SÉRIE C

SÉRIE C – Salgueiro recebe o Cuiabá no sertão!

Há quatro pontos do G-4 do Grupo A, o Salgueiro entra em campo, neste domingo (21), para reencontrar o caminho das vitórias no Campeonato Brasileiro da Série C.

Com duas derrotas, nos últimos dois jogos, o Carcará recebe o Cuiabá, às 16h, no Estádio Cornélio de Barros. O time pernambucano está na 7ª posição, com 16 pontos, três a mais que seu adversário do final de semana.

Para o duelo contra a equipe mato-grossense, o treinador Evandro Guimarães terá duas baixas no time titular. Os zagueiros Rogério e Ranieri estão suspensos e não poderão entrar em campo. Os possíveis substitutos são Luis Eduardo e Maurício que, pela primeira vez, devem formar a dupla de zaga do time na Série C.

Mas se Evandro não poderá contar com seus principais zagueiros, ele terá um reforço importante para o jogo deste domingo (21). O meio campo Cássio Ortega, que cumpriu suspensão na última rodada, está apto e deve ser titular.

(FPF-PE)

Melhores Momentos – ABC 1×0 América/RN

Pela primeira rodada do segundo turno da série C no Frasqueirão, o ABC derrotou o América por 1×0, gol de Jones Carioca.

GOLS!! – Salgueiro 1×1 Fortaleza

SÉRIE C

O Salgueiro empatou em 1×1 com o Fortaleza na noite deste domingo (26). O tricolor saiu na frente com um gol do atacante Anselmo, mas Luiz Paulo impediu a vitória do Leão.

CAIU!! – Remo empata em casa e técnico Marcelo Veiga entrega o cargo!

SÉRIE C – Antes mesmo de comunicar oficialmente para a diretoria do Remo, Marcelo Veiga anunciou sua saída do comando técnico aos jornalistas após o empate contra o ABC em 1×1.

O resultado deixou o Remo, momentaneamente, na terceira posição, com nove pontos, mas a torcida continua na bronca com o elenco, já que o clube não vence em casa há três meses, a última vitória foi sobre o Nacional-AM pela Copa Verde, e acumula o terceiro jogo sem vencer como mandante nesta Série C. O ABC permanece na sexta posição, agora com seis pontos, e sai satisfeito com o único ponto conquistado longe de Natal.

A decisão do treinador foi tomada por conta da ausência de vitórias em casa e, consequentemente, da pressão do torcedor, que vaiou o comandante azulino após o apito final.

Com Marcelo Veiga foram 13 jogos, apenas três vitórias, com mais cinco empates e cinco derrotas. O baixo aproveitamento, aliado ao estilo de jogo com a insistência na escalação de alguns atletas, despertaram o descontentamento do torcedor azulino. Esta é a segunda passagem de treinador sem sucesso por Belém.

(Globo.com)