Copa do Brasil

Sport 1×2 Aparecidense/GO – Acabou a era Falcão…

1.599 torcedores do Sport compareceram a Ilha do Retiro na noite desta Quinta-feira(28) com a esperança de ver o Sport passar a próxima fase da Copa do Brasil.

Mesmo com a desvantagem de dois gols, o clube da Ilha estava de olho na premiação de R$ 480 mil para passar da primeira fase. Cheio de reservas, mas com Diego Souza e ainda sob o comando do auxiliar de Falcão, Thiago Gomes, o time apresentou um verdadeiro desastre de futebol.

A derrota por 2×1 para a Aparecidense que já havia vencido em Goiás por 2×0, foi a gota d’água para os poucos torcedores xingarem os jogadores e o auxiliar de Falcão. Os laterais Maicon e Cristiano, o zagueiro Luís Gustavo e o fraco atacante Johnathan Goiano foram os alvos da galera.

Oswaldo de Oliveira assistiu o show de horrores do camarote do placar da Ilha e deve ter ficado assustado com tanta ruindade.

Os gols da partida foram marcados por Mateus e Claiton (Aparecidense) e Diego Souza descontou para o leão da Ilha, que está eliminado da Copa do Brasil.

HOJE – Sport x Aparecidense/GO: Leão precisa vencer por no mínimo dois gols para garantir a cota!!

Mesmo sem querer passar da 3ª fase da Copa do Brasil, o Leão quer passar dessa 1ª fase e garantir a cota de R$ 480 mil. Para isso, a missão não será fácil. O Sport com um time misto terá que golear por 3 gols de diferença para obter a classificação, ou vencer por 2×0 e decidir nos penais.

Diego Souza (Não inscrito no estadual) será a novidade da equipe no meio campo. Oswaldo de Oliveira já no Recife, apenas observará a partida. Thiago Gomes ainda comandará a equipe.

No 1º jogo, Aparecidense 2×0 Sport

FICHA TÉCNICA:
SPORT X APARECIDENSE-GO

28/04/16

COMPETIÇÃO: Copa do Brasil
LOCAL: Ilha do Retiro – HORÁRIO: 19H15

Árbitro Pablo Ramon Goncalves Pinheiro – RN (CBF-1)
Árbitro Assistente 1 Lorival Candido das Flores – RN (CBF-2)
Árbitro Assistente 2 Flavio Gomes Barroca – RN (CBF-1)
Quarto Árbitro José Woshington da Silva – PE (CBF-2)
Assessor Erich Bandeira – PE (ASS

SPORT: Magrão; Maicon, Matheus Ferraz, Luís Gustavo e Christianno; Ronaldo, Neto Moura, Diego Souza, Clayton e Everton Felipe; e Johnathan Goiano. Técnico Interino: Thiago Gomes.
APARECIDENSE: Busatto; Clayton Sales, Wallinson, Robson e Paulo César; Jeferson, Geovane, Foguinho e Washington; Careca e Robert. Técnico: Márcio Azevedo.

MELHORES MOMENTOS – Campinense/PB 0x0 Cruzeiro

COPA DO BRASIL

ELIMINADO – Ferroviária segura o Salgueiro e avança na Copa do Brasil

Dois jogos da Copa Brasil foram realizados às 20h30 desta quarta-feira (13). Em Pernambuco, mesmo jogando fora de casa, a Ferroviária empatou com o Salgueiro em 1 a 1 e ficou com a vaga na próxima fase da competição.

Já em Parnaíba, no Piauí, o Parnahyba venceu a Portuguesa-SP, de virada, por 2 a 1 e conquistou uma boa vantagem para o jogo da volta, em São Paulo.

Jogando pelo empate, após vencer por 1 a 0, no jogo de ida, em Araraquara (SP), a Ferroviária não quis saber de apenas se defender e abriu o placar do jogo de volta, em Pernambuco, aos 13 minutos, com Fernando Gabriel. O volante aproveitou confusão na área para fazer 1 a 0. Precisando de três gols para ficar com a vaga, o Salgueiro buscou o ataque, mas a Locomotiva conseguiu levar a vantagem para o intervalo. O Carcará chegou ao empate, aos 18 minutos, com Cássio Ortega. Apesar de um jogador a mais, após a expulsão de Renan, o Salgueiro não conseguiu a virada. Com o empate, a Ferroviária ficou com a vaga na próxima fase e, agora, terá o Fluminense pela frente.

A Portuguesa-SP começou a partida com tudo e saiu na frente logo aos 4 minutos. Gustavo Tocantins fez jogada individual, se livrou de três marcadores e cruzou para Caio Cezar empurrar para o fundo das redes, 1 a 0. Premiado pela insistência, Idelvando acertou chute de fora da área, aos 30 minutos, e deixou tudo igual, 1 a 1. O gol animou o Parnahyba, que chegou à virada, cinco minutos depois do empate, com Ramon. O volante aproveitou sobra dentro da área e fez 2 a 1. Com as duas equipes sentindo o desgaste na segunda etapa, o jogo terminou com o triunfo dos donos da casa. O confronto da volta está marcado para o dia 26 de abril, às 21h30, no Canindé, em São Paulo.

(CBF.COM)

HOJE – Náutico x Vitória da Conquista/BA: “Feliz aniversário TIMBU!!”

O Náutico completa 115 anos nesta quinta-feira (7) e entrará em campo para enfrentar o Vitória da Conquista-BA, às 19h30, na Arena Pernambuco, pelo jogo de volta da primeira fase da Copa do Brasil.

Como o primeiro jogo foi empate por 0x0, o Timbu precisa vencer a partida por qualquer placar para avançar. Caso o resultado se repita, a disputa irá para os pênaltis. Empates com gols classifica os baianos.

Os alvirrubros passaram a semana convocando a torcida para jogarem junto com o time e prestigiarem o aniversário do clube. “O time vai entrar desde o primeiro minuto querendo a classificação para dar este presente ao torcedor. Esperamos contar com a presença de muitos torcedores e que a gente possa comemorar a classificação no final”, comentou o goleiro Júlio César.

O arqueiro está consciente da responsabilidade do time. “Não adianta nada só uma boa campanha. O momento é de mostrar força. Temos um grupo experiente, que quer fazer história e sabe segurar a ansiedade e empolgação”, declarou.

Na Bahia o placar terminou zerado…

FICHA TÉCNICA:
NÁUTICO X VITÓRIA DA CONQUISTA/BA

COMPETIÇÃO: Copa do Brasil
LOCAL: Arena PE – HORÁRIO: 19h30

Árbitro Andrey da Silva E Silva – PA (CBF-1)
Árbitro Assistente 1 Lucio Ipojucan Ribeiro da Silva de Mattos – PA (CBF-2)
Árbitro Assistente 2 Luis Diego Nascimento Lopes – PA (CBF-1)
Quarto Árbitro Gleydson Ferreira Leite – PE (CBF-2)
Assessor Ubirajara Ferraz Jota – PE (ASS

NÁUTICO: Júlio César; Rafael Pereira, Ronaldo Alves, Fabiano Eller e Henrique; Eduardinho, Rodrigo Alves e Renan Oliveira; Roni, Rafael Coelho e Daniel Morais. Técnico: Gilmar Dal Pozzo.
VITÓRIA DA CONQUISTA/BA: Carlos, Artur, Leandro Cardoso, Silvio e Tiaguinho; Edimar, Maicon Costa , Dimas e Kleber; Rafael da Granja  e Tatu. Técnico: Sérgio Araújo

Santa Cruz 0x0 Rio Branco/ES – Classificação sem festa…

Os 2.690 que compareceram ao Arruda na noite desta Quarta-feira(06) não saíram satisfeitos com o fraco futebol do Santa Cruz diante do Rio Branco/ES. A classificação saiu, mas alguns equívocos do novo treinador coral, Milton Mendes, deixou o torcedor em dúvidas quanto ao seu trabalho.

Milton Mendes que escalou um time reserva, surpreendeu ainda no 1º tempo ao sacar da equipe, Everton Sena, que deixou o gramado bastante chateado. No 2º tempo, o atacante Italo que tinha entrado justamente na vaga de Everton Sena, acabou substituído.

O placar de 0x0 classificou o tricolor do Arruda a próxima fase da Copa do Brasil onde poderá pegar o Náutico. Na primeira partida no Espirito Santo o tricolor venceu por 1×0.

Aparecidense/GO 2×0 Sport – Derrota mostra “Qualidade” de alguns contratados

Que o Sport não vai querer seguir na Copa do Brasil todo mundo já sabe. Agora a derrota por 2×0 para a Aparecidense serviu para observar que alguns contratados não terão vida longa na Ilha do Retiro.

Com gols de Robert e Filipe o fraco time da Aparecidense conseguiu derrotar os reservas do Sport. O leão até que jogou um primeiro tempo razoável com bons cruzamentos do lateral esquerdo Evandro, e com boas jogadas de Everton Felipe e uma boa atuação do volante Neto Moura. A atuação do recém contratado Clayton foi totalmente discreta.

No segundo tempo o leão voltou cheio de defeitos, e mostrou ao torcedor Rubro Negro que o zagueiro Luís Gustavo passa longe de ser um bom zagueiro. Já o lateral direito Maicon conseguiu ser o pior em campo, sendo inclusive o responsável pelo segundo gol da Aparecidense.

A derrota por 2×0 deixa o Sport na obrigação de vencer com três gols de diferença o jogo da volta. Não passando de fase o leão vai perder R$ 480 mil, e a possibilidade de também faturar na 2ª fase o prêmio de R$ 600 Mil.

HOJE – Aparecidense/GO x Sport: Leão sem destino na Copa do Brasil

O Campeão da Copa do Brasil 2008, Sport, faz hoje sua estreia na Copa do Brasil de maneira inédita. O leão em nota oficial comunicou seu desinteresse pela competição e vai colocar o terceiro time em campo.

Todo problema é por causa de um regulamento absurdo que vem há vários anos sendo reclamado por vários clubes. Sempre na terceira fase da Copa do Brasil, o clube tem que optar entre ficar, ou disputar a Copa Sul Americana. Ou seja, o time tem que jogar para perder a vaga.

Com os reservas, o Sport vai tentar passar da primeira fase e garantir as primeiras premiações da competição Nacional.

O acanhado Estádio Anníbal Batista de Toledo em Aparecida de Goiania – GO   

FICHA TÉCNICA:
APARECIDENSE/GO X SPORT

COMPETIÇÃO: Copa do Brasil
LOCAL: Estádio Anibal Batista de Toledo – HORÁRIO: 19h30

Árbitro Emerson de Almeida Ferreira – MG (CBF-1)
Árbitro Assistente 1 Breno Rodrigues – MG (CBF-2)
Árbitro Assistente 2 Wesley Moreira de Carvalho – MG (CBF-2)
Quarto Árbitro Osimar Moreira da Silva Junior – GO (CBF-2)
Assessor Cleiber Elias Leite – GO (ASS)

APARECIDENSE: Busatto; Leonardy, Anderson Santos, Filipe e Chiquinho; Foguinho, Geovani, Washington e Jarllan; Robert e Cadu. Técnico: Márcio Goiano.
SPORT:  Luiz Carlos; Adryelson, Ewerton Páscoa e Luís Gustavo; Maicon, Thalysson, Neto Moura, Clayton e Evandro; Everton Felipe e Fábio. Técnico: Thiago Gomes (interino)

HOJE – Santa Cruz x Rio Branco/ES – Tricolor vai de time misto para cima do Rio Branco

Nesta quarta-feira (06), o Santa Cruz entra em campo em partida válida pelo jogo da volta da Copa do Brasil. No jogo de ida, a equipe pernambucana venceu o Rio Branco-ES por 1 x 0.

Com seis jogadores considerados titulares poupados – Tiago Cardoso, Vítor, Allan Vieira, Uillian Correia, João Paulo e Keno -, o técnico coral definiu a seguinte escalação para o jogo desta quarta-feira (6): Edson Kolln; Everton Sena, Neris, Alemão e Tiago Costa; Wellington Cézar, Léo Moura, Leandrinho, Raniel e Daniel Costa; Bruno Moraes. Os únicos remanescentes do jogo contra o Ceará/CE são o zagueiro Neris, o meia Leandrinho e o atacante Bruno Moraes. Dos 11 jogadores que devem começar jogando diante do Rio Branco/ES, um deles terá a primeira oportunidade no Santa: o goleiro Edson Kolln.

Na lateral direita, o zagueiro Everton Sena desbancou o jovem Lucas Ramon, jogador de ofício da posição, e voltou a ser improvisado pela quinta vez como titular este ano. Já na zaga, Alemão retornou na vaga de Danny Morais após cumprir suspensão automática no último jogo. O meio de campo será formado por cinco jogadores, mas só com Wellington Cézar de volante.

Outras novidades vêm na armação. Depois de desfalcar o Santa Cruz por quatro partidas, devido a um estiramento na coxa, Léo Moura reaparece no time ao lado de Leandrinho, Raniel e Daniel Costa no meio de campo . Este último, inclusive, foi acionado na última partida contra o Ceará/CE, pela Copa do Nordeste. (CoralNET)

SITUAÇÃO DE CLASSIFICAÇÃO:
Santa Cruz – Se classifica empatando ou vencendo a partida.
Rio Branco – Se classifica vencendo por: 2×0,2×1,3×2,3×1…
PENÂLTIS – Só haverá decisão por tiros livres diretos da marca do penâlti, se o Rio Branco vencer por 1×0.

FICHA TÉCNICA:
SANTA CRUZ X RIO BRANCO

COMPETIÇÃO: Copa do Brasil
LOCAL: Arruda – HORÁRIO: 21h45

Árbitro Eduardo Tomaz de Aquino Valadao – GO (CBF-1)
Árbitro Assistente 1 Leone Carvalho Rocha – GO (CBF-1)
Árbitro Assistente 2 Adailton Fernando Menezes – GO (CBF-1)
Quarto Árbitro Deborah Cecilia C Correia – PE (ASP-FIFA)
Assessor Ubirajara Ferraz Jota – PE (ASS

SANTA CRUZ: Edson Kolln; Everton Sena, Neris, Alemão e Tiago Costa; Wellington Cézar, Léo Moura, Leandrinho, Raniel e Daniel Costa; Bruno Moraes. Técnico: Milton Mendes
RIO BRANCO: Valter; Ivan, Alexandre Hans, Santiago e Murilo; Ramon, Rodriguinho, Leo Oliveira e Emerson; Felipe Capixaba e Cleiton Gladiador. Técnico: Duilio Dias.

COPA DO BRASIL – Ferroviária dispensa técnico e vem com auxiliar para jogo em Salgueiro

A Ferroviária volta a jogar pela Copa do Brasil nesta quarta-feira (6) sem o técnico Sérgio Vieira. Na última segunda-feira, o português foi dispensado pelo clube, que anunciou o auxiliar Ricardo Moraes de forma interina.

No comando da equipe desde o começo da temporada, Sérgio Vieira comandou a Ferrinha por 15 jogos, sendo 14 pelo Paulistão e um pela Copa do Brasil. Foram seis vitórias, um empate e oito derrotas.

A demissão do português veio após a derrota por 1 a 0 para o Botafogo-SP, no último domingo (3), que complicou a Ferroviária no Paulistão. Com Vieira, o time chegou a liderar o Grupo C da competição, com resultados como o empate com o Corinthians e a vitória sobre o Palmeiras em São Paulo. Mas, nos últimos sete jogos, a equipe perdeu seis partidas, o que deixou o time de Araraquara com risco de voltar à Série A2 do estadual.

Uma das vitórias da Ferroviária sob o comando de Sérgio Vieira foi no jogo de ida pela Copa do Brasil, diante do Salgueiro-PE: 1 a 0. Os dois times se enfrentam novamente nesta quarta, às 20h30, no Cornélio de Barros.

(Site oficial da Ferroviária)