Seleção Brasileira

AMISTOSO – Brasil vence Japão por 3×1

A Seleção Brasileira iniciou o ciclo de amistosos preparatórios para a Copa do Mundo FIFA Rússia 2018 com o pé direito.

Diante do Japão, na manhã desta sexta-feira (10), no Estádio Pierre-Mauroy, em Lille, na França, a Canarinho venceu por 3 a 1. Neymar, Marcelo e Gabriel Jesus marcaram os gols da Canarinho na partida. Makino descontou para os nipônicos.

O Brasil volta a campo na próxima terça-feira (14) para mais um amistoso. O adversário será a Inglaterra e a partida será disputada no Estádio Wembley, em Londres, capital do país anfitrião. A bola rola às 18h (de Brasília).

Seleção Brasileira escalada para pegar o Japão

Sem mistério, o técnico Tite revelou mais uma vez a escalação oficial da Seleção Brasileira na véspera de uma partida. Agora foi na coletiva de imprensa pós-treino desta quinta-feira (9), no Estádio Pierre Mauroy, que receberá o amistoso contra o Japão.

Créditos: Lucas Figueiredo/CBF

O Brasil entrará em campo com mudanças em relação ao último jogo: Alisson, Danilo, Thiago Silva, Jemerson e Marcelo; Casemiro, Fernandinho e Giuliano; Willian, Gabriel Jesus e Neymar.

Danilo terá a oportunidade de iniciar uma partida como titular pela primeira vez com o técnico Tite, enquanto Jemerson, por sua vez, começará jogando pela primeira vez com a Amarelinha.

Por outro lado, Tite também aproveitará para observar o meia Fernandinho em posição diferente da que vinha atuando na Seleção Brasileira e no seu clube, o Manchester City. Ao invés de primeiro homem no meio, ele jogará mais solto, num estilo mais parecido com o posicionamento do Renato Augusto nos últimos jogos.

Ele já fez essa função no passado, no início de sua carreira, e tem as características necessárias para isso. Vamos ver como ele se sai, sempre respeitando o estilo de cada jogador – explicou o técnico Tite.

Brasil e Japão se enfrentam nesta sexta-feira (10) em Lille. A bola rola no Estádio Pierre Mauroy às 13 horas (09 horas de Recife).

SANTA – Meio campista Jeremias: “Estou preparado e a disposição para Sábado”

O jovem meia Jeremias estreou com a camisa coral, na partida diante do Brasil de Pelotas, no Rio Grande do Sul. O atleta, agora, busca sequência e evolução. Não apenas para ele, mas para toda a equipe.

O Santa Cruz retorna aos gramados no próximo sábado, para enfrentar o Luverdense.

“Estava esperando essa oportunidade e ela apareceu. A estreia foi tranquila, o Marcelo avisou que eu ia jogar antes, trabalhamos taticamente e tudo ocorreu de uma forma natural. Agora é dar sequência ao trabalho. Não sei ainda sobre o time, não sei se serei titular. Mas estou preparado, tranquilo e trabalhando durante a semana. Se o Marcelo precisar, estarei à disposição”, afirmou o atleta.

Aos 20 anos, Jeremias já tem certa experiência no futebol. Passou pelas categorias de base do Porto/PE e do Atlético/PR. Atuou profissionalmente na equipe do Piauí, onde foi campeão estadual em 2017. Agora, está defendendo o Santa Cruz.

Comecei na base do Porto de Caruaru. Através da Copa São Paulo, tive a oportunidade de ir para o Atlético/PR, passei dois anos lá. Joguei profissionalmente pelo Piauí, fui campeão estadual e tive boa passagem. Acabou a Série D, vim para o Santa. Sempre sonhei em jogar em time grande. Quando eu jogava contra o Santa, imaginava vestindo a camisa do clube em dia. Batalhei muito no Porto e consegui chegar. Estou feliz e espero ajudar a tirar o Santa Cruz desta situação”, comentou.

Treino fechado

O elenco coral trabalhou taticamente, nesta quarta-feira, no Arruda. Mas o treinamento teve os portões fechados para jornalistas e torcedores. A intenção do técnico Marcelo Martelotte é de não revelar a equipe titular que está sendo formada para a decisão do sábado.

O jogo vale muito, então qualquer detalhe pode fazer toda a diferença. “No treino fechado, podemos focar melhor, trabalhar bastante os detalhes e, assim, poder entrar mais forte nos jogos”, avaliou Jeremias.

O Santa Cruz volta aos treinos nesta quinta-feira, em mais uma movimentação privada. (SiteOficial)

Coletiva com Jeremias. #SantaÉSuperação #VamoSanta #BaseCoral

Publicado por Santa Cruz Futebol Clube em Quarta-feira, 25 de outubro de 2017

UIA!! – Tite veta familiares na concentração da seleção brasileira para Copa 2018

A seleção brasileira ainda não tem oficializado o local da preparação para a Copa do Mundo, mesmo assim, já definiu algumas orientações em busca do hexacampeonato.

Tite admitiu que familiares podem ficar perto da seleção na campanha para hexa

Tite revelou nesta sexta-feira (20) que não permitirá familiares hospedados no mesmo hotel da equipe. Ainda assim, admitiu que o time pode receber visitas em momentos oportunos.

Tite inicialmente explicou que esse seria um assunto direcionado ao coordenador-técnico Edu Gaspar. Mesmo assim, não se furtou a responder a pergunta em entrevista coletiva realizada ao vivo no Facebook da CBF.

O momento do trabalho, é de privacidade. Ele é privacidade nossa enquanto equipe, ele é nosso enquanto local de trabalho, de uma forma direta nos campos, inclusive nas nossas acomodações. Ajustar para uma outra possibilidade dos familiares estarem próximos a quem quiser, aí é um outro fator, uma outra circunstância. No núcleo seleção brasileira, não”, disse o comandante.

Anteriormente, havia sido cogitada a possibilidade dos familiares se hospedarem no mesmo hotel dos jogadores. Apesar de novidade para os padrões verde-amarelos, a ‘concentração em família’ foi adota pela seleção holandesa no Rio de Janeiro (RJ) e a seleção alemã em Santo André (BA) para a Copa do Mundo de 2014.

Sóchi é um lugar que agrada à comissão técnica. Apesar de capital do Jogos Olímpicos de Inverno em 2014, a cidade é um balneário de altas temperaturas na época da Copa do Mundo e com um resort que ofereceria toda a infraestrutura para os 23 convocados. O Swissôtel conta com 200 quartos e, em tese, teria capacidade para abrigar também os familiares dos jogadores.

Os dois campos de treinamento, a uma distância a pé do hotel, já foram reformados. Segundo a imprensa local, a substituição de grama sintética por natural teria sido um pedido de Tite. A cidade está à beira do Mar Negro e a cerca de 1.600 quilômetros da capital Moscou, palco por exemplo, da final do Mundial.

A tendência ainda é que a seleção repita o planejamento feito já em 2014. Por aqui, o time ficou concentrado em Teresópolis e viajava apenas dois dias antes para o local do jogo. Nas palavras de Tite, ficou claro também que exageros como a interrupção de um treino para a gravação de matéria com o apresentador Luciano Huck e a superexposição com Bruna Marquezine, então namorada de Neymar, serão evitados.

Caso não feche com Sóchi, Kazan, também com perfil parecido, é outra cidade que agrada. Moscou e São Petesburgo já são centros maiores e que, nas palavras do próprio Edu, depois do time garantir vaga para o Mundial, correriam por fora.

Sochi é uma cidade muito legal. É uma cidade praiana, com clima legal, charmosa. Mas tem outras que estão aí, não é fácil fechar Sochi. Temos algumas boas opções também. Não podemos deixar de falar de São Petersburgo, que é muito interessante. Kazan é uma cidade que Tite gostou muito. Achou charmosa. Foram todos muito bons. Nosso primeiro objetivo são as condições de trabalho para os atletas. Isso é essencial, para depois começarmos a pensar na cidade, no clima”, disse Edu.

O treinador convocou nesta sexta 25 nomes para amistosos contra Japão e Inglaterra, em novembro deste ano. A partida contra os japoneses será realizada em Lille, na França. Já o duelo contra os ingleses está marcado para Wembley, em Londres. No ano que vem, a seleção tem amistosos contra Alemanha e Rússia antes da Copa do Mundo.

SELEÇÃO!! – Tite sobre convocação de Diego Souza e Diego Ribas: “Muita qualidade”

O técnico da seleção Brasileira, Tite, falou sobre a convocação nesta Sexta-feira(20), e fala sobre a volta de Diego Souza a seleção.

Tite anunciou nesta sexta-feira a lista de convocados para os dois últimos amistosos da Seleção Brasileira em 2017, contra Japão e Inglaterra. Os jogos vão acontecer no dia 10 de novembro, em Lille, na França (contra os japoneses), e 14 de novembro, no estádio de Wembley, em Londres.

OS 25 CONVOCADOS

Goleiros: Alisson (Roma),Cássio (Corinthians), Ederson (Manchester City)

Laterais: Daniel Alves (PSG), Danilo (Manchester City), Marcelo (Real Madrid),Alex Sandro (Juventus)

Zagueiros: Miranda (Inter de Milão), Marquinhos (PSG), Thiago Silva (PSG), Jemerson (Monaco)

Meias: Casemiro (Real Madrid),Diego (Flamengo),Fernandinho (Manchester City),Giuliano (Fenerbahçe),Paulinho (Barcelona),Philippe,Coutinho (Liverpool),Renato Augusto (Beijing Guoan),Willian (Chelsea)

Atacantes: Douglas Costa (Juventus), Diego Souza (Sport), Roberto Firmino (Liverpool),Gabriel Jesus (Manchester City),Neymar (PSG),Taison (Shakhtar)

Brasil fecha eliminatórias com vitória e elimina Chile da Copa

A seleção brasileira não tomou conhecimento do Chile nesta terça-feira (10/10), no Allianz Parque. Com boa atuação na etapa final, o time verde e amarelo fez 3 a 0 – com os dois gols em um intervalo de dois minutos – e tirou o adversário da próxima Copa do Mundo. Paulinho e Gabriel Jesus, duas vezes, fizeram os gols.

Tudo isso perante 41.008 pessoas presentes nas arquibancadas do estádio do Palmeiras, que recebeu nessa noite seu maior público e também a maior renda da história do futebol brasileiro: exatos R$ 15.118.391,02, superando os R$ 14.176.146,00 de Atlético-MG x Olimpia, pela decisão da Copa Libertadores 2013.

O resultado desta terça deixou o Chile em sexto nas Eliminatórias Sul-Americanas. A equipe ficou com 26 pontos, atrás do Peru, que teve maior saldo de gols. Os peruanos ficaram no empate com a Colômbia em casa e se classificaram à repescagem em busca de vaga no Mundial.

O Brasil, por sua vez, fechou as Eliminatórias com 41 pontos e vai se dedicar apenas à preparação para a Copa do Mundo. No dia 10 de novembro, o time do técnico Tite faz amistoso com o Japão, na França. Quatro dias depois, enfrenta a Inglaterra, em Londres.

PAREDÃO!! – Brasil esbarra em goleiro Boliviano

Os mais de 3.600m de altitude de La Paz não diminuíram o ímpeto da seleção brasileira de Tite. Com o pé no acelerador durante a maior parte do jogo, o Brasil bombardeou a Bolívia, mas acabou esbarrando na defesa adversária e não conseguiu sair de um empate por 0 a 0.

Com isso, o Brasil não conseguirá mais igualar a melhor campanha da história das eliminatórias, que seguirá nas mãos da Argentina, com 43 pontos antes da Copa de 2002.

Muito por conta do péssimo início, claro. Afinal de contas, com Tite, o Brasil somou 29 dos 38 pontos que tem agora. E isso em apenas 11 jogos – um aproveitamento incrível de quase 88%.

E, apesar do empate, a seleção mais uma vez deixou uma impressão bastante positiva nesta quinta-feira. Dominou a posse de bola e criou várias chances de gol, mesmo tendo a dificuldade de jogar na altitude, onde o ar é rarefeito.

Foram pelo menos seis chances cara a cara com o goleiro Lampe. Em nenhuma delas, porém, os atacantes brasileiros conseguiram levar a melhor. A Bolívia até respondeu com uma bola que pegou no travessão e pingou perto da linha, mas não fez muito mais que isso.

A primeira grande chance brasileira veio aos 32 minutos do primeiro tempo. Gabriel Jesus ganhou a disputa na frente, e Neymar acabou ficando com a bola, cara a cara com o goleiro. Lampe, porém, se esticou todo para espalmar para escanteio.

Seis minutos depois, foi a vez de Gabriel Jesus receber um passe de letra de Paulinha e ficar de cara para o gol. O centroavante arriscou o chute, mas Lampe defendeu com o rosto.

Aos 42, a chance mais inacreditável. Paulinho, de novo, deu o passe perfeito. Neymar apareceu para ficar com a bola e, mesmo atrapalhado, driblar o goleiro. Na hora do chute, porém, Valverde salvou em cima da linha. A bola ainda voltou para Neymar, que arriscou mais um chute e de novo parou em Valverde em cima da linha.

O único grande susto brasileiro foi na última jogada do primeiro tempo, em chute de Bejarano que parou que pegou no travessão e bateu em cima da linha, mas acabou não entrando.

O Brasil aproveitou o intervalo para recarregar o gás. Literalmente. O time demorou cinco minuto a mais recuperando o fôlego em balões de oxigênio.

E a estratégia funcionou!

Logo no primeiro minuto, o goleiro Lampe já teve que trabalhar para salvar um desvio de Paulinho em cobrança de falta. Aos 8, Neymar tentou encobri-lo, mas não conseguiu. Cinco minutos depois, o confronto se repetiu e Lampe, de novo com o rosto, salvou mais uma vez.

A defesa mais impressionante, porém, veio aos 37 da etapa final. Após cruzamento de Neymar, Gabriel Jesus subiu sozinho de cabeça e mandou no canto, mas Lampe se esticou todo para salvar a Bolívia.

E mesmo quando ele não apareceu, contou com a sorte. Aos 41, Jesus teve outra chance de cabeça, sozinho dentro da área. Desta vez, porém, errou o alvo.

Para reencontrar a vitória, o Brasil volta a campo na terça-feira para enfrentar o Chile no Allianz Parque, em São Paulo.

Já a Bolívia, que não briga por mais nada e fechará a eliminatória na penúltima colocação, encerra sua participação cumprindo tabela enfrentando o Uruguai em Montevidéu.

CBF segue sem acordo para transmitir jogos da Seleção na TV

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) emitiu nota em seu site oficial para anunciar que concluiu o processo de concorrência para venda dos direitos de transmissão das partidas da seleção brasileira realizados em solo nacional entre novembro deste ano e dezembro de 2022, período em que o Brasil disputará dentro País amistosos e jogos válidos pelas Eliminatórias das Copas do Mundo de 2020 e 2024.

Após abrir no início deste mês o processo de licitação para comercializar os direitos de exibição dos confrontos da seleção, a entidade agora revelou “que não recebeu propostas oficiais nos termos do edital publicado” para firmar acordo com alguma emissora de tevê para a venda do denominado “Pacote A”, referente à transmissão com exclusividade em TV aberta, fechada, pay-per-view etc.

A CBF disse ter recebido “manifestações de interesse de múltiplas empresas” para venda deste tipo de pacote, mas reconheceu que não houve acordo com nenhuma delas e ainda confirmou que “agora avaliará as várias opções para comercialização do conteúdo integrante do Pacote A, podendo, inclusive, ser formatado um novo processo de concorrência em breve“.

O organismo que controla o futebol brasileiro, porém, confirmou que entrou em acordo com o Grupo Globo para venda do chamado “Pacote B”, correspondente aos direitos de transmissão dos jogos da seleção no País sem exclusividade, por meio de plataformas digitais. Ao anunciar este acordo, a entidade destacou que a proposta do Grupo Globo superou “de maneira significativa o valor mínimo estipulado“.

Quando abriu o processo de licitação, a CBF anunciou que comercializaria os jogos do time nacional para transmissão em TV aberta e fechada pelo valor mínimo de US$ 3,5 milhões (cerca de R$ 10,9 milhões na cotação atual) por partida. Já no outro pacote, voltado para as mídias digitais, o preço mínimo fixado foi de US$ 500 mil (aproximadamente R$ 1,56 milhão) por partida.

A Rede Globo ainda é tida como a emissora favorita para acertar acordo para exibição de jogos e amistosos da seleção dentro do Brasil neste período entre novembro deste ano e dezembro de 2022, mas ainda enfrenta problemas para adquirir estes direitos de TV depois da implementação do novo modelo de comercialização dos confrontos que passou a ser adotado pela CBF.

Agora, porém, a CBF voltou a se aproximar um pouco mais da emissora carioca ao acertar a venda de um de seus pacotes da seleção para o Grupo Globo. “Estamos felizes em anunciar este valioso acordo com o Grupo Globo acerca dos direitos digitais, não exclusivos, das partidas da seleção. Sem dúvida alguma, o Grupo Globo conta com enorme audiência nestas mídias e assegurará máxima exposição à seleção. Estamos igualmente orgulhosos em ter assumido o pioneirismo e concluído todo este exemplar e transparente processo de concorrência“, afirmou Marco Polo Del Nero, presidente da CBF, por meio da nota publicada no site oficial da entidade.

A CBF adotou o novo modelo de venda dos direitos de transmissão dos jogos da seleção brasileira em solo nacional em parceria com a Synergy Football AG, agência de marketing esportivo contratada para assessorar a entidade neste processo. Patrick Murphy, CEO desta agência, também comemorou, por sua vez, o acordo que o organismo conseguiu firmar com o Grupo Globo.

A seleção brasileira é uma das mais icônicas e autênticas equipes do mundo esportivo e estamos seguros de que o Grupo Globo produzirá uma excelente cobertura em suas plataformas digitais para todos os brasileiros“, afirmou o executivo.

(Correiodopovo.com)

HOJE TEM CONVOCAÇÃO!! – Tite convoca seleção as 11h

A lista da Seleção Brasileira para os jogos contra Bolívia e Chile, pelas Eliminatórias Sul-Americanas, será anunciada nesta sexta-feira(15), na sede da CBF, às 11 horas (horário de Brasília).

Tite comandando treino da seleção brasileira

Tite comandando treino da seleção brasileira

O técnico Tite fará sua penúltima convocação em 2017, e a última para o qualificatório da Copa de 2018, que terá as duas rodadas derradeiras nos dias 5 e 10 de outubro.

Na primeira jornada, a delegação brasileira vai a La Paz encarar a altitude e a Bolívia. Cinco dias depois, pega o Chile no Allianz Parque, estádio do Palmeiras, em São Paulo, às 21h45 (de Brasília), fechando a participação nas Eliminatórias.

No último compromisso, diante da Colômbia, fora de casa, o Brasil acabou perdendo os 100% de aproveitamento sob o comando de Tite no qualificatório, ficando no empate em um a um.

Em dez partidas, são nove triunfos e um empate, totalizando 37 pontos. A Seleção já está classificada para o Mundial e, inclusive, já tem a primeira posição garantida. O vice-líder Uruguai tem 27 e não pode alcançar a ponta da tabela.

Colômbia 1×1 Brasil – Resultado justo!

Com a liderança das Eliminatórias Sul-Americanas já garantida, a Seleção Brasileira voltou a campo nesta terça-feira (5) para duelar com a Colômbia, vice-líder.

Em Barranquilla, no Estádio Metropolitano Roberto Meléndez, o duelo entre os líderes terminou empatado em 1 a 1. O gol brasileiro foi marcado pelo atacante Willian, no último minuto do primeiro tempo.

Vindo de nove vitórias e um empate nas últimas 10 rodadas, a Seleção Brasileira continua liderando com muita folga. São 37 pontos conquistados em 16 partidas. O Brasil fecha a participação nas Eliminatórias contra a Bolívia e o Chile em outubro.

Go to Top