Santa Cruz

SANTA – Doriva elogiou postura tricolor: “Só faltou o gol”

Após o empate sem gols na Arena Pernambuco entre Santa Cruz e Sport Recife, pelo jogo de ida da Copa Sul-Americana, o técnico Doriva analisou positivamente a atuação da equipe coral e lamentou não ter vencido na sua estreia em clássicos em solo pernambucano.

Para o treinador, a falta de eficiência na finalização foi o maior vilão dos tricolores no duelo internacional inédito.

Gostaria de ter vencido a partida. A gente sabe que são jogos difíceis, mas a equipe teve um bom comportamento. Fomos agressivos e mantivemos a posse de bola. Acredito que tivemos um volume de jogo importante. A performance da equipe me agradou, pois conseguimos fazer um jogo equilibrado. Isso nos traz confiança. Óbvio que pecamos nas conclusões e só faltou o gol“, avaliou.

Mesmo elogiando a desenvoltura do time coral, Doriva cobrou uma melhor pontaria dos seus jogadores e admitiu que esse é um aspecto a ser melhorado para os próximos jogos. “Estamos no caminho certo, mas precisamos trabalhar a finalização para aproveitar melhor as chances criadas. Os gols é que vão nos dar a vitória. Mas em nível de performance, eu gostei“, declarou o técnico do Santa.

O segundo Clássico das Multidões válido pelo jogo da volta está marcado para o dia 31 de agosto (próxima quarta-feira), novamente na Arena Pernambuco, mas desta vez com o mando do Sport Recife. Em caso de um novo 0 a 0, a decisão vai para os pênaltis. Já qualquer empate com gols dá a vaga ao Santa Cruz.

EMPATE
Preferia falar de uma vitória, mas o resultado nos coloca dentro da eliminatória. Tem mais 90 minutos. O Sport tem uma boa equipe, qualificada e nos enfrentou com a força máxima. Se terminar 0 a 0 (o jogo da volta), vai para os pênaltis. Acho que é uma vantagem, se a gente fizer um, o Sport tem que fazer dois gols. O jogo está 0 a 0 e vai ser difícil da mesma forma. Vamos jogar para vencer e tentar passar de fase“, encerrou Doriva.

(CoralNET)