Santa Cruz

SANTA: Oliveira Canindé “O acesso é difícil, mas não é impossível”

A vitória no apagar das luzes por 1 x 0 sobre o Vasco da Gama/RJ, na Arena Pernambuco, tirou a pressão em cima dos jogadores, relacionada à greve, e manteve as esperanças do Santa Cruz subir de divisão no final do ano.

Em questão de invencibilidade os tricolores estão sorrindo à toa com os três pontos, até porque já são cinco jogos sem perder em São Lourenço da Mata/PE e também no Campeonato Brasileiro da Série B.

Aliviado e feliz pelo triunfo, Oliveira Canindé avaliou o desempenho da equipe durante toda a partida válida pela 30ª rodada da competição. Ele vislumbrou um bom rendimento, exaltando o conjunto no decorrer do embate. Além do mais, o comandante enalteceu a força da torcida e disse que o grupo mostrou bastante força, apesar da desconfiança dos torcedores.

O nosso grupo é excelente. Quando saio de casa, tenho prazer de trabalhar com esses atletas. A diretoria está de parabéns, pois temos um time excelente. Temos que honrar a tradição e mostrar força. O acontecimento da greve não abalaria o grupo, o lado bom foi que eles mostraram força. O conjunto prevaleceu e todos acreditaram. Os jogadores deixaram a torcida orgulhosa. Espero que eles continuem assim para a gente crescer ainda mais na competição. O acesso é difícil, mas não é impossível”, analisou.

SUBSTITUIÇÕES

Canindé explicou as alterações e revelou que o primeiro pensamento era colocar Pingo, mas o quesito decisão acabou pesando para que Cassiano fosse acionado. Novamente, o treinador destacou a imposição dos atletas e quer a mesma força do coletivo daqui pra frente.

O Flávio Caça-Rato teria que jogar como segundo atacante. Como ele não tem as características que estávamos precisando, não seria ideal colocá-lo. Estava mais para Pingo e fiquei na dúvida de Cassiano. A gente necessitava de velocidade e o Cassiano é mais forte na decisão. Nós acabamos sendo iluminados. Precisamos prevalecer com essa força, até porque o coletivo é que faz diferença. Às vezes preciso de um jogador que não está sendo nem relacionado. Eles mostraram brio e se superaram. Honramos a confiança do nosso torcedor”, comentou.

CEARÁ

A próxima batalha coral pela Série B será em Fortaleza/CE. O tricolor terá pela frente o Ceará/CE, que ocupa a 5ª colocação na tabela de classificação. Como de praxe, o técnico tricolor sempre tem a melhor expectativa, mesmo ciente das dificuldades que serão encontradas no estádio Castelão.

Penso jogo a jogo e temos que eliminar de um por um. Preciso de descanso para depois trabalhar o time. Vamos fazer a diferença em cima do nosso conjunto. Somos um grande clube do Nordeste e representamos uma grandiosa torcida. É necessário que nossa equipe seja sempre capaz e aguerrida. Precisamos honrar com nossos compromissos”, exaltou.

ELITE

Desde que chegou ao clube, Canindé sempre declarou que o objetivo era chegar ao G4 e consequentemente subir à Série A. Bastante confiante, o treinador exigiu a mesma determinação para os oito jogos restantes, já que agora a distância para o G4 é de sete pontos.

Cada jogo é uma oportunidade para crescer. Esse é o momento que sabemos quem é grande. Precisamos ter cacife para bancar os desafios. Vamos mostrar que temos capacidade para conquistar as vitórias. Nós somos parâmetro, até porque temos uma grande torcida. Se você atua no Santa, você joga em qualquer equipe. O importante é se impor”, declarou.

(Informações CoralNet)

SANTA: Dez anos que o tricolor não vence o Vasco!

Tricolores e alvinegros entram em campo no próximo sábado (18), às 16h10, na Arena Pernambuco. A partida é válida pela 30° rodada da Série B e será fundamental para o Santa Cruz decidir o seu futuro na competição e tentar alcançar a parte de cima da tabela.

No primeiro turno a equipe pernambucana foi goleada pelo Vasco por 4×1, na Arena Pantanal.

E o retrospecto não é dos melhores para o Mais Querido. Em 20 partidas disputadas na história dos clubes, o Santa Cruz conquistou apenas 3 vitórias. Foram 7 empates e 10 vitórias dos cruzmaltinos.

A última vitória do Santa foi há dez anos atrás, pela Copa do Brasil de 1994. 1×0, no Arruda. De lá pra cá foram 5 vitórias do Vasco e 3 empates. Um jejum de oito partidas.

(CoralNet)

SANTA: Tricolor já tem chapa de oposição definida

Depois de uma reunião nesta quarta a noite, a chapa de oposição do Santa Cruz foi confirmada.

Presidente: Thomaz Barbosa- empresário

Vice-presidente- Joaquim Bezerra- empresário (foto)

Presidente do Conselho- Jaime Cordeiro- advogado

Presidente Comissão Patrimonial- Victor Pessoa de Melo- empresário

Presidente do conselho fiscal- Bartolomeu Bueno.

O Blog do Torcedor conversou com o o candidato a presidente Thomaz Barbosa.

Para ele a prioridade vai ser a transparência no clube.

Temos que transformar o Santa Cruz num clube aberto, com as contas abertas para as pessoas que querem investir no clube. A transparência vai atrair novos investidores. Queremos renovação das pessoas e uma adequação do clube ao novo momento do futebol”, disse Thomaz Barbosa.

Thomaz Barbosa promete uma gestão diferente.

Esse desafio faz parte das pessoas que querem algo melhor, que não gostam de viver na mesmice. O Santa Cruz vive momentos de exaltação da mediocridade, de pensamento pequeno”, criticou.

Thomaz de Aquino Pereira Barbosa tem 41 anos e já trabalhou como diretor das divisões de base do Santa Cruz, entre 2011 e 2013.

A eleição do Santa Cruz vai ser realizada no dia 15 de dezembro.

(Blog do torcedor)

SANTA: Natan não joga contra o Vasco

O meia do Santa Cruz Natan não vai jogar contra o Vasco, sábado, na Arena Pernambuco. O jogador está com um desconforto muscular na coxa direita e vai desfalcar a equipe.

Natan vai passar por exames de imagem nesta quarta. Ele está sentindo um desconforto na parte posterior da coxa direita e não vai poder jogar contra o Vasco”, garantiu o médico do Santa Cruz, Gílson Rezende.

Natan ficou de fora do jogo contra a Ponte Preta no sábado por suspensão. E foi vetado do jogo contra o Bragantino por esse desconforto muscular.

Santa Cruz e Vasco se enfrentam sábado às 16h10, na Arena Pernambuco.

(Blog do torcedor)

SANTA: Oliveira Canindé “Vamos continuar em busca do G4″

Bastante feliz o técnico Oliveira Canindé destacou a dedicação da equipe na vitória diante do Bragantino na noite desta Terça-feira no Arruda por 2×1.

foto:@renatorbarros

Vamos continuar buscando nosso sonho que é chegar no G4. Nosso grupo procurou a vitória o tempo todo. Jogamos sem muito tempo de trabalho e conseguimos na base de muita conversa armar um bom esquema para ganhar a partida“.

Perguntado sobre os dois próximos jogos diante do Vasco na Arena e diante do Vila Nova(GO,) Oliveira respondeu “Eu nasci para isso. Gosto de jogar partidas difíceis e vou passar isso para os jogadores. Cada partida dessa será um degrau a mais em nossas vidas“.

Perguntado sobre jogar na Arena PE e não no Arruda diante do Vasco o técnico tricolor fez questão de destacar esse assunto… “Eu sinceramente não vejo a Arena Pernambuco como casa de adversário algum. A Arena é de Pernambuco ou não? Sei que o Náutico manda seus jogos lá mas não vejo dificuldades nisso“.

O tricolor do Arruda soma agora  42 pontos e fica a nove do G-4.

SANTA: Natan vetado e Keno é duvida para jogo diante do Bragantino

O Santa Cruz já tem dois problemas para o compromisso diante do Bragantino/SP, terça-feira (14), às 19h30, no Arruda. O zagueiro Everton Sena tomou o terceiro amarelo contra a Ponte Preta/SP e terá que cumprir suspensão. Tiago Costa foi advertido também com um amarelo durante o jogo em Campinas e após colocar a mão na bola no final do jogo, ele recebeu o segundo e consequentemente foi expulso.

A outra baixa pode ser o atacante Keno, que entrou na volta do intervalo, no Moisés Lucarelli, e após disputar a bola com Fernando Bob teve que ser substituído, devido a um provável problema no tendão.

Para o sistema defensivo, o técnico Oliveira Canindé pode promover a estreia do zagueiro Alemão, que foi liberado pela CBF para vestir a camisa coral. Além dele, Marllon e Leandro Souza são opções. Na lateral esquerda, Julinho deve ganhar a vaga, lembrando que Renatinho fazia essa função na equipe de Sérgio Guedes.

O treinador coral revelou que o desejo é colocar Alemão na titularidade, mas pregou cautela e elogiou os outros dois defensores do elenco. Ainda buscando conclusões, ele preferiu aguardar, fazendo questão da contribuição de todos quando forem acionados.

Nós vamos ver as condições de Alemão. A tendência é que seja ele. Se não der, nós temos Marllon e Leandro Souza. São bons valores e acredito neles. O mais importante é que todos joguem bem, quando a chance aparecer e dêem a sua contribuição. Independente de quem seja escolhido, o Santa Cruz precisa ser sempre um grupo”, destacou.

NATAN FORA:

O Departamento Médico informou que o meia se encontra com um cansaço muscular e não terá condições de jogo. Além dele, Tiago Costa e Everton Sena também não vão entrar em campo. Ambos estão suspensos.

Keno(foto) – que saiu de campo machucado na última rodada – não participou do treinamento, mas ainda não foi vetado. Será avaliado momentos antes da partida. O edema no pé direito do atleta melhorou bastante.

(Informações CoralNet)

SANTA: Tricolor terá desfalques diante do Bragantino

Oliveira Canindé terá dois desfalques por cartão amarelo para o confronto diante do Bragantino/SP, terça-feira (14), no Arruda. Everton Sena e Tiago Costa foram advertidos na partida contra a Ponte Preta/SP e terão que cumprir suspensão na próxima rodada.

Everton Sena(foto) teve motivos para comemorar e se chatear na partida contra a Ponte Preta. Foi dele o gol que abriu o placar no Moisés Lucarelli. De cabeça, após cruzamento de Tony. A última vez que o zagueiro havia balançado as redes foi no empate contra o Oeste/SP, em Itápolis.

Mas no lance seguinte ao gol, o Sena fez falta em Alexandro e, pela sequência, o árbitro decidiu aplicar cartão amarelo. Foi o terceiro do zagueiro que terá que cumprir suspensão contra o Bragantino/SP, no Arruda.

E no segundo tempo, Tiago Costa parou Cafu com falta e também foi advertido com cartão amarelo. E no final da partida o lateral colocou a mão na bola, recebeu o segundo cartão e foi expulso de campo.

Oliveira Canindé espera poder contar com o zagueiro Alemão, que ainda não foi relacionado por problemas burocráticos. Marllon e Leandro Souza também são opções para a vaga. Na lateral, Julinho e Renatinho são opções.

(CoralNet)

SANTA: Oliveira Canindé “Espero um grande jogo nesse Sábado”

Foram dois treinos, sob forte calor – e baixa umidade do ar – que o Santa Cruz fez os preparativos ontem e, nesta manhã de sexta-feira, em Campinas/SP, para pegar a Ponte Preta, 16h10, deste sábado, no Estádio Moisés Lucarelli.

Se ontem, os titulares do jogo passado realizaram apenas um regenerativo – demais, técnico -, nesta manhã, o técnico Oliveira Canindé fez um treina tático de posicionamento e Tony voltou à lateral-direita, após cumprir suspensão.

Finalizada a primeira parte do treino – realizado nos dois dias, em um dos campos da Fábrica 3M -, os jogadores corais concluíram os trabalhos da semana com o tradicional recreativo de 30 minutos.

CONFIRA A ENTREVISTA DO TÉCNICO TRICOLOR…

(JAMIL GOMES)

SANTA: Tiago Cardoso “”Enquanto houver pontos, temos que brigar”.

A onze jogos do final da Série B – por ter um jogo a menos -, o Santa Cruz ocupa a 10ª posição com 37 pontos ganhos, exatamente, 10 pontos a menos que o 4º colocado (Joinville/SC).

Tendo mais um desafio fora de casa, sábado (11), diante da líder, a Ponte Preta, o goleiro Tiago Cardoso fala sobre as chances corais de conseguir uma das quatro vagas que dão direito à Série A em 2015.

Para o Paredão Coral, o pensamento do elenco permanece o mesmo de quando iniciou a competição: brigar por uma das quatro vagas na Elite do futebol brasileiro no ano que vem, mesmo que o bloco do acesso esteja, neste momento, a dez pontos de distância.

Na opinião dele, enquanto houver pontos suficientes para alcançar o G4, o grupo Coral não vai medir esforços para chegar lá, por isso, o Paredão Coral encara cada jogo como a disputa pelo “pão de cada dia”.

A possibilidade de subir não é ilusória e a gente está aqui para trabalhar no dia a dia, nos jogos, afinal, é nossa função, é o nosso pão de cada dia que buscamos para levar para casa. Enquanto houver a oportunidade, a gente vai trabalhar com seriedade, com muita vontade por que, enquanto não acabar o campeonato, enquanto houver pontos para estar, lá em cima, temos que brigar“, disse Tiago Cardoso.

(JamilGomes)

SANTA: Tricolor terá que parar ataque do melhor mandante da série B

Fazer o dever de casa é uma das principais receitas para a conquista do acesso no final do ano. A Ponte Preta/SP, próximo adversário coral, tem seguido à risca quando atua como mandante.

No Moisés Lucarelli, os alvinegros venceram oito, empataram cinco e perderam apenas uma partida, em 14 jogos. Virando o lado da moeda para os números, a Macaca somou 29 pontos dos 42 disputados.

Além de ver todas as equipes abaixo na tabela, a Ponte Preta/SP está invicta há sete rodadas na Série B. Por sinal, uma coincidência acabou acontecendo, pois a única derrota da Macaca, dentro de casa, ocorreu antes da sequência avassaladora. Ou seja, na 21ª rodada a equipe paulista perdeu para o Atlético/GO por 4 x 3, em Campinas.

O técnico Oliveira Canindé terá que buscar alternativas para surpreender o fortíssimo adversário e, em caso de vitória, derrubar a invencibilidade de sete jogos da Ponte Preta/SP.

(DanielLima/CoralNet)