baptista é o convidado de Andre Henning

O treinador falou pela primeira vez na televisão após sua demissão do Palmeiras e relembrou sua carreira, relação com seu pai, seu futuro e muito mais. Tudo isso você acompanha a partir de agora.

Palmeiras oficializa saída do técnico Eduardo Baptista

NOTA DO PALMEIRAS:

Após reunião realizada na noite desta quinta-feira (04), o Palmeiras oficializou a saída do técnico Eduardo Baptista. No Verdão desde dezembro de 2016, o profissional deixa o time palestrino depois de comandar a equipe no Campeonato Paulista e no início da Conmebol Libertadores Bridgestone.

No total, Eduardo Baptista comandou o Palmeiras em 23 oportunidades, somando 14 vitórias, quatro empates e cinco derrotas.

A Sociedade Esportiva Palmeiras agradece os serviços prestados pelo treinador, sempre com muita dedicação e comprometimento, e deseja sucesso na sequência de sua carreira.

O elenco do Verdão se reapresentará nesta sexta (05), às 10h00, na Academia de Futebol, com acesso liberado para a imprensa. Durante a atividade, o presidente Maurício Galiotte concederá entrevista coletiva.

CAMPANHA:

Anunciado em 16 de dezembro do ano passado, Eduardo comandou o Palmeiras em 23 jogos, com 14 vitórias, quatro empates e cinco derrotas – aproveitamento de 66,6%. Em casa, não foi derrotado: oito vitórias e dois empates.

Peñarol 2×3 Palmeiras – Verdão ganha na bola e na tapa, e Eduardo Baptista desabafa!!

CONFIRA A COLETIVA EMOCIONADA DE EDUARDO BAPTISTA!!

Eduardo Baptista já é cobrado no Palmeiras

Pelo Blog do Ari

A mídia paulistana já chegou à clara conclusão de que o treinador Eduardo Baptista não está à altura do comando do Palmeiras.

Seria uma avaliação precipitada? Seria prudente que se desse mais tempo para mostrar o seu trabalho?

Na prática não avaliaram por inteiro o perfil de Eduardo Baptista. Entre as aptidões cobradas de um treinador, pode-se dizer que ele se encaixa perfeitamente como bom gestor de grupo para clubes medianos. Foi assim na Ponte Preta

Precisava o Palmeiras de um bom gestor de elenco, ou de um comandante com adequada leitura de jogo para se virar em diferente alternativas?

Sim, Eduardo Baptista levou a Ponte Preta ao oitavo lugar do Campeonato Brasileiro. Todavia, aquilo que foi aplicado em Campinas não serve necessariamente de base para se adotar no Palmeiras.

ESTILO NA PONTE

Na Ponte ele montou uma forte malha de marcação a partir do meio de campo, e o time explorou adequadamente a velocidade nas jogadas ofensivas.

Contra adversários mais fracos, principalmente no Estádio Moisés Lucarelli, foi até possível afrouxar a marcação em busca da definição rápida pela vitória.

Não nos esqueçamos que ele mal avaliou a qualidade do atacante Potkker, reserva em parte significativa do Campeonato Brasileiro.

No Palmeiras, o repertório ofensivo é mais ousado, sem que isso reflita em prejuízo defensivo.

Desde os tempos de Ponte Preta, não fez parte do repertório ofensivo de Eduardo Baptista aquela jogada bem de fundo de campo, com cruzamento pra trás, visando encontrar o atacante de seu time de frente para o cabeceio, e em situação desconfortável aos defensores adversários.

Na Ponte, os laterais Nino Paraíba e Reinaldo ora faziam a diagonal na sequência das jogadas ofensivas, ora, da intermediária, cruzavam.

CONTRA O CORINTHIANS

Com um homem a menos ainda no primeiro tempo do dérbi paulistano, na quarta-feira, o Corinthians optou por fechar espaços da entrada de sua área. Assim, restou ao Palmeiras rodar a bola – até lentamente – de um prolongamento a outro da grande área, em busca de atalho que não encontrou, ou então os laterais fizeram o tradicional chuveirinho.

Cadê aquele cruzamento bem do fundão, rente a linha final de campo? Impossível realizá-lo se não foi treinado, como também não era nos tempos de Ponte Preta.

Como se vê, Eduardo Baptista ainda precisa amadurecer e se precipitou redondamente ao optar pelo passo maior de que a perna, na transferência a um grande clube.

Ele ainda não está talhado suficientemente para fazer sucesso em agremiações de ponta.

O problema é achar que sabe muito mais daquilo que de fato sabe. Quando isso acontece, cresce a possibilidade de não dar certo.

MULTA CONTRATUAL

Nessa história tem um detalhe que passa despercebida da maioria: Eduardo Baptista costuma formatar contrato de trabalho com inserção de cláusula que prevê multa alta.

Foi assim até na renovação de contratação com a Ponte Preta, clube que ele fez juras de amor. E havia se repetido no Fluminense, tanto que é que esperou ser mandado embora para o devido desligamento.

Portanto, se os resultados positivos não ocorrerem no Palmeiras, é natural que a pressão sobre o treinador seja intensificada por imprensa e torcida. Aí, provavelmente a diretoria cede. Cede com multa?

PALMEIRAS – Técnico Eduardo Baptista avisa: “Felipe Mello não é um jogador agressivo”

Confira a coletiva do técnico do Palmeiras, Eduardo Baptista. O treinador foi questionado pela imprensa sobre a entrevista do jogador polêmico Felipe Mello.

Bastidores da apresentação do técnico Eduardo Baptista no Palmeiras!

A TV Palmeiras/FAM traz os bastidores da apresentação do professor Eduardo Baptista.

coletiva completa:

Eduardo Baptista deve assinar por dois anos com o Palmeiras

A era Eduardo Baptista” está prestes a começar no Palmeiras. O clube deve anunciar até o fim desta semana um acordo válido por duas temporadas com o treinador. Será ele o responsável por dirigir o atual campeão brasileiro na Libertadores de 2017.

O acerto está apalavrado desde o dia 1º de dezembro. Como de costume, haverá uma multa rescisória prevista no vínculo – no Palmeiras, o valor costuma ser equivalente a no máximo três salários do técnico.

Baptista deve chegar à Academia de Futebol com só um auxiliar de sua confiança. Trata-se de Pedro Gama, seu fiel escudeiro no Sport, no Fluminense e na Ponte Preta, clube do qual a dupla se desligou antes da última rodada do Brasileirão.

Os dois se conheceram em 2012, quando Pedro era analista de desempenho e Eduardo Baptista ainda trabalhava como preparador físico do Sport. Eles assumiram as funções atuais em 2014, após a saída de Geninho, e seguiram juntos desde então.

A principal função de Pedro Gama é analisar e produzir relatórios sobre os adversários do time. Ele deve ser o responsável pelo “meio de campo” entre a comissão técnica e o departamento de análise de desempenho do Palmeiras, que foi fortalecido após a chegada de Alexandre Mattos e é cada vez mais valorizado.

Os primeiros dias de férias da dupla não estão sendo utilizados para descanso. Eduardo Baptista está fazendo um curso para treinadores na CBF, enquanto seu auxiliar viajou para a Espanha para acompanhar de perto os métodos de trabalho de Real Madrid e Atlético, rivais locais.

É possível que o Palmeiras ainda busque um novo auxiliar para sua comissão técnica fixa, função que Alberto Valentim ocupava desde 2014. Ele pediu demissão após receber uma proposta para ser treinador do Red Bull-SP no Paulistão. Cuquinha e Eudes Pedro, que chegaram com Cuca, saíram junto com ele.

Eduardo Baptista tem 46 anos e é filho do técnico Nelsinho Baptista, hoje no Vissel Kobe (JAP). Ao lado do pai, como preparador físico, ele teve experiências que o deixaram “calejado”. Estava no Santos em 2005, quando a histórica derrota por 7 a 1 para o Corinthians causou a demissão de Nelsinho. Em 2007, no próprio Corinthians, vivenciou a queda para a Segunda Divisão.

Como treinador, viveu bons momentos no Sport (campeão pernambucano e da Copa do Nordeste de 2014) e na Ponte (oitavo colocado no último Brasileiro). No Flu, não foi bem e durou poucos meses.

(Terra.com)

Online pharmacy is a ideal way to find a physician in your area who treats such soundness conditions. Nowadays the assortment you can purchase in the Web is in reality great. Have a question about Cialis and http://corpmoreinfo.com? This website provides you with some useful information on the benefits of medicines and how they are researched. There are variant medicaments for male impotency cure. Where you can get detail information about viagra substitute? The advice is simple, but it can make all the difference if you need data about kamagra. High blood stress can lead to erectile malfunction. Do not take more of Cialis or any other remedy than is recommended.

Go to Top