Santa Cruz

SANTA: Meia Natan poderá ser novidade na Copa do Brasil

A reapresentação Coral – após o retorno de Goiânia/GO -, aconteceu na tarde desta segunda-feira, no Estádio do Arruda. Os atletas foram para o campo e realizaram um trabalho tático, sem as presenças de Everton Sena e Renatinho (dores musculares) e Renan Fonseca (CK alto).

Na movimentação, Tiago Cardoso, Tony, Marllon, Leandro Souza e Julinho; Memo, Sandro Manoel, Danilo e Carlos Alberto; Léo Gamalho e Pingo formaram o time considerado titular que iniciou o treino.

Os laterais Zeca e Julinho, já treinaram normalmente, mas Zeca acabou dando voltas em torno do gramado na segunda parte dos trabalhos. Já o meia Natan está trabalhando normalmente com bola tendo, inclusive, entrado no time titular durante o treino.

A Diretoria Coral aguarda notificação do TJD, no tocante à suspensão preventiva do meia Raniel, por ter sido pego no exame antidoping, contra o Náutico – no Arruda – pelo Campeonato PE 2014.

Segundo o Diretor Jurídico advogado Eduardo Lopes, o clube só poderá falar sobre o assunto de posse da notificação oficial expedida pelo TJD.

Amanhã, às 15h30, acontece mais um treino e, em seguida, regime de concentração para a partida de quarta-feira, às 22h, no Arruda – de portões fechados -, contra o Botafogo/PB, válida pela 2ª Fase da Copa do Brasil.

(JamilGomes)

SANTA: Tricolor fez primeiro treino em Goiânia, nesta quinta-feira.

O CT do Atlético/GO foi o local do primeiro treino dos atletas do Santa Cruz que chegaram em Goiânia, no final da tarde de ontem.

No período da tarde, o técnico Sérgio Guedes comandou um trabalho tático, seguido de finalizações em dos três campos do CT do Dragão Goianiense.

Entre os titulares, no começo do treino, apenas uma mudança: a entrada de Wescley no vaga de Carlos Alberto – suspenso pelo 3º amarelo – e que já retornou para o Recife.

Na segunda parte dos trabalhos, outras mudanças foram feitas, mas o técnico Coral não confirmou – nem negou – a presença de Wescley com a 10 Coral, diante do Vila Nova/GO.

O atacante Flávio Caça-Rato chegou para integrar a delegação e já treinou, nesta tarde. Ao contrário, o meia Carlos Alberto, já retornou ao Recife, onde treinará amanhã, no Arruda.

Nesta sexta-feira, mais um treino no CT do Atlético/GO, às 8h30, seguido de concentração para a partida de sábado, às 16h20, no Estádio Serra Dourada, contra o Vila Nova/GO.

(JamilGomes)

SANTA: Barrado contra o Vasco, Flávio Caça Rato viajou para Goiânia

O meia Carlos Alberto tomou o terceiro cartão amarelo diante do Vasco da Gama/RJ, na 11° rodada da Série B, e não vai poder entrar em campo para encarar o Vila Nova/GO, no próximo sábado (19), no Serra Dourada, às 16h20.

Flávio Caça-Rato, que não foi sequer relacionado para o jogo diante do Vasco da Gama/RJ, por opção do técnico Sérgio Guedes, foi acionado e vai viajar para integrar delegação coral.

(CORALNET)

SANTA: Boa notícia para o técnico Sérgio Guedes no Arruda

Nesta quinta-feira (10) o nome do atacante Keno foi publicado no BID (Boletim Informativo Diário) junto à CBF e ele se encontra apto para entrar em campo.

A tendência é que o jogador viaje com o time para o Mato Grosso, onde o Santa Cruz enfrenta o Vasco/RJ, terça-feira (15), no retorno da Série B. Keno deve ser opção no banco de reservas.

(CoralNet)

Reservas vão bem e Santa Cruz goleia em jogo-treino

O Santa Cruz venceu o Barreiros-PE pelo placar de 6×1, nesta tarde, no Arruda, no último jogo-treino antes da reestreia da Série B, marcada para o próximo dia 15 onde enfrenta o Vasco na Arena Pantanal, em Cuiabá.

Com gols de Léo Gamalho, Pingo, Emerson Santos (duas vezes), Adilson e Julinho os tricolores venceram a equipe verde e branca que irá disputar a Série A-2 do Campeonato Pernambucano.

O gol do Barreiros foi marcado pelo meio campista Altenir, em bela cobrança de falta. Apesar do placar com folga, o Tricolor teve muitas dificuldades diante dos barreirenses e somente quando os reservas entraram, conseguiu construir a goleada de 6×1. As dificuldades ficaram nos primeiros 45 minutos, quando atuou com o time considerado titular pelo técnico Sérgio Guedes.

A formação inicial do Santa foi:Tiago Cardoso; Nininho, Renan Fonseca, Everton Sena e Renatinho; Sandro Manoel, Memo, Danilo Pires e Wescley; Pingo e Léo Gamalho.Nos primeiros minutos de jogo um domínio total do Santa mas pouca obetividade e chances claras de gol.

As jogadas saíam principalmente pelo lado esquerdo, com Renatinho, que contava com o apoio de Danilo Pires, mais deslocado para a esquerda no meio de campo. Aos poucos Wescley também foi aparecendo para armar as jogadas. O Barreiros, com um time repleto de jogadores abaixo dos 23 anos, foi tímido na criação e se preocupou mais em não tomar muitos gols no primeiro tempo, talvez tendo a Seleção Brasileira como exemplo.

Mas a estratégia durou pouco, isso porque Léo Gamalho não queria passar em branco diante dos quase 100 torcedores que foram ao amistoso no Arruda. Após ser derrubado na área pelo goleiro adversário, o artilheiro pegou a bola e cobrou a penalidade no seu canto direito para abrir o placar.

O primeiro tento parecia ser a abertura para a goleada, mas não foi isso que aconteceu de fato. Em uma bela cobrança de falta do meia Altenir, o Barreiros chegou ao empate. Antes do término dos 45 iniciais, Pingo aproveitou o cruzamento de Danilo Pires e colocou o Santa em vantagem novamente, 2×1.

No segundo tempo o técnico Sérgio Guedes trocou todo o time e viu resultado. O time passou a atuar com: Fred; Tony, Marlon, Leandro Souza e Julinho; Everton, Bileu, Emerson Santos; Adilson, Betinho e Kenon. As trocas surtiram efeito e os reservas mandaram bem, marcando mais quatro gols e não tomando nenhum. Emerson Santos foi o destaque ao marcar dois gols, o primeiro após cruzamento de Kenon, e o segundo entrando na área e tocando para as redes.

Adilson também marcou o dele assim como o lateral-esquerdo Julinho, que fechou o placar em 6×1. Agora o Tricolor se dedica apenas aos treinamentos até encarar o Vasco na próxima terça-feira na Arena Pantanal.

(Blog do torcedor)

Vasco e Santa Cruz será na Arena Pantanal, em Cuiabá na volta da série B

A partida entre Vasco e Santa Cruz, prevista para o dia 15 de julho, será mesmo disputada na Arena Pantanal, em Cuiabá. A informação foi confirmada oficialmente pela Secopa-MT. Será o primeiro jogo no estádio após o fim da Copa do Mundo.

O jogo poderá marcar a estreia do atacante Kleber Gladiador, principal reforço do Vasco para a sequência da Série B. Outra partida confirmada para a Arena Pantanal é Cuiabá x Paysandu, no dia 20 de julho, pela Série C.

A CBF deverá homologar a escolha nesta segunda-feira. Os ingressos para o jogo começarão a ser vendidos no dia 7 de julho, no ginásio Aecim Tocantins, em Cuiabá, das 9h às 18h.Vasco x Santa Cruz na Arena Pantanal, em Cuiabá.

(Outras informações no GE/PE)

Santa Cruz fará amistoso contra o Timbaúba no domingo(6)

O Santa Cruz irá realizar seu primeiro amistoso durante o recesso da Copa do Mundo. Os tricolores enfrentam o Timbaúba, no próximo domingo (6), às 15h, no Estádio Municipal Agamenon Magalhães, na cidade de Goiana.

A informação foi divulgada pelo site oficial do clube, na manhã desta terça (1º). Os ingressos para a partida serão comercializados por R$ 20,00 e R$ 15,00. Os torcedores do time Coral poderão adquirir os bilhetes no Arruda. Apenas 1200 entradas serão liberadas para a torcida, a capacidade total do estádio.

O amistoso faz parte da preparação da equipe para a volta do Campeonato Brasileiro da Série B. O primeiro time que o Santa Cruz vai enfrentar após o Mundial será o Vasco, no dia 15 de julho, em local ainda indefinido.

(LeiaJá.com)

Santa Cruz vence Vera Cruz em jogo treino no Arruda

Um jogo-treino – com 2 horas de duração – foi o trabalho do elenco Coral, nesta manhã de sábado, no Arruda. Ao final, o Santa Cruz venceu por 3×1.

Na verdade, foram dois tempos de 60 minutos – cada um – e dois times completos diferentes em cada hora de jogo.

No 1º tempo, de 60 minutos corridos, o time B Coral formou com Fred, Tony, Marllon, Leandro Souza e Julinho (Zeca); Everton Hora, Bileu, Emerson Santos; Keno, Betinho e Flávio Caça-Rato (Adilson).

Nesse 1º tempo, o Vera Cruz fez 1×0 e o Santa Cruz empatou com o atacante Keno – de cabeça -, após aproveitar rebote do goleiro em chute do atacante Betinho.

No 2º tempo, o time titular foi acionado – sem substituições – e jogou com Tiago Cardoso, Nininho, Everton Sena, Renan Fonseca e Renatinho; Memo, Sandro Manoel, Wescley e Carlos Alberto; Pingo e Léo Gamalho.

Mesmo em ritmo de treino, o time Coral teve amplo domínio e venceu por 2×0, com Carlos Alberto marcando os gols, sendo o primeiro, fruto de uma assistência do meia Wescley.

Ao final, agregando os placares, 3×1 para o Santa Cruz, depois de 2 horas de bola rolando, sob sol intenso, e com participação da torcida Coral.

DANILO PIRES: O volante Danilo Pires – como dores musculares – segue trabalhando à parte, por isso não foi acionado no jogo-treino desta manhã.

FOLGA: Encerrada a movimentação, os atletas foram liberados e ganham um domingo de folga, se reapresentam na segunda-feira (30), em dois períodos: 8h30 (Arruda) e 15h30 (Praia de Boa Viagem, Av. Boa Viagem, 3500 – em frente ao Edifício Portugal).

(JamilGomes)

O placar era o menos cobrado pelo treinador coral no jogo-treino, neste sábado (28), no Arruda. Deixando os números de lado, os jogadores exploraram o máximo durante a partida, mostrando que a intenção era melhorar o condicionamento físico e entrosar a equipe para o retorno da Série B.

Além da vitória por 3 x 1 diante do Vera Cruz/PE, o técnico Sérgio Guedes ficou bastante satisfeito com o rendimento dos seus atletas durante o confronto. Segundo ele, todos entraram com espírito de entrega e interessados, mesmo sem valer os famosos três pontos.

No primeiro tempo, que durou cerca de 60 minutos, Guedes utilizou o time reserva e gostou do que viu, elogiando a intensidade de todo o grupo.

A nossa intenção era dar volume e ritmo de jogo. Foi bastante positivo e a equipe agradou. Estamos criando muito bem e com uma intensidade alta. A primeira parte do treino foi justamente para fazer uma análise mais profunda, pois vi alguns jogadores atuando com mais frequência. Ainda por cima, todo meu grupo entrou em campo muito interessado“, avaliou.

MEIO CAMPO:

Danilo Pires foi a única ausência do Mais Querido. O volante estava com problemas musculares e ficou de fora do jogo-treino. Wescley, recém-contratado, ganhou uma chance na equipe titular e desempenhou o seu papel muito bem. O meia foi fundamental nas criações das jogadas com Carlos Alberto, tanto é que serviu o seu companheiro em um dos gols marcados.

Mesmo satisfeito, o comandante tricolor afirmou que ainda falta um pouco de entrosamento. Apesar das adversidades, ele ressaltou que são boas opções para o futuro, lembrando da necessidade no decorrer da Segundona.

Ainda falta um pouco de entrosamento, mas ele se entendeu bem com o Carlos Alberto. São boas opções e tenho ótimas escolhas para fazer com o tempo. Fico satisfeito e comecei a enxergar muito mais deles“, exaltou.

RECÉM-CONTRATADOS:

Além de Wescley, o volante Bileu e o atacante Keno jogaram a primeira partida com a camisa coral. O últimos deles foi feliz e ainda conseguiu balançar as redes em sua estreia, marcando o gol de empate do Santa Cruz ainda no primeiro tempo. A expectativa de Sérgio Guedes é de dar a condição de titular para eles, mas lembrou que isso ocorrerá com o decorrer do tempo.

Eles entraram no contexto dos atletas e temos que usá-los aos poucos. A expectativa é de trazer uma condição de titularidade, pois eles têm grandes históricos e experiência na competição. Só falta se adequarem mais ao perfil do time. Precisamos de uma equipe forte para termos boas escolhas ao longo da Série B“, salientou.

SUBSTITUIÇÕES:

Perguntado sobre as alterações ainda na primeira parte, quando tirou Julinho e Flávio Caça-Rato para colocar Zeca e Adílson, Guedes disse que precisava ver a dupla atuando. Ele frisou que foi pouco tempo nas quatro linhas, mas já deu para vislumbrar algo neles.

Fiz as trocas, pois preciso conhecê-los jogando. Eles precisam ser usados nesta ocasião. Tiveram pouco tempo para apresentar algo, mas conseguiram equacionar da melhor forma. Gostei das entradas, mesmo sendo em um condição menor“, explicou

(CoralNet)

SANTA: Tricolor anuncia contratação de goleiro

O Coordenador de Futebol Sandro Barbosa confirmou a contratação do goleiro Alex Alves(foto, lado esquerdo), 27 anos, ex-Mogi Mirim/SP, como mais um reforço Coral para a Série B.

Alex Alves, Roni e Lucas Fonseca apresentam os uniformes do Mogi Mirim (Foto: Geraldo Bretanha/MogiMirim)

ALEX ALVES de Lima, nasceu em 8 de novembro de 1986 (27 anos), na cidade de Araçatuba/SP, mede 1,91m de altura e pesa 84 Kg.

Começou a carreira no Sertãozinho/SP (2007/8), passando ainda pelo Atlético/GO, Santa Cruz/RS (2009), Mogi Mirim/SP (2010), Trofense/POR (2010/11), Marília/SP e ABC/RN (2011), Mogi Mirim/SP (2012/13/14) e, agora, o Santa Cruz.

De acordo com Sandro Barbosa, o atleta tem chegada marcada para o começo da próxima semana, quando realizará os exames médicos e, então, assinar seu contrato com O Mais Querido para, oficializado como reforço, ser apresentado à Imprensa.

Alex Alves vem para se juntar a Tiago Cardoso, Fred e Cley Raguzoni e trabalhar sob os cuidados do Preparador de Goleiros Washington Araújo.

(JamilGomes)

SANTA: Tricolor contrata ex zagueiro do Sport/Santa, Adriano para comissão técnica

Após quase de anos, o ex-zagueiro Coral, Adriano Teixeira, está de volta ao José do Rego Maciel, mas para dividir a função de Auxiliar-técnico com o atual Everaldo Pierroti.

Adriano foi a surpresa no treino, desta tarde, já que subiu para o gramado, devidamente uniformizado com o material da Comissão Técnica e acompanhou o treino, ao lado do também Auxiliar-tpecnico Everaldo Pierroti.

Para quem não lembra, Adriano – hoje com 43 anos – foi atleta Coral, entre os anos de 2005 e 2007. Estreou na zaga Coral na partida, contra o Náutico, no Arruda, em 5 de novembro de 2005, quando o Santa Cruz venceu o Timbu (1×0), pelo Quadrangular Final da Série B 2005.

Naquele ano, Adriano foi um dos integrantes do elenco que recolocou o Santa Cruz na Série A do Campeonato Brasileiro. Durante o tempo que foi atleta Coral, Adriano fez 66 jogos com a camisa dO Mais Querido, atuando entre 2005 e 2007. Marcou 2 gols com a camisa do Terror do Nordeste.

A última partida, como atleta da Cobra Coral, foi em 24 de novembro de 2007, no Arruda, na derrota para o Coritiba/PR (3×2) – Campeão Brasileiro da Série B na ocasião.

Agora, passados quase dez anos, Adriano Teixeira regressa ao Arruda para continuar a carreira que ensaiou, de modo improvisado, em 2007, porém, no presente, o objetivo como auxiliar-técnico da casa é claro: contribuir para recolocar o Santa Cruz na Série A, como o fez – em 2005 – quando era atleta das três cores e ascendeu à Série A.

Eu e o Sandro Barbosa, vínhamos conversando e, se não estou aqui há mais tempo, foi por conta de algumas coisas que não deram certo, mas agora, deram e estou para ajudar. Sou mais um e acredito que o Santa Cruz vive um momento de crescimento e tem tudo para voltar à Série A, sob o comando competente de Sérgio Guedes e com o bom trabalho de toda Diretoria do clube“, disse Adriano Teixeira.

(Jamil Gomes)