Futebol Pernambucano

PROPOSTAS – Conheça os valores das negociações de Grafite x Santa, e Lisca x Ceará

Atacante Grafite no Santa Cruz ?
Ceará fez proposta para o técnico do Náutico, Lisca ?

Esses foram os dois assuntos mais comentados de Sexta-feira(26) até essa segunda(29) pelos torcedores Pernambucanos do Náutico e Santa Cruz. Foi especulação para tudo quanto é lado no mercado da bola.

Acionamos nossos passarinhos para descobrir os valores corretos dessas possiveis transações no futebol de Pernambuco e do Nordeste.

Ceará x Lisca –

É VERDADE!

Sem treinador desde a demissão de Silas, o Ceará ofereceu ao técnico do Náutico um salário de R$ 70 mil + Apartamento e um carro a disposição de Lisca.

O treinador Timbu foi procurado pelo mesmo empresário (Jorge Machado) que vendeu 50% dos direitos federativos do atacante Marinho para o Cruzeiro. Jorge Machado foi quem trouxe Lisca em 2014 para o timbu.

Lisca recebe atualmente no Náutico um salário em torno de R$ 30 mil (Incluindo o débito do passado). A diretoria alvirrubra desde Domingo(28) que vem tentando conversar com o treinador para resolver toda a situação.

Só que tem um detalhe: Lisca se encontra em Porto Alegre, em uma viagem surpresa que só foi comunicada a diretoria pelo treinador, após a partida em Natal.

Consultamos um alvirrubro influente (Pediu para não ser identificado) que respondeu sobre a situação de Lisca…

Tenho certeza que com um reajuste, e uma boa conversa, ele vai continuar com o projeto do Náutico“.

* Santa Cruz x Grafite –

É VERDADE!

Terminando contrato com o clube árabe  Al-Ahli , o atacante Grafite de 36 anos recebeu uma proposta simplesmente irrecusável dos tricolores. R$ 1 milhão e 100 mil por 6 meses de contrato.

Fechando com o Santa Cruz, Grafite receberá R$ 600 Mil na mão, referente a um adiantamento de 3 meses de salário (O dinheiro já foi levantando por alguns tricolores e será depositado na conta assim do OK do atleta) e os outros R$ 500 mil serão pagos com a participação do jogador na venda de camisas e percentual nas rendas do clube.

Outro projeto também do presidente Alírio Moraes, é alavancar a campanha de sócios do clube, para 15 mil sócios em dia. Grafite será apresentado em um evento que deverá ser realizado no estádio Ademir Cunha em Paulista.

Outra informação que recebemos, é que Grafite provavelmente não encerre a carreira no final do ano. O jogador tem uma proposta do empresário Ronaldo Fenômeno para jogar em 2016 nos EUA.

Nossos agradecimentos aos competentes passarinhos que acompanham nosso blog, e o nosso trabalho no dia a dia.

WA- Qual a opinião de vocês sobre essas propostas ??

FPF comemora 100 anos nesta terça-feira

A Federação Pernambucana de Futebol (FPF) completa 100 anos de fundação nesta terça-feira (16). Para marcar a data, uma missa será celebrada, às 17h, na Capela do Bom Pastor CNBB Regional Nordeste 2, na Boa Vista. Após a celebração religiosa, será servido um coquetel para os convidados na sede da entidade.

Durante todos esses anos, 30 presidentes estiveram à frente da Federação, três deles por duas vezes. Artur Campelo (1918 e 1925); Renato Silveira (1928 e 1930) e Edgar Fernandes (1938 e 1941). Onze deles não concluíram o mandato, renunciando ao cargo por motivos dos mais variados.

O primeiro presidente da instituição foi Aristheu Accioly Lins, em 1915. Em reunião realizada com os representantes dos clubes pernambucanos, o mandatário propôs o nome de Liga Sportiva Pernambucana, que foi aceito pelos participantes. Daí surgiu o primeiro nome da entidade máxima do futebol pernambucano – hoje, Federação Pernambucana de Futebol (FPF).

O período de gestão dos mandatos tiveram algumas modificações nesse período. Entre 1915 a 1931, os presidentes ficavam apenas um ano no cargo, passando daí em diante, para dois. Em 1988 a gestão foi ampliada para três anos e, posteriormente, em 1990, para quatro – com possibilidade de reeleição.

Alguns presidentes fizeram história no comando da entidade. Entre eles, Carlos Alberto Oliveira. O antigo gestor esteve na presidência da FPF por 16 anos, entre 1995 a 2011. Durante esse período, foi realizado um grande trabalho de interiorização do futebol profissional. Entre uma das conquistas de sua gestão, conseguiu fazer com que os jogos do campeonato Estadual fossem transmitidos pela Rede Globo Nordeste, fazendo, dessa forma, com que Pernambuco fosse o quarto estado brasileiro a ter seus jogos transmitidos em programação local, nacional e internacional. O então mandatário também revolucionou a arbitragem pernambucana, quando fez com que a Diretoria da instituição criasse um curso obrigatório de árbitros de futebol, na busca da capacitação do quadro Estadual.

Em setembro de 2011, após o falecimento de Carlos Alberto Oliveira, a FPF passou a ser comandada pelo antes 1º vice-presidente, Evandro Barros Carvalho. O atual mandatário integra a entidade desde 1985, tendo exercido a vice-presidência durante 16 anos. A gestão foi assumida no dia 02 de setembro de 2011.

(FPF-PE)

Projeto aprovado proíbe cigarros em estádios de futebol de Pernambuco

Com o desconhecimento até de alguns parlamentares sobre o que estava votando, a Assembleia Legislativa aprovou, nesta terça-feira (5), projeto de lei que proíbe o consumo e comercialização de cigarros e similares nos estádios de futebol de Pernambuco, exceto em dependências específicas que não sejam as arquibancadas, as sociais e as gerais das praças esportivas.

Além de restringir as duas práticas, o projeto determina que os clubes detentores ou responsáveis pelos estádios devem afixar cartazes visíveis ao público alertando aos torcedores: “São expressamente proibidos o consumo e comercialização de cigarros, cigarrilhas, charutos, cachimbos ou de qualquer outro produto fumígeno, derivado ou não do tabaco“.

Datada de 2013, de autoria do deputado Odacy Amorim (PT), membro da bancada evangélica, a proposta (n} 1606) foi desarquivada pela Mesa Diretora da Alepe, aprovada na Comissão de Constituição, Legislação e Justiça e aprovada, em primeira discussão, no plenário. Prática adotada há muito tempo na Assembleia, a ordem do dia – com os projetos – é colocada­ em votação “de carreirinha“, com a leitura das propostas uma a uma quase sem percepção do ouvido.

O projeto altera a lei estadual nº 12.578/2004 que estabeleceu normas suplementares à legislação federal sobre consumo de cigarros e similares em recintos fechados. A proposta amplia, agora, a proibição aos estádios e estabelece multas para os clubes e os fumantes que desrespeitarem a legislação. Na justificativa, o deputado Odacy Amorim diz que a medida visa a “prevenção à saúde, sobretudo, por se tratar de ambiente que estimula a prática de esportes e hábitos de vida saudáveis“. Alega, também, que o fumante passivo não fuma, mas está exposto à fumaça de cigarros dos fumantes.

(NE10)

CAIU!! Central demite técnico Laelson Lima

Após a goleada por 4×0 para a Santa Cruz no Arruda, a diretoria do Central demitiu o técnico Laelson Lima. Humberto Santos já foi anunciado como o novo treinador da Patativa.

Divulgada bola das finais do Pernambucano 2015

No ano em que a Federação Pernambucana de Futebol (FPF) completa 100 anos, a Penalty confeccionou uma bola especial para as semifinais e finais do Campeonato Pernambucano.

A Penalty Campo Pró S11 tem a logomarca do Centenário da FPF e terá o escudo dos clubes que disputarem a fase eliminatória. Faltam duas rodadas para o final do Hexagonal do Título, em que serão definidos os confrontos da semifinal.

A bola tem oito gomos e é confeccionada com PU Ultra 100%. Possui camada NeoGel, que a deixa mais macia e elástica. Ela é aprovada pela FIFA e mede 68 – 70 cm de diâmetro, com peso entre 420 – 445g.

FEDERAÇÃO:

Fundada em 16 de Junho de 1915, a Federação Pernambucana teve como primeiro presidente Aristeu Acioli Lins. Outros 29 já passaram no cargo até Evandro Carvalho, que está à frente da entidade desde 2011. Desde 1952, a FPF está localizada na Rua Dom Bosco, no prédio que se chama Palácio de Esportes Rubem Moreira, em homenagem a um dos grandes presidentes da história da entidade.

(FPF-PE)

Assembleia retoma debate sobre volta de bebidas nos estádios em Pernambuco

A Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe) retoma o debate sobre projeto de lei do deputado Antônio Moraes (PSDB) , proposta que visa liberar bebidas alcoólicas nos estádios de Pernambuco.

O projeto já levantou polêmica quando foi apresentado, em novembro do ano passado. Como ao final de cada legislatura as propostas são arquivadas, foi preciso desarquivar o projeto para dar prosseguimento à discussão.

Assim, o projeto já será distribuído e discutido nesta quarta (11) na Comissão de Saúde e Assistência Social da Alepe. Um projeto de lei tramita em várias comissões até ser aprovado. Neste caso específico, será um total de cinco comissões. Depois a medida segue para votação em plenário.

Entre as regras propostas no projeto, uma diz que “É autorizada a venda e o consumo de bebidas alcoólicas em bares, lanchonetes e congêneres destinados aos torcedores, bem como nos camarotes e espaços VIP dos estádios e arenas, sendo que a venda deve iniciar 02 (duas) horas antes de começar a partida.

A venda e o consumo de álcool nos estádios de Pernambuco são proibidos desde janeiro de 2009. A justificativa na época era de que havia relação direta entre a bebida e os casos de violência entre torcedores.

No caso do projeto de Antônio Moraes, o argumento é o perfeito oposto: que não há qualquer relação entre uma coisa e outra. “Além do mais, a própria Federação Internacional de Futebol – FIFA, não impõe quaisquer medidas restritivas à venda de bebidas alcoólicas nos grandes eventos esportivos sob sua responsabilidade, a exemplo das copas do mundo e das confederações”, escreve o deputado.

Ora, tendo em vista que o órgão internacional que cuida dos mais diversos eventos esportivos no planeta, inseriu no seu próprio regulamento uma cláusula de liberação da venda de bebidas alcoólicas nos estádios de futebol, então porque haveremos nós de proibir. Em razão desta realidade inconteste, entendemos que a venda de bebidas alcoólicas, nas dependências dos estádios de futebol, ginásios esportivos e estabelecimentos congêneres não trará nenhum mal para a paz social”, continua o parlamentar.

(JC Online.com)

Marcelinho PB “Não aceitei a proposta do Náutico. Devo jogar a série A”

Nesta Segunda-feira(02) o assunto nas redes sociais era a volta de Marcelinho PB ao futebol de Pernambuco. O Náutico teria feito uma proposta ao veterano meio campista, de 39 anos para a disputa do estadual 2015.

Procuramos o meia Marcelinho PB que atualmente está defendendo o Inter de Lages, de Santa Catarina. Aos 39 anos, e sendo pretendido pelo Criciúma (Série B) e pelo Figueirense (Série A), o meia, ex Sport, nos atendeu na manhã desta segunda para esclarecimentos dessa possível volta ao futebol Pernambucano.

Gentilmente Marcelinho PB bateu um bom papo, e revelou detalhes de seu futuro.

Tenho muitas saudades de Recife mas estou muito feliz por aqui. Fui procurado pelo empresário, Joca, para ver a possibilidade de jogar três meses pelo Náutico. Voltar para Recife para jogar três meses não me interessa” declarou Marcelinho PB que mostrou otimismo com a temporada 2015.

Tenho proposta oficial de um clube da série A, e acho que vou jogar o Brasileiro da 1ª divisão esse ano” disse o meia que preferiu não revelar o nome do clube.

O Inter de Lages está na sétima colocação no Catarinense com sete pontos, e tem como principal destaque, Marcelinho PB.

PE 2015: Resultados da 10ª rodada, classificação e os próximos jogos!

AMISTOSO: Definido o esquema de ingressos para Sport x Nacional

O amistoso entre Sport e Nacional, do Uruguai, na Arena Pernambuco, já tem o esquema de ingressos definido. As entradas variam de R$ 15 a R$ 120 (ver detalhamento abaixo). O jogo servirá como uma espécie de apresentação dos novos jogadores do Leão. O compromisso ocorre no dia 24 de janeiro, às 18h30.

unnamed

Além da carga de bilhetes à venda, o jogo terá o programa Todos com a Nota. Serão 15 mil ingressos à disposição para a torcida rubro-negra. Ao todo, serão 32 mil tickets para o torcedor.

Prime e camarotes – Além do preço especial para sócios e público geral, proprietários de cadeiras e camarotes na Ilha do Retiro também terão condições especiais para garantir ingresso na área premium da Arena Pernambuco. Os ingressos para o sócio proprietário de cadeira ou camarote na Ilha custam R$ 50. Já os camarotes, com capacidade para 20 pessoas e quatro vagas de estacionamento no subsolo, serão comercializados de forma avulsa pelo valor de R$ 2 mil.

(Blog do torcedor)

Carlinhos Bala poderá defender o América no Pernambucano

Querendo continuar fazendo jus a emblemática frase que declarou “eu sou o Rei de Pernambuco”, Carlinhos Bala é o novo reforço do América-PE.

A contratação foi confirmada pelo diretor de futebol do Mequinha, Osmundo Bezerra, que ressaltou que nesta segunda-feira (12), o jogador será apresentado oficialmente, na sede do clube.

Com passagens marcantes pelo Trio de Ferro do Estado – Santa Cruz, Sport e Náutico – e também pelo Centro Limoeirense, o incansável Bala, aos 35 anos, defenderá o quinto clube pernambucano.

Carlinhos Bala será apresentado Amanhã. Confirmamos isso e estamos muito feliz. A apresentação dele deverá ser na sede do clube. Vamos correr para fazer alguma coisa diferente”, disse eufórico o dirigente alviverde.

A pressa da diretoria do Mequinha em apresentar Carlinhos Bala não é por menos. O Campeonato Pernambucano já está na nona rodada – a seis partidas do término da fase –, e o América é último colocado. Apesar disso, Osmundo acredita que a chegada de Bala dará uma injeção de ânimo na equipe, que está a cinco pontos do Vera Cruz e Porto – vice-líderes. Os dois primeiros colocados conseguem a classificação para o Hexagonal do título, onde encontram Sport, Náutico, Santa Cruz e Salgueiro.

Acredito que Bala pode ser um diferencial nesta fase. Estamos aonde estamos (na lanterna), mas podemos chegar ao Hexagonal do título. Teremos mais seis jogos pela frente (a contar do jogo deste domingo, diante do Porto) e podemos conseguir essa classificação. Todos nós estamos muito animados e esperançosos”.

Na temporada passada, Carlinhos Bala defendeu o Fast Club e o Nacional, de Manaus. Sua passagem nos dois clubes, no entanto, foi muito discreta.

(Blog do torcedor)