Arbitragem

ARBITRAGEM – Comissão divulga lista dos árbitros FIFA para temporada 2018

0

O presidente da Comissão de Arbitragem da CBF, Marcos Marinho, anunciou, nesta quarta-feira (6), a lista completa dos brasileiros que farão parte da lista de árbitros e árbitras com a chancela da FIFA em 2018.

Créditos: Lucas Figueiredo/CBF

Em breve, a CBF divulgará a data da entrega das insígnias, que será realizada na sede da entidade, na Barra da Tijuca, Rio de Janeiro. Confira todos os 40 nomes que vão atuar no Futebol, Futsal e Beach Soccer.

ÁRBITROS
1) Sandro Meira Ricci, 43 anos
2) Wilton Pereira Sampaio, 35 anos
3) Raphael Claus, 38 anos
4) Anderson Daronco, 36 anos
5) Luiz Flavio Oliveira, 40 anos
6) Ricardo Marques Ribeiro, 38 anos
7) Dewson Fernando Freitas da Silva, 36 anos

8) Rodolpho Toski Marques, 30 anos

9) Wagner Nascimento Magalhães, 38 anos
10) Wagner Reway, 37 anos

ÁRBITRAS
11) Edina Alves Batista, 37 anos
12) Regildênia Holanda Moura, 43 anos
13) Deborah Cecilia Cruz Correia, 32 anos
14) Rejane Caetano da Silva, 32 anos

ÁRBITROS ASSISTENTES
15) Emerson Augusto de Carvalho, 45 anos
16) Marcelo Carvalho Van Gasse, 41 anos
17) Guilherme Dias Camilo, 35 anos
18) Alessandro Álvaro Rocha de Matos, 41 anos
19) Rodrigo Figueiredo Henrique Corrêa, 34 anos
20) Kléber Lúcio Gil, 40 anos
21) Bruno Boschilia, 34 anos
22) Bruno Raphael Pires, 32 anos
23) Fabrício Vilarinho da Silva, 37 anos
24) Danilo Ricardo Simon Manis, 36 anos

ÁRBITRAS ASSISTENTES
25) Neuza Inês Back, 33 anos
26) Tatiane Sacilotti dos Santos Camargo, 31 anos
27) Marcia Bezerra Lopes Caetano, 43 anos
28) Daiane Caroline Muniz dos Santos, 29 anos

ÁRBITROS DE FUTSAL
29) Gean Coelho Telles, 42 anos
30) Flávio Marques, 39 anos
31) Henrique Angelo da Silva, 38 anos
32) Ricardo Amaral Messa, 34 anos

ÁRBITRAS DE FUTSAL
33) Giselle Torri, 37 anos
34) Katiucia Meneguzzi Santos, 39 anos
35) Anelize Meire Schulz, 32 anos
36) Aline Santos Nascimento, 28 anos

ÁRBITROS DE BEACH SOCCER
37) Ivo Alexandre Moraes Santos, 40 anos
38) Mayron Frederico Reis Novais, 40 anos
39) Renato Carlos, 45 anos
40) Lucas Estevão, 32 anos

SAIU O LISTÃO!! – Sandro Meira Ricci confirmado para Copa do Mundo da Russia

Sandro Meira Ricci é o representante do Brasil na Copa do Mundo da Russia. A Fifa definiu os árbitros que vão trabalhar na competição do ano que vem. No total, foram selecionados 36 profissionais de diferentes nacionalidades, sendo que de oito a dez deles serão reservas.

Ricci participa de sua segunda copa do mundo. Em 2014 foi o árbitro brasileiro na copa. Também esteve em mundiais de clubes e outros importantes torneios internacionais.

A confederação europeia (UEFA) tem a maior quantidade de árbitros destacados: 10. Da Oceania (OFC), dois. E Ásia (AFC), América do Sul (Conmebol), América do Norte e Central (Concacaf) e África (CAF) têm seis cada. Ainda não há a definição dos auxiliares e tampouco dos eventuais árbitros de vídeo – o uso do VAR no Mundial será discutido em fevereiro.

20171116163226_0

Confira a lista:

AFC (6)

Fahad Al Mirdasi (Arábia Saudita)
Alireza Faghani (Irã)
Ravshan Irmatov (Uzbequistão)
Mohammed Mohamed (Emirados Árabes)
Ryuji Sato (Japão)
Nawaf Shukralla (Bahrein)

CAF (6)

Mehdi Abid Charef (Argélia)
Malang Diedhiou (Senegal)
Bakary Gassama (Gâmbia)
Ghead Grisha (Egito)
Janny Sikazwe (Zâmbia)
Bamlak Tessema (Etiópia)

OFC (2)

Mattew Conger (Nova Zelândia)
Norbert Hauata (Taiti)

CONCACAF (6)

Joel Aguilar (El Salvador)
Mark Geiger (Estados Unidos)
Jair Marrufo (Estados Unidos)
Ricardo Montero (Costa Rica)
John Piiti (Panamá)
César Ramos (México)

CONMEBOL (6)

Julio Bascuñán (Chile)
Enrique Cáceres (Paraguai)
Andrés Cunha (Uruguai)
Néstor Pitana (Argentina)
Sandro Meira Ricci (Brasil)
Wilmar Roldán (Colômbia)

UEFA (10)

Felix Brych (Alemanha)
Cüneyt Çakır (Turquia)
Sergey Karasev (Rússia)
Björn Kuipers (Holanda)
Antonio Mateu Lahoz (Espanha)
Szymon Marciniak (Polônia)
Milorad Mažić (Sérvia)
Gianluca Rocchi (Itália)
Damir Skomina (Eslovênia)
Clémet Turpin (França)

(anaf.com)

Árbitro de PE participa de Programa de Evolução da Conmebol

O árbitro assistente Cleberson do Nascimento Leite, 29 anos, está participando do Programa de Evolução da Conmebol, em Assunção (PAR).

img

O curso que vai até este sábado (19), é realizado em parceria com a Associação Paraguaia de Futebol (APF) e tem o objetivo de aprimorar jovens talentos que almejam chegar ao quadro de árbitros da FIFA.

Junto com o pernambucano, a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) indicou os árbitros Paulo Volkopff (TO) e Alisson Furtado (MS) e o também assistente Alex Ang Ribeiro (SP).

Na arbitragem há sete anos, Cleberson está tendo uma excelente oportunidade de aperfeiçoar o seu conhecimento. O programa promove o estudo das regras e orientações da FIFA, atividades práticas, palestras e até provas com enquetes sobre a melhor decisão a se tomar. O assistente, que já bandeirou 21 jogos no Campeonato Brasileiro da Série A, valoriza a chance que está tendo na carreira.

Vejo essa oportunidade como algo de suma importância, pois ser indicado para realizar um curso internacional é muito difícil, devido a quantidade de árbitros e federações que existem no Brasil”, comentou.

Participar do grupo de árbitros da FIFA é ampliar o campo de atuações para um patamar internacional, podendo chegar a arbitrar os jogos da Copa Libertadores, maior torneio continental das Américas.

O quadro da FIFA é uma meta e um sonho que todo árbitro almeja alcançar”, disse o bandeira que mantém os pés no chão frente à oportunidade. “Eu almejo esse patamar, no entanto não sei precisar se estou mais perto, vou continuar buscando aprimoramento mental, físico, técnico e social”, completou.

Cleberson já fez parte de grandes jogos como São Paulo x Coritiba e Cruzeiro x Palmeiras, e garante que a pressão vinda das arquibancadas não tira o seu foco. “A torcida faz parte do espetáculo, porém quando estou em campo meu foco é o jogo. Quase não percebo os torcedores, busco permanecer 100% concentrado na minha função”, finaliza o jovem e promissor assistente.

O futuro da ANAF a Deus pertence…

Por Salmo Valentim

No último final de semana estive em Florianópolis participando da Assembleia de Trabalho da ANAF. O evento foi proveitoso e nos proporcionou, no campo das ideias, um amplo debate nacional sobre vários temas relacionados a nossa atividade, entre os quais: a criação de um projeto eficaz para a arbitragem brasileira.

Tenho viajado o país e conversado com muitos amigos do futebol. Árbitros, ex-árbitros, dirigentes, enfim, uma turma de entusiastas, assim como eu, que querem ver o nosso país voltar a ser celeiro de grandes profissionais para o mundo. Por isso sempre bato na tecla da formação. Não se pode, tampouco se deve formar um árbitro do dia para a noite. É necessário dar a ele a oportunidade de atuar nas categorias de base, para depois, com maturidade, chegar ao profissional. Qualquer coisa diferente disso é o que chamam por aí de “geração nutela”.

Voltando ao congresso, fiquei feliz em rever amigos que há tempos não via. Porém tive que me posicionar sobre alguns temas de relevância que merecem destaque aqui no Blog.

Eu e você sabemos que a renovação da arbitragem brasileira, em muitos casos, bateu na trave. Concordo sim que se deva dar continuidade aos árbitros que tenham atingido o índice de 45 anos, desde que passem nos testes físicos e teóricos. Mas insisto em dizer que nestes casos, precisa-se verificar o histórico desse profissional. Não se pode dar, por exemplo, continuidade a carreira de árbitros que só pensam em escalas e no dinheiro oriundo das taxas. É necessário manter no quadro profissionais que queiram, dentro de campo, fazer a diferença.

A ideia de se manter a “PEC da Bengala” é válida, inclusive antes de sair do Comitê de Árbitros de Pernambuco, eu mantive alguns acima dos 45 no quadro indicando para a CBF. Porém fica a dica para que nos próximos anos, a CBF repense algumas indicações e mantenha no quadro quem verdadeiramente, mesmo depois dos 45, se dedica e ainda continua sendo modelo. Não se pode, por exemplo, admitir árbitros acima do peso atuando mais que os árbitros da FIFA na Série A do Brasileiro. Além de desrespeitoso é desnecessário.

O congresso foi bem proveitoso. Martins fez bem o dever de casa recebendo a todos com a mesma disposição de sempre. Batemos um amplo papo sobre os últimos acontecimentos da arbitragem e o saldo desse evento é bastante positivo.

Outro tema amplamente debatido foi a questão da sucessão presidencial. O pleito é apenas em 2018, por isso, oficialmente não há nenhuma candidatura. É natural que as pessoas vislumbrem em mim um potencial candidato, mas antes de qualquer especulação, afirmo e reafirmo em primeiro lugar o meu compromisso com os homens de bem da arbitragem brasileira. Não penso por agora em eleição, tampouco em palanque eleitoreiro. Quero e vou continuar, independente de rótulos, trabalhando pelo desenvolvimento da nossa categoria no Brasil.

Até a próxima!

EXCLUSIVO! – Sem medo. Ex chefe da arbitragem de PE detona: “Não sei como a Globo ainda mantém Wilson Souza”

Uma das entrevistas mais polêmicas e sinceras que já fiz nos meus 27 anos de crônica esportiva em Pernambuco. Durante quarenta minutos fiquei cara a cara com o ex chefe da arbitragem de Pernambuco, Salmo Valentim.

Durante quarenta minutos fiz perguntas fortes e polêmicas, e ele não correu de nenhuma resposta. Salmo Valentim me surpreendeu pela coragem de assumir erros, de mostrar quais foram os erros graves da arbitragem em sua gestão, e faz criticas duras a dirigentes e árbitros que ele mesmo comandou.

Nessa parte final Salmo Valentim fala sobre o ex arbitro Wilson Souza (Hoje comentarista da TV Globo). Salmo revela que Wilson nunca vai assumir a arbitragem de Pernambuco.

Wilson foi o primeiro arbitro FIFA da história a sair por deficiência técnica. Ninguém gostava dele. Hoje não sei como a Globo tem ele como comentarista” revelou.

CONFIRA PARTE FINAL:

PARTE 03 – Sem medo. Ex-chefe da arbitragem de PE detona verdades da sua gestão: “Vou revelar para todos o meu clube de coração”

Uma das entrevistas mais polêmicas e sinceras que já fiz nos meus 27 anos de crônica esportiva em Pernambuco. Durante quarenta minutos fiquei cara a cara com o ex chefe da arbitragem de Pernambuco, Salmo Valentim.

Durante quarenta minutos fiz perguntas fortes e polêmicas, e ele não correu de nenhuma resposta. Salmo Valentim me surpreendeu pela coragem de assumir erros, de mostrar quais foram os erros graves da arbitragem em sua gestão, e faz criticas duras a dirigentes e árbitros que ele mesmo comandou.

Nesse penúltimo bloco Salmo Valentim revela o clube que torce, e responde se os pedidos do Sport para trazer árbitros de fora, influenciam na hora da arbitragem. Salmo também vai revelar quais foram os melhores árbitros de sua gestão.

CONFIRA a terceira parte da entrevista:

CONTINUAÇÃO – Sem medo. Ex-chefe da arbitragem de PE detona verdades da sua gestão: “Em Salgueiro árbitro de vídeo disse que a bola não saiu”

Uma das entrevistas mais polêmicas e sinceras que já fiz nos meus 27 anos de crônica esportiva em Pernambuco. Durante quarenta minutos fiquei cara a cara com o ex chefe da arbitragem de Pernambuco, Salmo Valentim.

Durante quarenta minutos fiz perguntas fortes e polêmicas, e ele não correu de nenhuma resposta. Salmo Valentim me surpreendeu pela coragem de assumir erros, de mostrar quais foram os erros graves da arbitragem em sua gestão, e faz criticas duras a dirigentes e árbitros que ele mesmo comandou.

CONFIRA a segunda parte da entrevista:

Em Salgueiro  na final do campeonato, o árbitro de vídeo declarou ao arbitro de campo que a bola não saiu no escanteio

Na terceira parte da entrevista, Salmo fará revelações. Vai falar quem foi o melhor arbitro da sua gestão. Vai falar se os árbitros tem rancor do Sport, e vai falar o time que torce.
Neste Domingo(16) pela manha no blog.

NOVO CHEFE – Emerson Sobral assume arbitragem do futebol Pernambucano

O ex-árbitro Emerson Sobral assumiu, na noite desta sexta-feira (14), o cargo de presidente da Comissão Estadual de Arbitragem. A solenidade de posse contou com a presença de árbitros, amigos e familiares do novo mandatário.

Desde o último dia 12 de julho, quando foi oficialmente confirmado como presidente da CEAF-PE, através de ato divulgado no site da Federação Pernambucana de Futebol (FPF), Emerson Sobral vem planejando novos desafios à frente da arbitragem pernambucana.

Há 22 anos atuando como árbitro central, Sobral aceitou o desafio por achar que é um momento de renovação na sua carreira profissional. “Minha experiência de 22 anos atuando como árbitro de futebol, bem como meus quatro anos como presidente do Sindicato dos Árbitros me fizeram compreender perfeitamente as necessidades e condições da profissão. São por esses e outros fatores que acredito que poderei contribuir bastante nesse momento”, disse.

Emerson acredita que o maior desafio à frente da Comissão será o de dar continuidade ao trabalho deixado por Salmo Valentim, mas sabe que terá o apoio do presidente Evandro Carvalho para desenvolver um novo trabalho na arbitragem estadual.

Os planos à frente da Ceaf são muitos, porém o principal deles está na renovação da arbitragem, no intuito de melhorar o espaço de atuação a nível nacional e internacional fazendo com que, dessa forma, Pernambuco continue tendo árbitros no quadro da FIFA. “Vale ressaltar que esse trabalho já vem sendo desenvolvido há alguns anos e precisamos dar continuidade. Além disso, iremos desenvolver um planejamento estratégico com metas bem definidas a serem alcançadas a curto, médio e longo prazo, no sentido de revelar, fortalecer e valorizar o árbitro de Pernambuco”, ressaltou.

A arbitragem de Pernambuco continua sendo referência a nível nacional, possui em seu quadro árbitros experientes e em condições de atuar em qualquer competição, além de um potencial enorme de revelar novos valores, assim como tradicionalmente fizemos ao longo dos anos. Participamos de um dos estaduais reconhecidamente mais difíceis do país pela sua tradição e competitividade e tudo isso nos coloca como sendo um dos melhores quadros de árbitros do Brasil”, finalizou o presidente da Ceaf-PE.

ARBITRAGEM – Salmo Valentim entrega comando da arbitragem de Pernambuco nesta sexta(14)

O ex arbitro Salmo Valentim vai deixar o cargo de presidente da CEAF (Comissão Estadual de Arbitragem de Futebol)  na próxima sexta-feira(14).

A decisão aconteceu nesse início da semana. Emerson Sobral que acabou de encerrar a carreira na arbitragem, vai assumir o posto.

Confira a nota enviada a todos os árbitros de Pernambuco.

Salmo valentim: Meus colegas da arbitragem de Pernambuco.

Nunca imaginei que este momento chegaria tão rápido, foram exatamente 1.000 dias até a decisão e a convicção que era o que de fato eu queria para minha vida.
Parece que foi ontem que recebi aquelas boas vindas tão calorosa.
Cada um de vocês marcou definitivamente a minha história, felizmente de forma muito positiva que com certeza levarei por toda a minha vida.

Foram muitos momentos alegres, outros nem tanto, mas todos eles contribuíram imensamente para que eu crescesse profissionalmente e, sobretudo, pessoalmente.

Quero agradecer por cada segundo dispensado comigo, por cada sorriso, por cada boa noite e principalmente pelo conhecimento partilhado até conseguir tê-lo entendido.

Saio com muito mais preparo e competência, mas o mais importante de tudo foram os amigos que fiz a família nova que descobri e que nunca e jamais deixarei de amar.

Esta despedida não significa um adeus, apenas o ultrapassar de mais uma etapa que espero que não afaste completamente as nossas vidas.

Levarei cada um de você no meu coração com uma gratidão enorme pela oportunidade e pela satisfação proporcionada quando eu mais precisava.

Que o sucesso continue ao lado de cada um de vocês e a felicidade seja uma companheira assídua, assim como foi minha, durante todo o período que trabalhei com vocês.

Oficializo nessa última postagem no grupo, a transferência do cargo para a próxima sexta feira dia 14 de julho às 19 horas no salão nobre da federação pernambucana de futebol, onde daremos posse ao novo presidente da CEAF, meu amigo e compadre Emerson Sobral.
Nada é mais satisfatório que ter uma gestão reconhecida e receber como gratidão pelo presidente da FPF a possibilidade de indicar o sucessor para que o trabalho avance ainda mais, com novas ideias e conceitos.

Minha unidade… Vida que segue!!!!

Arbitro Pernambucano encerra carreira neste Domingo apitando no Rio Grande do Sul

A partida Ypiranga – RS x Botafogo – SP, neste domingo, as 15 horas, no Estádio Colosso da Lagoa, em Erechim, no Rio Grande do Sul, será histórica para o árbitro professor Emerson Luiz Sobral.

emerson

O jogo válido pela nona rodada do Campeonato Brasileiro de Futebol Série C, marca o encerramento da carreira como árbitro do pernambucano nascido em Jaboatão dos Guararapes / PE, no dia 23 de junho de 1974 e no primeiro dia do ano de 1999 ingressou na CBF.

No ano em que se despede da arbitragem, Sobral já trabalhou em nove jogos em competições da CBF. A décima partida será inesquecível, afinal foram quase 18 anos percorrendo os estados brasileiros como integrante do quadro nacional.

O último ano de Sobral também é marcado por atuações no campeonato pernambucano. Somente em 2017 foram 14 participações.

No jogo de Erechim, a ANAF estará presente para prestar uma singela homenagem ao árbitro pelo companheirismo e participação nas lutas da categoria. Sobral sempre foi muito atuante, comparecendo a congressos da ANAF e das mobilizações em favor da profissionalização da arbitragem.

Emerson Luiz Sobral – PE (CBF) terá ao seu lado na partida de despedida os assistentes Ricardo Bezerra Chianca – PE (CBF) e Fabrício Leite Sales – PE (CBF). Quarto Árbitro, Eleno Gonzalez Todeschini – RS (CBF) e Analista de Campo, Leonel Antonio Pandolfo – RS (CBF).

(ANAF.COM)

Go to Top