COPA BRASIL = Grêmio vence e clássico carioca termina zerado!

Começaram as semifinais da Copa do Brasil 2017. Na noite desta quarta-feira (16), os quatro times que brigam pela vaga na grande decisão entraram em campo no Rio de Janeiro e em Porto Alegre.

No Nilton Santos, Botafogo e Flamengo empataram em 0 a 0, enquanto o Grêmio venceu o Cruzeiro por 1 a 0, na Arena do Grêmio.

Sem gols no Rio de Janeiro

No Nilton Santos, o Botafogo criou as melhores chances diante do Flamengo no primeiro tempo da partida. O Rubro-Negro finalizou a primeira vez aos 16 minutos, com Réver, parado na defesa de Gatito Fernández. No lance seguinte, o Alvinegro respondeu com João Paulo, que finalizou por cima da meta do goleiro Muralha. O time da casa ficou mais tempo no campo de ataque e marcando bem os contra-ataques rubro-negros. O Flamengo voltou mais ofensivo para o segundo tempo e levou perigo aos 11 minutos, quando Diego cobrou falta no travessão. Depois, aos 22, Everton levantou a bola buscando o centro da área e viu Igor Rabello tocar para fora. Com os dois times eficientes na marcação, o placar não foi alterado até o apito final.

Com o resultado desta noite, qualquer empate com gols classifica o Botafogo no jogo de volta. Um novo 0 a 0 leva a decisão para os pênaltis. Quem vencer, avança. Os times voltam a jogar na próxima quarta-feira (23), às 21h45, no Maracanã.

Um gol m Porto Alegre

Na Arena do Grêmio, o time da casa foi mais ofensivo e garantiu a vitória por a 1 a 0. Só no primeiro tempo, o Tricolor Gaúcho arriscou dez vezes contra o gol do Cruzeiro, que finalizou com perigo apenas em uma oportunidade. Jogando com cautela, a Raposa só assustou aos 27 minutos, quando Lucas Silva arrancou pelo meio e tentou o chute, defendido tranquilamente por Marcelo Grohe. O Grêmio, depois de muitas chances, abriu o placar aos 45. Pedro Rocha tocou para Luan pela esquerda, e Fábio defendeu o chute do camisa 7. Na sobra, Lucas Barrios não desperdiçou: 1 a 0. Na volta do intervalo, o Cruzeiro assustou logo no início, com Diogo Barbosa obrigando Grohe a espalmar para escanteio. Depois, o time da casa seguiu dominando a partida e administrando o resultado. Aos 48, a Raposa ainda teve chance do empate com Raniel, parado em boa defesa do camisa 1 gremista.

Os times voltam a se enfrentar na próxima quarta-feira (23), às 21h45, no Mineirão. Para avançar direto, o Cruzeiro precisa de dois gols de diferença. Se devolver o placar de hoje, leva a decisão para os pênaltis. Já o Grêmio joga pelo empate e por derrota por gol de diferença – desde que marque – para se classificar à final.

ideal-essays.combuying essay papers online