NÁUTICO – Timbu já viajou para Criciúma

No sexto lugar, com 35 pontos, mesma pontuação do América-MG, que está em quarto, e a um ponto do Paysandu e Botafogo, segundo e terceiro, respectivamente, o Náutico sabe da importância de pontuar longe da Arena
Pernambuco.

O timbu que já treinou na manhã deste Domingo já viajou para a partida de Terça as 19h diante do Criciúma.

Quem conseguir pontos fora, a probabilidade de conseguir o objetivo será grande. Teremos um jogo complicada, mas esperamos fazer uma boa partida para conseguir o resultado positivo”, afirmou William Magrão.

Após o treinamento, o técnico Lisca Lorenzi convocou os jogadores para a partida. A novidade é o zagueiro Elivelton, que fez uma cirurgia no tendão do pé esquerdo e volta a ser relacionado após cinco meses. Ronaldo Alves retorna após cumprir suspensão. A ausência será Fabiano Eller, que levou o terceiro amarelo.

RELACIONADOS:
Confira a relação para o jogo:
Goleiros: Júlio César e Rodolpho
Zagueiros: Elivelton, Rafael Pereira e Ronaldo Alves
Laterais: Gastón Filgueira, Gil Mineiro, Guilherme
Volantes: Fillipe Souto, João Ananias, Marino, Willian Magrão
Meias: Bruno Alves, Hiltinho, Rogerinho
Atacantes: Bergson, Daniel Morais, Douglas, Renato

Hildo Neto / Assessoria CNC

SANTA – Tricolor perde ataque titular contra o América-MG

Se não bastasse a nova derrota fora de casa, desta vez para o Paraná Clube/PR por 3 a 2, o técnico Marcelo Martelotte perdeu a dupla de ataque titular do Santa Cruz para a próxima rodada.

No estádio Durival Britto, em Curitiba, o atacante Anderson Aquino recebeu o terceiro cartão amarelo e o camisa 23 Grafite (foto) foi expulso direto após pisar no tornozelo do adversário. Com isso, ambos serão desfalques para o jogo contra o América/MG, no dia 1º de setembro (terça-feira), no Arruda, pela 22ª rodada do Brasileiro da Série B.

O técnico Marcelo Martelotte praticamente não terá tempo para trabalhar, já que o Santa só fará um treinamento na segunda-feira (31) antes de voltar a atuar na competição. As opções para suprir as ausências são os atacantes Luisinho, Bruno Moraes, Nathan e Diogo Costa. Esse último ainda não estreou e chegou ao clube recentemente, mas ainda não estar 100% fisicamente.

Em relação a quem vai entrar para substituir os desfalques, o treinador coral manteve a postura cautelosa e disse que é cedo para fazer as escolhas. “O espaço é curto, mas isso não me obriga a definir (as modificações) hoje. Ainda está muito longe de terça-feira (1) e temos que pensar ainda no que vamos fazer. Não tenho nenhuma definição, pois a gente deve treinar na segunda-feira, mas tudo dependerá do nosso departamento físico”, encerrou.

(InformaçõesCORALNET)

SPORT – Eduardo Baptista: “Correr perdendo com um a menos fica difícil!

O técnico Eduardo Baptista mostrou bastante abatimento na sala de entrevistas após a derrota. Eduardo destacou como principal motivo na derrota, a expulsão irresponsável do lateral Samuel Xavier.

O jogo foi muito igual (no início) e o Flamengo fez um gol. Mas a partida foi de muita pegada. A partir do momento em que você fica com um a menos, fica muito complicado. O time deles toca a bola com muita velocidade e ficava difícil de marcar. No segundo tempo, procurei colocar jogadores de velocidade nas beiradas para puxar o contra-ataque, mas o cansaço foi apertando. Disse o treinador Rubro Negro.

O Sport volta a jogar na quarta-feira diante do Coritiba fora de casa.

PE SUB-23: Resultados pela 2ª rodada, classificação e os próximos jogos!

Sport 0x1 Flamengo – O leão ficou manso…

Jogando um futebol apático e previsível o Sport saiu derrotado da Arena Pernambuco para o Flamengo por 1×0. Samuel Xavier foi expulso ainda no 1º tempo por entrar maldosamente na perna do adversário. Gol do Flamengo foi anotado por Ewerton.

HOJE – Sport x Flamengo : Rivalidade total!!!

O Campeão Brasileiro de 1987 (Sport) volta a campo neste Domingo para enfrentar o Flamengo (Campeão da Copa Açúcar União) pela 21ª rodada do Brasileirão. Na 7ª posição com 31 pontos o Leão enfrenta o 13º com 26 pontos.

O jogo de hoje está marcado por grande rivalidade e promete ter um publico de mais de 35 mil pessoas. No Maracanã o Sport abriu uma vantagem de 2×0, teve Magrão machucado, e terminou com o empate de 2×2.

Hernane Brocador no ataque, e a volta do paredão Magrão, devem ser as novidades do Sport para o jogo das 16h na Arena Pernambuco.

No 1º turno no Maracanã o Sport jogou bem, Magrão Machucou, Diego Souza terminou como goleiro. Placar 2×2

FICHA TÉCNICA:
SPORT x FLAMENGO

COMPETIÇÃO: Série A
LOCAL: Arena PE – HORÁRIO: 16h

Árbitro Braulio da Silva Machado – SC (ASP-FIFA)
Árbitro Assistente 1 Marcelo Carvalho Van Gasse – SP (FIFA)
Árbitro Assistente 2 Carlos Berkenbrock – SC (ESP-1)
Quarto Árbitro Emerson Luiz Sobral – PE (CBF-1)
Árbitro Assistente Adicional 1 Wagner do Nascimento Magalhaes – RJ (ASP-FIFA)
Assessor Salmo Valentim da Silva – PE (000)
Delegado Paulo Jorge Alves – BRA (ASS)

SPORT: Magrão (Danilo Fernandes); Samuel Xavier, Matheus Ferraz, Durval e Renê; Rithely, Rodrigo Mancha, Diego Souza, Marlone (Élber) e Maikon Leite; André (Hernane). Técnico: Eduardo Baptista
FLAMENGO: Paulo Victor, Pará, César Martins, Samir e Jorge; Márcio Araújo, Canteros, Alan Patrick e Everton; Emerson Sheik e Kayke. Técnico: Oswaldo de Oliveira

Vasco 0x1 Figueirense – Gol aos 48 do 2º afunda Vasco na lanterna

O drama do Vasco só aumenta no Brasileiro. Sem saber o que é vencer há mais de 40 dias no campeonato, o Cruzmaltino tropeçou novamente neste sábado.

Mesmo jogando no Maracanã, o time carioca perdeu para o Figueirense por 1 a 0, com um gol nos acréscimos, e se afundou ainda mais na competição. Marcão, aos 48 minutos do segundo tempo, marcou o único gol.

Com mais uma derrota,, o Vasco se manteve na lanterna da tabela com 13 pontos – a nove do Goiás, primeiro time fora da zona do rebaixamento e que tem um jogo a menos. Já o time catarinense chegou aos 26 pontos.

Paraná 3×2 Santa Cruz – Perder fora de casa virou rotina

Náutico 1×0 Boa Esporte/MG – Zagueiro salvou a pátria!

Com um gol do zagueiro Rafael Pereira aos 46 do 2º tempo o Náutico venceu o Boa Esporte na Arena PE. O Timbu voltou a encostar no G4 com 35 Pontos.

Jogos importantes para Náutico e Santa Cruz…

POR JOSÉ JOAQUIM

O Náutico, depois da goleada de 5×1 que tomou do Luverdense, volta ao gramado da Arena Pernambuco no dia de hoje para enfretar o BOA, de Vaginha-MG.

O time alvirubro tem queimado as suas gorduras, e hoje encontra-se na 7ª posição, ainda bem perto do G4, com 32 pontos, 53% de aproveitamento. Por outro lado, o time mineiro está na zona da degola, na 17ª posição com 23 pontos, aproveitamento de 38%.

Nos últimos cinco jogos de cada time, o Náutico em 15 pontos disputados somou 5 (33%), provenientes de uma vitória e um empate em casa, e um empate fora.

O Boa fez uma melhor campanha nos seus cinco jogos anteriores, quando somou 8 pontos (53%), que foram produtos de uma vitória, dois empates em casa, e uma vitória fora.

As chances de sucesso são maiores para o alvirrubro de Pernambuco, com 45%, embora o time não mereça tanta confiança.

Enquanto isso, o Santa Cruz terá um jogo mais difícil pela frente, quando enfrenta um desesperado Paraná, que tem a necessidade de vitória para fugir da zona de rebaixamento.

As colocações dos times são bem opostas. O tricolor do Arruda está na 8ª colocação, com 31 pontos (52%), e o paranista beira a degola, na 16ª posição, com 23 pontos (38%).

Nos últimos cinco jogos realizados pelos dois clubes, o Santa Cruz somou 9 pontos, dos 15 disputados (60%), enquanto o Paraná conquistou apenas 4 (26%).

O que pesa contra o time pernambucano é a ausência de vitórias como visitante, o que dá a equipe curitibana uma chance de sucesso. Um jogo para o empate.

Na noite de ontem foram realizadas duas partidas pela Série B, e as zebras andaram soltas para dois times que estão no G4.

O Luverdense derrotou o América-MG por 2×1, jogando como visitante, e o CRB em casa venceu o Botafogo pelo mesmo placar (2×1).

Os resultados foram favoráveis para aqueles que estão próximos desse grupo, e que jogam hoje, como Náutico e Santa Cruz.

NOTA 2- O MODELO DO FUTEBOL BRASILEIRO

* Não existe solução para o futebol brasileiro enquanto continuarmos com a falta de proteção para o clube formador.

Gabriel de Jesus foi o grande nome da vitória do time alviverde contra o Cruzeiro pela Copa do Brasil, e com um contrato onde ganhava apenas R$ 2,5 mil.

O Palmeiras travou uma batalha para renovar o seu contrato, com os empresários por quase nove meses, tendo conseguido, mas abdicou de 40% dos seus direitos econômicos, desde que em 2016 o atleta estaria livre.

Gabriel assinou contrato de cinco anos, com um aumento anual de salário. O clube que tinha 75% dos seus direitos, passou a ter somente 30%, e os empresários 70%.

Com esses procedimentos forçados jamais o futebol brasileiro irá voltar à normalidade, quando clubes trabalham para terceiros.

Que futebol é esse?

BLOG DE JJ