Futebol Pernambucano

Um modelo para destruir o futebol…

Pelo Blog de José Joaquim

A 2ª Divisão do futebol de Pernambuco será iniciada no próximo dia 17, que definirá apenas um clube que irá disputar a Divisão maior em 2018.

Trata-se de um modelo altamente destruidor, não pelo rebaixamento, mas pelo formato, quando começa no final da temporada, e o clube classificado não terá tempo para se preparar para um uma jornada mais dura e desequilibrada.

Se tiver um estádio necessitando de reformas, essas não poderão ser feitas, e surgirão algumas gambiarras.

Um campeonato como esse com dificuldades para os disputantes teria que começar a ser discutido durante o mês de abril para que as vistorias dos estádios pudessem ser realizadas, as analises sobre os clubes discutidas, e o seu início em julho, com jogos aos domingos, reduzindo as despesas dos clubes.

Tudo foi feito de forma invertida, as vistorias procedidas de forma açodada, e a maioria desses campos não seria aprovada por conta das estruturas superadas.

Futebol é coisa séria e para quem entende do riscado, desde que a entidade local trata a sua Segunda Divisão como um patinho feio, e com a obrigação de realizar um campeonato.

Os filiados passam um período de nove meses na espera de uma competição, a terão, mas sem dúvida será preparatória para os seus enterros.

Isso é o futebol de Pernambuco.

FPF apresenta relatório de pesquisa com o torcedor

O presidente da Federação Pernambucana de Futebol (FPF), Evandro Carvalho, apresentou nesta sexta-feira (1º), na sede da entidade, o relatório com a pesquisa de campo e online realizada pelas empresas Exatta e Pronto Tecnologia.

Compuseram a mesa o presidente Evandro Carvalho, o diretor da Pronto Tecnologia, Diego Mello, o diretor do Instituto Exatta, Tonico Araújo, o diretor da Makplan, José Nivaldo, o presidente da Associação dos Cronistas Desportivos de Pernambuco (ADCP), André Luiz, e o jornalista esportivo Lenivaldo Aragão.

Presidentes e representantes dos 10 clubes participantes do Pernambucano 2018 também acompanharam a coletiva e a apresentação dos resultados.

O site Voz do Torcedor ficou um mês no ar colhendo sugestões sobre o campeonato e contou com a participação de mais de 4 mil torcedores, que opinaram sobre a fórmula do próximo Estadual, além de destacarem os motivos que os fariam voltar a frequentar os estádios de futebol.

Os torcedores ficaram divididos quanto a preferência do próximo campeonato. Quando perguntados sobre pontos corridos ou mata-mata 47,13% ficaram com a primeira opção, enquanto 52,87 escolheram a segunda.

A maior parte dos torcedores pediram que a primeira fase do mata-mata seja com quatro grupos e a próxima fase composta com semifinais e finais. O resultado da pesquisa também apontou quais seriam os motivos que voltariam a levar o torcedor de volta aos estádios. A grande maioria – 66,73% informou que uma maior segurança era o item fundamental. Na segunda posição ficou a construção de uma nova fórmula para o campeonato com 57,03%, seguida de ingressos mais baratos com 41,68%.

No final da coletiva, o presidente Evandro Carvalho marcou para o próximo dia 11 de setembro a primeira reunião do Conselho Arbitral com os clubes da Série A1.

NÁUTICO X SANTA – FPF apresenta Taça Gena

A taça em homenagem ao centenário do Clássico das Emoções entre Náutico e Santa Cruz já está na Federação Pernambucana de Futebol (FPF).

img

Este ano, o homenageado será o ex-lateral-direito Genival Costa de Barros Lima (Gena), atleta que conquistou vários títulos pelos clubes citados e teve participação no hexa do Náutico e no Penta do Santa Cruz.

O troféu será entregue no próximo dia 04 de novembro, quando as equipes entram em campo e fazem o último jogo do ano pelo Campeonato Brasileiro da Série B. O formato de disputa será o mesmo do ano passado, quando o Sport e o Santa Cruz disputaram a Taça Givanildo Oliveira.

Será feita a soma da pontuação de todos os clássicos ocorridos no Pernambucano A1, Copa do Nordeste, Copa do Brasil e Brasileiro da Série B. A equipe que terminar com a pontuação na frente terá o direito a taça. Em caso de empate, a FPF instituiu os seguintes critérios de desempate: a) maior número de gols, b) maior saldo de gols, c) menor número de cartão vermelho.

Gena conquistou 10 títulos de campeão Pernambucano entre os anos de 1963 a 1973. Participou do Hexa do Náutico (1963 a 1968), nas campanhas de 1964, 1965, 1966, 1967, e 1968, e em 1970 ajudou o Santa Cruz na batalha do Penta (1969 a 1973), tendo dado a sua contribuição nas campanhas de 1970, 1971 e 1973.

FPF abre inscrição para o Sub-15 e Sub-17

A Diretoria de Competições da Federação Pernambucana de Futebol (FPF) estará recebendo, nesta sexta-feira (25), às 16h, representantes dos clubes profissionais e amadores das categorias Sub-15 e Sub-17 interessados em participar da competição.

img

Para fazer a inscrição o clube deverá entregar um expediente na sede da Federação Pernambucana de Futebol (FPF), na Rua Dom Bosco, 871, Boa Vista, dirigido ao presidente da entidade Evandro Carvalho.

No documento deverá conter o local para a realização das partidas, dia e horário, a autorização da utilização do equipamento (Quando não for proprietário).

É importante salientar que a inscrição não implica na participação do time na competição. Os critérios da participação são exclusivos da DCO-FPF.

No ofício deverá constar o e-mail e o telefone de contato do clube participante.

(FPF-PE)

FESTA – Estádio Grito da República recebe jogo com a presença de Ricardo Rocha

Partida promete movimentar Olinda no final de semana.

O Estádio Grito da República irá receber neste sábado (26), às 14h, o Jogo da Amizade – partida beneficente com a participação de ex-jogadores da Seleção Brasileira e do tetracampeão Mundial Ricardo Rocha.

O jogo faz parte de uma ação social encabeçada pelo ex-zagueiro da Seleção Brasileira e pelo Secretário Executivo de Esportes de Olinda, Chiquinho.

Será a primeira vez que o Grito da República receberá um evento deste porte, que entrará no calendário oficial do município. “No início do ano recebemos um jogo amistoso do Santa Cruz em que a entrada era 1kg de alimento, mas esse será o primeiro jogo beneficente realizado pela prefeitura de Olinda” destacou Chiquinho.

O objetivo da partida é arrecadar alimentos não perecíveis (exceto sal) que serão destinados posteriormente para instituições de caridade do município. Cada ingresso poderá ser trocado por 1kg de alimento.

Todo final de ano nós fazíamos essa pelada nesse mesmo local, onde atualmente está localizado o Grito da República, mas aí a gente parou de fazer. Todo ano Ricardo ia, na época ele era referência – tetracampeão do mundo, mas a gente deu uma parada e agora surgiu a oportunidade e vamos fazer novamente”, disse o secretário Executivo de Esportes de Olinda.

Além de Ricardo Rocha, a partida beneficente contará com a presença de vários nomes que fizeram história no mundo da bola como os do ex-lateral Pimentel, ex Vasco, Valber ex-São Paulo e Seleção, Beto ex-Flamengo e Seleção, Sorato ex-Vasco e Seleção, Alex ex-Vasco e Santa Cruz, Zé do Carmo ex-Santa Cruz e Seleção, Chiquinho ex-Sport, Sandro ex-Sport e Santa Cruz, Flavio Caça Rato ex-Santa Cruz, Russo ex-Sport, e Carlinhos Bala, ex- Santa Cruz e Sport, Kuki, ex-Náutico e Lupércio, prefeito de Olinda, que irá compor o time de Chiquinho.

O tetracampeão Mundial ficará no comando da Seleção Carioca, enquanto Nereu Pinheiro ficará no comando da Seleção Pernambucana. O ex-árbitro e atual comentarista de arbitragem da Rede Globo, Wilson Souza, será o árbitro do jogo.

(Fernanda Durão)

TJD vota, e por unanimidade resultado da final do Pernambucano está mantido

Em julgamento realizado na noite desta Terça-feira no TJD de Pernambuco, o tribunal considerou por unanimidade que o resultado do campo, Salgueiro 0x1 Sport, está mantido.

O advogado do goleiro Luciano do Salgueiro tentou anular a partida alegando erro de direito da arbitragem, ao anular gol do time sertanejo. O Sport será agora homologado campeão estadual 2017.

EXCLUSIVO!! – Sem medo. Ex-chefe da arbitragem de PE detona verdades da sua gestão: “Tem muito árbitro e dirigente irresponsável em PE”

Uma das entrevistas mais polêmicas e sinceras que já fiz nos meus 27 anos de crônica esportiva em Pernambuco. Durante quarenta minutos fiquei cara a cara com o ex chefe da arbitragem de Pernambuco, Salmo Valentim.

Durante quarenta minutos fiz perguntas fortes e polêmicas, e ele não correu de nenhuma resposta. Salmo Valentim me surpreendeu pela coragem de assumir erros, de mostrar quais foram os erros graves da arbitragem em sua gestão, e faz criticas duras a dirigentes e árbitros que ele mesmo comandou.

Uma entrevista polêmica que dividimos em quatro partes. Neste Sábado vamos mostrar a primeira parte onde ele fala da sua saída e da entrada de Emerson Sobral.

“Aqui em Pernambuco tem dirigentes irresponsáveis e tem muito arbitro que se acha maior que Deus” CONFIRA!!!

A segunda polêmica parte será exibida neste Sábado(15) após o clássico Náutico x Santa Cruz neste Blog.

Grupo com 7 times do pernambucano se reúnem para propor melhorias em Estadual 2018

Um grupo formado por sete clubes da primeira divisão do Campeonato Pernambucano se reuniram nesta terça-feira (11) para propor melhorias no Estadual em 2018.

Visando maior visibilidade para a competição, as sugestões serão apresentadas à Federação Pernambucana de Futebol.

Confira detalhes do encontro no vídeo.

ESTADUAL – Ouça a entrevista com Mariano Sá, advogado responsável pela ação que pode anular final do PE 2017

Por Darlando Barros

Recebi no nosso programa no último sábado(08/07) na Rádio Asa Branca AM, o advogado Mariano Sá, que falou de sua trajetória profissional, e sobre o caso impetrado pelo goleiro Luciano do Salgueiro, pedindo a anulação da segunda partida da Final do Campeonato Pernambucano 2017.

FPF é exemplo no Brasil de investimento na segurança do torcedor

Mais uma vez o país iniciou a semana em estado de choque, após eventos violentos envolvendo torcedores. Desta vez, a barbárie acabou prejudicando não só o espetáculo, que é a partida de futebol, mas também ceifou a vida de uma pessoa.

img

 O jogo em questão foi realizado no último sábado. Vasco e Flamengo disputavam partida válida pela 12ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série A. Após o fim do jogo, começou um verdadeiro cenário de guerra que foi transmitido para todo o Brasil.

Casos como esses, não envolvem apenas torcidas rivais, mas também torcedores do mesmo time que revoltados com o desempenho do próprio clube acabam provocando grandes confusões dentro e fora dos estádios. Esse tipo de acontecimento violento teima em retornar as manchetes esportivas como um apêndice do caderno policial entre os placares da rodada.

Neste ambiente no qual os verdadeiros torcedores cada vez mais se afastam dos estádios por medo, e dirigentes de clubes e federações buscam alternativas para enfrentar o desafio de tornar o futebol brasileiro novamente um acontecimento focado na paz e no lazer, a Federação Pernambucana de Futebol (FPF) resolveu olhar para o celeiro de boas ideias que o estado possui – o polo de tecnologia do Recife.

Dessa forma, a FPF em parceria com a startup Mooh! Tech, que possui trabalho focado em pesquisa e desenvolvimento de soluções para Smart Cities (Cidades Inteligentes), lançou o aplicativo Torcedor Alerta, inspirado no Sempre Alerta, plataforma de comunicação e gestão de efetivos focada no conceito de segurança preditiva e participativa, no qual os cidadãos agem como fonte de informação para órgãos públicos que em posse desses dados, podem realizar ações com maior assertividade e uso racional dos efetivos em campo. (Policiais, agentes, viaturas, drones, etc).

A Federação Pernambucana de Futebol percebeu nesse projeto uma oportunidade de aproximar o torcedor dos estádios e colocá-lo como mais um agente da segurança, onde o torcedor pode realizar denúncias em tempo real dentro e fora dos estádios, utilizando e implementando o módulo “Torcedor Alerta” dentro da plataforma “Sempre Alerta”. Através de fotos, áudio, vídeo e texto, o torcedor pode fazer a sua parte, ajudando na identificação de vândalos, agressores e demais indivíduos que estejam praticando atividades criminosas.

O presidente da FPF, Evandro Carvalho, lembra que o episódio que ocorreu em São Januário, no último sábado, poderia ter um dano menor ou até mesmo ser evitado. “Mais uma vez presenciamos cenas lamentáveis de violência em um estádio de futebol. Confusões que acabam vitimando pessoas inocentes que só saíram de casa em busca de lazer e diversão. Por isso, a importância de investimento em tecnologia da segurança. É importante que a população se sinta segura e protegida quando for para um estádio de futebol. Estamos trabalhando diariamente para acabar com a violência em dias de jogos em Pernambuco.”, destacou o mandatário.

Atualmente, o Torcedor Alerta é um sucesso mesmo em sua primeira versão. Operando oficialmente desde o dia 17 de maio, na primeira partida da final da Copa do Nordeste 2017 entre Sport x Bahia. Nesse dia, na presença de representantes da CBF e Ministério dos Esportes, foram recebidos chamados correspondentes a arrastões nas regiões próximas, promovidos por torcedores. Com a presença de representantes da SDS na central de comando, foi possível ter com precisão imagens, relato do acontecimento e toda a garantia de rápido atendimento a ocorrência.

A FPF ao buscar soluções novas para o combate à violência, também fomentou a indústria de inovação que já é marca registrada da capital pernambucana, seja através de investimentos em segurança e tecnologia que já ultrapassam os 3 dígitos e somam aproximadamente a cifra de meio milhão de reais, ou no caso do Torcedor Alerta, a captação de patrocinadores que apoiam a iniciativa custeando a manutenção das operações do módulo da startup Mooh!. Seja com o trabalho junto às forças de segurança, já reconhecido nacionalmente e que coloca Pernambuco com um dos menores índices de ocorrências de violência em estádios nos últimos anos.

Com o intuito de levar o melhor da tecnologia no futebol para o restante do país, a FPF procura replicar as experiências positivas em todos os estados brasileiros, buscando aproximar o verdadeiro torcedor e conscientizá-lo de que ele é peça chave para o sucesso de qualquer esforço pela paz nos estádios, isso fica claro com a adoção de uma ferramenta que presa pela participação popular e fomenta o cuidado do cidadão com o seu próximo.

Como o slogan do módulo diz, “Você Faz o Espetáculo Mais Bonito”. Do Brasil para o Mundo Devido ao apoio dado pela FPF, hoje a ferramenta já é procurada por clubes do futebol europeu para implantação em seus estádios, assim como a implantação da plataforma completa em cidades da Espanha, França, Nigéria.

No Brasil, a cidade de São Paulo está em fase final das tratativas legais para adoção da plataforma Sempre Alerta para a Guarda Civil Metropolitana.

Sobre o Sempre Alerta: Disponibilidade: Android e iOS Como Usar: Para usar o Torcedor Alerta, o torcedor deve baixar o Sempre Alerta, assim que estiver dentro do raio do estádio (geralmente 2km ao redor do estádio), o ícone do Torcedor Alerta fica ativo na tela, neste momento ele poderá realizar suas denúncias e chamados sempre que necessário. O sistema é totalmente sigiloso.

Atualmente o módulo está funcionando apenas em partidas nos estádios da capital pernambucana, mas já existem negociações para implantação pela Federação Paulista de Futebol, pendente ainda de adesão de patrocinadores para custeio operacional. Atualização em breve A mooh! Tech informou que até o fim do mês será lançada uma atualização da plataforma, com nova interface mais amigável ao usuário e novas funções.

Números Atualizados

● 18.487 Downloads

● 254 Ocorrências Atendidas

● 18 Jogos Realizados

(fpf.com)

Go to Top